backdoor pilot CCSéries

Entendendo os termos por trás das séries

4.2.17Taiany Araújo


Se você nasceu a partir da década de 80 provavelmente vê ou já viu alguma série na vida. Para os jovens, adultos e porque não, idosos, as séries passaram a ser as novas novelas das oito. Sejam as exibidas na televisão, sejam as que acompanhamos por streaming, elas veem tomando parte das conversas, incluindo as do almoço de domingo com a família, das redes sociais e da nossa rotina diária. Mas com elas, outra coisa também virou comum: um monte de termos que talvez muita gente não saiba o que significa (eu incluída).

Na semana passada um amigo me perguntou o que significava Sitcom, eu tentei explicar, me enrolei toda e não fiquei satisfeita. Isso me fez perceber que por mais que vejamos séries, nem sempre conhecemos os termos desse universo. Sendo assim, depois de umas pesquisas básicas, resolvi trazer um resumo dos termos mais usados (nem precisa gravar, podemos consultar sempre que quisermos).


O que diabos é piloto (pilot)?

Quando eu comecei a baixar séries e aparecia a palavra pilot eu não sabia se era o primeiro episódio ou um episódio antes do primeiro, uma espécie de prévia. Talvez alguém também tenha essa dúvida, então vamos à definição:

Piloto ou pilot é o primeiro episodio de uma série, mas vai além disso: ele tem o sentido de protótipo. Ou seja, é com esse episódio que os criadores e produtores tentam vender a série. Caso ninguém se interesse pelo projeto apresentado, ele pode ser jogado fora ou ficar na gaveta por anos. Ou ainda, o piloto pode sofrer diversas modificações até se tornar atraente para os investidores. Visando evitar desperdício, alguns produtores optam por fazer um “backdoor pilot” que é um episodio gravado com início, meio e fim, quase como um filme curto, que pode ser exibido (e render alguma coisa) mesmo sem virar uma série no final das negociações.


E season?

Fácil fácil, é a palavra em inglês para temporada, que você deve saber, são o conjunto de episódios (os capítulos?) de uma série. A quantidade de episódios por temporada varia, já vi de 3 até de 26, vai depender de onde ela é produzida entre outras coisas.

O que significa Sitcom?

É a abreviação da expressão “situation comedy”, ou traduzindo, comédia de situação, que nada mais é que situações cotidianas (convivência com a família, amigos, etc. na igreja, trabalho...dia a dia). Com certeza você conhece muitas, desde Sai de baixo até Friends. Esse gênero surgiu a partir da década de 50 e ficou muito popular com a famosa série I Love Lucy. Os sitcoms geralmente são gravados com plateia, mas isso não é uma regra, vide Os Simpsons que pode ser considerado um sitcom mesmo sendo uma animação.

1x01, 1x02...Ai meu deus, matemática?

Não, calma! Apesar dos números, esse é um jeito fácil de se situar nas séries. O primeiro número se refere à temporada, e os números após o x, aos episódios, mas ao ler, você geralmente diz qual o episódio e depois a temporada. Assim, 1x01 primeiro episódio da primeira temporada. Isso ajuda muito, vai por mim que sou uma pessoa que nunca sabe os nomes dos episódios. 

Até aqui tudo tranquilinho.
Mas vocês sabem o que é Fall season?

Bom, se não sabem, vão saber agora. Fall season é aquele período no qual a gente fica louco ao perceber que estamos com as séries todas atrasadas e não vamos resolver isso tão cedo, já que é durante o fall season que estreiam as novas temporadas da maioria das séries, além das novidades. Esse período começa em setembro e vai até dezembro, e SEMPRE me pega de surpresa.

Mas nem só de Fall season vivem as séries. Vamos ao Mid Season?

Esse já foi um período conturbado, entre lágrimas pelos cancelamentos e pulos de alegria pelas renovações. O mid season acontece entre janeiro e maio, e já foi sinônimo de séries marromeno, tapa buraco, porém, atualmente há estreias de peso nessa época como Game of Thrones e House of Cards

Não tá faltando a Summer Season?

É, tá sim. Roubando a explicação do Eduardo que tá maravilhosa: a Summer season é a baixa temporada das séries porque é a época que o pessoal tá de férias e ninguém quer ficar em casa vendo TV (mas eu quero). Ela vai de junho a agosto, mas parece que as coisas começaram a mudar de uns 3-4 anos pra cá. E, na era do streaming, a tendência é que os lançamentos se distribuam pelo ano todo.


*Se você ainda tá meio confuso, eu sei que eu tô, leia o post da Elilyan. Ela explicou tudo detalhadamente e acho que dá pra entender.

Season finale, minha série acabou?

Não, não! Não se desespere. Season finale não é o último episódio de uma série, mas sim da temporada. Se tudo correr bem, você terá uma nova temporada da sua série daqui a uns meses.

Ai sem or, agora tem coisa de português com esse tal de hiato?

Até que não seria estranho se dissessem que o hiato das séries veio do conceito da língua portuguesa, já que ele é uma separação de uma parte e outra durante uma temporada. Ou seja, ele é um intervalo jeitosinho pra você colocar as séries em dia.

E qual é desse nome que eu não sei pronunciar (Cliffhanger)?

Eu particularmente prefiro chamar só de gancho, muito mais simples. Porque é isso mesmo, o cliffhanger é quando um episódio acaba deixando algo em aberto, não só isso, é como se o clímax da história fosse dividido ao meio, e você só terá a resposta do que vai acontecer no próximo episódio. Por isso que ele é considerado um gancho, pois vai ligar os eventos. Eu não quis dar exemplos com medo de tá dando spoilers, mas acreditem em mim, acontece.


O que é esse crossover que sempre ouço falar?

O crossover é o evento no qual uma série se “une” a outra. Normalmente são produções de um mesmo canal que apresentam um episódio onde personagens de séries diferentes se encontram e interagem. Por exemplo, o pessoal de Arrow, Flash e Supergirl.

Jump the shark o quê?

Se você não tem ideia de onde veio isso, saiba que não tá sozinho. Mas agora eu tenho a resposta e trouxe para nos abençoar. Ao pé da letra, jump the shark seria algo como “pular o tubarão”. A frase vem de um episódio da série Happy Days (1974-1984) na qual o personagem Fonzie pulou um tubarão enquanto esquiava. Ele se machucou e ficou puto da vida. O caso fez com que Jon Hein lançasse exemplos de coisas assim em outras séries, popularizando a expressão para um momento dela cujo um episódio vem destoar completamente de tudo que vinha acontecendo. Não só isso, o episódio em si é ruim e apelativo, colocando a série em declínio.


Além desses termos todos, há ainda uns outros que não se restringem a séries, então vou colocar alguns só para que nosso dicionário de termos de séries fique bem completinho.


Spin-off?

É quando uma história se origina da outra. Imagine que você tá assistindo uma série x, mas tem uma história y acontecendo ali que não é a trama central, essa história y pode ganhar uma série só dela, e isso faria com que ela fosse uma spin-off da série x. Por exemplo, The Originals é uma spin-off de The Vampire Diaries.

Prequel, sequel, quem?

Então, em relação as spin-off nós podemos ter linhas do tempo(?) diferentes das que acontece na série de origem. Elas são a prequel, que é quando a spin-off apresenta acontecimentos anteriores ao da série matriz; e a sequel, no quais os acontecimentos se passam como eventos posteriores a série principal.

Shippar é uma piadinha sacana?

Parece né? Mas não. Não tem nada de sacana no termo. Temos um post aqui no CC explicando tudo sobre esse termo e suas ramificações, mas se você está com pressa, aqui vai uma explicaçãozinha rápida (depois leia o post sobre shipp, vale a pena):


Shippar vem da palavra relationship (relacionamento, em inglês) e significa torcer para que personagens de ficção formem um casal. Supostamente o termo surgiu quando os fãs de Arquivo X ficaram ensandecidos torcendo para que Fox Mulder e Dana Scully se pegassem. E se você vir algum nome estranho que não saiba de quem é por ai, é que o pessoal gosta de criar uma junção dos nomes daqueles que eles shippam (o que eu particularmente acho muito feio e até problemático – discussão para outro post). Ex: Percabeth, Brangelina.

Você conhece o terror das redes sociais, destruidor de amizades, o spoiler?


A gente já falou algumas vezes dele aqui no CC. Vale conferir esse, esse e esse post, porque todo mundo tem uma opinião sobre spoilers. De qualquer forma, esse nome temido por uns e ignorados por outros nada mais é que informações dadas por terceiros sobre uma determinada história. Diferente de sinopses ou notícias, os spoilers vão no x da questão e revela exatamente o que aconteceu. Por exemplo, numa sinopse, notícia e etc, pode estar escrito que haverá um acontecimento trágico.  Já num spoiler a informação basicamente é que alguém morreu num acidente de carro na estrada x enquanto ia para a casa de praia durante a noite, e essa pessoa na verdade foi assassinada pelo tio que queria roubar toda a herança da família. 

É isso pessoal, espero que ajude vocês um pouco, e por favor, se eu expliquei algo errado, me corrijam, eu também to aprendendo. Ah, deixem nos comentário outros termos para que isso realmente sirva como um dicionário de termos de séries e um lugar onde poderemos consultar os significados.

*As informações aqui apresentadas tiveram como fontes antigos posts aqui do blog e dos sites:

TAGS: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM