A Esperança Parte 1 acede

CCAwards parte 3: Top 10 filmes de 2014

16.1.15Elilyan Andrade


“I am Groot”.

“De quem foi a ideia idiota de convidar o Groot para apresentar a categoria Melhor Filme?” - sussurra Paulo.

“Acho que A Culpa é das Estrelas” - responde Adriana.

“Sério? SÉRIO?!! Vocês vão ficar de piadinhas? Estamos nisso há 3 horas. 3 HORAS!” - praticamente grita Dana. 

“Calma, Dana. Olha o barraco. As pessoas estão olhando.” - sussurra Ana.

“Desculpa, mas estou estressada. alguém precisa fazer alguma coisa. QUALQUER COISA. As pessoas estão indo embora”. 

BOOM! Em uma nuvem de fumaça surge a Emma Stone.

“Somos todos Groot! Com vocês os indicados a categoria Melhor Filme”. 


>>> ADRIANA: Ela (Her, Direção: Spike Jonze)


Relutei muito tempo em assistir esse filme pela premissa de um homem apaixonado por uma máquina, por não curtir filmes futuristas com carros voando e tal, mas Ela tem um futuro convincente. Me apaixonei perdidamente pelo solitário e encantador Theodore (Joaquim Phoenix), e fiquei com um sorriso bobo pela inteligência e pela "realidade" de Samantha (Scarlet Jonhansson). Torci muito para os dois, mesmo diante da improbabilidade de um final feliz. Foi o filme de romance mais bonito que vi em 2014 e não tinha como não estar aqui. (Quer saber mais sobre Ela? Então confira uma mini-resenha misturada aqui)


>>> ANA: Love Film Festival (Direção: Manuela Dias, Juancho Cardona, Vinícius Coimbra e Bruno Safadi)


Vi muitos filmes que poderiam ser citados aqui, mas vou falar de um que eu vi no Festival do Rio e eu achei absolutamente maravilhoso por ser uma história simples e envolvente. "Love Film Festival", conta a história de um casal que se conhece em um festival de cinema na Europa e depois eles vão se encontrando nos festivais ao redor do mundo. A simplicidade do roteiro é linda e a direção impecável.




>>> BRENDA: X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido (X-Men: Days of Future Past, Direção: Bryan Singer)


Acho que essa foi a escolha mais difícil do CCAwards desse ano, porque né, foram muitos filmes maravilhosos. Mas acabei escolhendo X-Men porque esse filme me deixou perplexa com seu nível de qualidade. A união do elenco antigo e novo (sem deixar de citar as novas adições: como o Evan Peters, que roubou a cena em sua participação como Mercúrio) foi uma sacada genial de Bryan Singer, que resultou no melhor filme de 2014 para mim. Leia a nossa resenha misturada linda e maravilhosa aqui.



>>> DANA: Jogos Vorazes: A Esperança Parte 1 (The Hunger Games: Mockingjay – Part 1, Direção: Francis Lawrence)


A minha escolha é por vários motivos: 1- uma das minhas histórias preferidas; 2- é um filme com muito conteúdo interessante pra se pensar; 3- é um dos meus filmes preferidos do ano; 4- é um filme de ação/aventura com protagonista mulher e que o sucesso impulsiona mais filmes assim e, consequentemente, mais igualdade na representatividade.





>>>DIEGO: A Culpa é das Estrelas (The Fault in Our Stars, Direção: Josh Boone)

Eu não tinha nem dúvidas do que escolher esse ano. Foi um ano cinematográfico muito bom. Guardiões das Galaxias, Hoje eu Quero Voltar Sozinho, A Esperança. Muita coisa boa. Mas nenhum seria capaz de superar todas as emoções que ACEDE causou em mim. Pela importância que a história já tinha para mim, a competência estelar dos produtores ao adaptarem o material, os atores apaixonantes, a trilha sonora. Tudo nesse filme é perfeito e só de lembrar das cenas finais meus olhos já se enchem de lágrimas. Não teria como escolher outro como filme do ano, apenas. (Confira nossa resenha misturada sobre ACEDE aqui)


>>> ELILYAN: Capitão América 2: O Soldado Invernal (Captain America - The Winter Soldier, Direção: Joe e Anthony Russo)

Na contramão dos outros filmes da Marvel, o segundo filme do Capitão veio sério e chutando o balde do status quo. A S.H.I.E.L.D e Os Vingadores não serão mais os mesmos depois das aventuras do Capitão ao lado da Viúva Negra e do Falcão. Capitão América 2: O Soldado Invernal não é só um filme de heróis, é um thriller de espionagem da melhor qualidade que me fez refletir sobre segurança, liberdade e conspirações. E ainda tem o Sebastian Stan interpretando o Soldado Invernal, que é super gato com seu cabelo L'oréal Paris. 




>>> ISABELLE: Interestelar (Interestellar, Direção: Christopher Nolan)

Esperei por muito tempo cheia de expectativas por esse filme, e quando ele veio não me decepcionou. Muito pelo contrário. Estou falando de Interestelar, do Christopher Nolan. Que. Filme. Estou maravilhada até hoje, e na sala de cinema eu ficava tipo "GENTE NÃOO EU NÃO ACREDITO QUE GENIAL QUE MARAVILHOSO MEU DEUSSS É ISSO MEU DEUSSS SOCORRO". Nolan explorou todas as possibilidades que são levantadas na melhor parte da física, e ver isso no cinema, no roteiro maravilhoso que ele escreveu, com atores incríveis que eu amo dando show, com a trilha sonora magnífica do mozão Hans Zimmer, nossa. Recomendo muito a todos (mas não vale dar opinião negativa sem entender a história ;D)


>>> JOÃO PEDRO: Guardiões da Galáxia ( Guardians of the Galaxy, Direção: James Gunn)

Eu continuo preferindo Capitão América 2 no quesito qualidade, mas acho que esse merece um lugar nessa lista pela sua importância pra indústria dos quadrinhos no cinema. Guardiões inovou ao tornar heróis desconhecidos cativantes, trazer a melhor trilha sonora do ano (composta apenas de músicas do século passado) e apresentar visuais mais coloridos e encantadores do que se já viu em qualquer filme do tipo. Foi um filme que mostrou que qualquer grupo, ambiente ou elemento das HQs, por mais cartunesco que for, pode fazer muito sucesso quando situado nas mãos certas. 



>>> PAULO: Hoje eu quero voltar sozinho (Direção: Daniel Ribeiro)

Porque esse filme é uma das coisas mais delicadas e agradáveis que eu já assisti. Já tinha me apaixonado pelo curta há um tempo e o longa veio para expandir esse amor. Pode até não ser o filme perfeito no quesito atuação, mas o roteiro consegue ser simples e bonito, a direção é bem executada e a trilha sonora é ótima. Gostei taaanto desse filme que sorrio só de lembrar de algumas cenas, sinto até certo orgulho por ele ter sido o indicado do Brasil ao Oscar. < 3





>>> VALENTINO: Divergente (Divergent, Direção Neil Burger) 

Eu não poderia deixar de falar sobre, foi um dos pontos mais alto do ano pra mim. Eu prezo música e estou constantemente atrás de sons bons, o que que isso tem a ver? A trilha sonora de Divergente é estupidamente boa! Ela me deu um feeling e se prendeu a mim. Sabe aquela música que tu escuta e lembra da infância, de viagens, de sensações? Pois então, as músicas da trilha sonora fizeram isso comigo. Elas me traumatizaram em um sentido bom. Agora vamos pro principal, esse filme trata assassinato, relacionamente entre namorados e estupro de maneira exemplar. Ele nos mostra uma nova perspectiva sobre como representar o assunto, uma nova maneira de ser, ver e pensar. Questiona também os padrões de conduta que somos impostos constantemente, que nos impedem de ser quem nós realmente somos. É um filme que abre uma cartilha de possibilidades pra um futuro cinematográfico excelente, mais igualitário e menos esteriotipado. (Confira nossa resenha misturada aqui)


Agora é a sua vez de votar no melhor filme de 2014



TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

4 comentários

  1. Her, Hoje eu quero voltar sozinho, Interestelar...ai ai ai, quero marcar todosssssss.
    Só agora percebi que esse ano foi o ano de filmes bons. Tipo, eu não dava nada pelo Matthew McConaughey, ai eu vi O clube de compra Dallas e depois ele faz Interestelar, to aplaudindo esse homem de pé até agora. Também, não posso esquecer os outros citados por vocês, filmes que te arrancam da cadeira. Pensei que A culpa é das estrelas ia acabar com meu estoque de lágrimas. De todos já não vi o citado pela Ana, mas achei que a história pode ser bem fofo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taiany, em 2014 teve tantos filmes bons que essa lista é quase uma ofensa por deixar de fora filmes do calibre de O Clube de Compra Dallas, 12 anos de Escravidão e muitos outros.

      Excluir
  2. No Capitão América 2: O Soldado Invernal, o amigo dele é FALCÃO, não gavião negro :x

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, passou despercebido! Já arrumamos ali. Obrigado pela correção (:

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *