Bruna Silva CCIndicação CCMúsica

Somando, multiplicando e, agora, dividindo: Ed Sheeran voltou com tudo

23.3.17Colaboradores ConversaCult


Meu menino Ed tava de folga (que folga, né? Quisera eu que meu chefe me desse um ano de férias!),mas voltou com tudo e inclusive começou a turnê na semana passada!

Pra quem gosta de Ed Sheeran, esse texto pode ser mais do mesmo, mas vou tentar convencer os que não gostam a dar uma chance pro álbum novo, Divide, e explicar porque eu considero esse o melhor 
cd da carreira dele. Vamos então falar um pouquinho dos outros álbuns (Plus e Multiply), pra você entender a intensidade do frenesi dos fãs (fora a hype natural, né).

Compartilhe:
CCAnálise CCFilmes CCResenhas

13 pensamentos depois de assistir Logan

22.3.17Dana Martins

Eu não quero escrever uma resenha, então aqui vai meus principais pensamentos, coisas que eu pensei assistindo o filme ou sobre Logan depois. (E não, você não precisa ter assistido nenhum outro X-Men pra assistir Logan, é um filme aleatório).
Compartilhe:
30 e poucos anos e uma máquina do tempo Carol Cardozo CCLivros

30 e Poucos Anos e uma Máquina do Tempo, de Mo Daviau

21.3.17Carol Cardozo


"Imagine poder viajar no tempo para assistir a qualquer grande show da história: os Beatles no Shea Stadium ou no telhado da Apple Records, o Nirvana em um bar minúsculo de Seattle ou Miles Davis no lendário clube Birdland. A norte-americana Mo Daviau transformou esse desejo em realidade no engenhoso “30 e poucos anos e uma máquina do tempo”, uma espécie de cruzamento entre De volta para o futuro e Alta fidelidade protagonizado por Karl e Wayne, dois amigos de meia-idade que descobrem um meio de voltar no tempo para assistir a shows incríveis, e a ganhar dinheiro com o negócio. Tudo vai bem até que Wayne decide o óbvio: interferir no passado. Afinal, quem dispensaria a chance de reescrever uma ou outra linha da própria história? Movido a música e romance, “30 e poucos anos e uma máquina do tempo” é uma espirituosa, e um tanto nostálgica, reflexão sobre sonhos, escolhas de vida e a passagem do tempo."

Compartilhe:
Ariel Carvalho CCAnálise CCfanfiction

Especial Fanfic: por que eu amo tanto assim?

20.3.17Ariel Carvalho

Minha história com as fanfics começou quando eu tinha 12 anos e era a) leitora compulsiva, e b) fã de Jonas Brothers a níveis absurdos.
Compartilhe:
CCSociedade Dana Martins homofobia

O que a homofobia do Youtube nos diz

19.3.17Dana Martins

O Youtube tem um modo restrito, daqueles pra pai controlam o que os filhos vão ver e bloqueia conteúdo "inapropriado". Até aí tudo bem. Mas agora o modo restrito passou a bloquear coisas LGBT+ - e coisas LGBT+ não estou falando de um pornozão doido, mas tudo: vídeo de gente falando que é gay, clipe de banda onde a cantora é lésbica, websérie que tem personagem LGBT+ (mesmo que no episódio ele não esteja fazendo literalmente nada, só existindo) e até música da Lady Gaga. E qual é o problema disso? (e o que isso nos diz sobre a indústria)

Compartilhe:

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *