Ariel Carvalho balanço 2016

Balanço de Leituras: Outubro

8.11.16João Pedro Gomes



Dizem por aí que outubro é o mês do horror... e pior que, pro bem ou pro mal, as leituras da equipe do CC tiveram seus momentos de assombro!


TAIANY

Número de leituras: 8 livros 2 releituras e alguns romances de banca.

Como foi o mês?: Tá cada vez melhor!

Melhor leitura: Foi complicado porque queria colocar uns 4 livros aqui, mas vou ficar com o primeiro que li esse mês.  Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo, do  Benjamin Alire Sáenz foi tudo o que imaginei e muito mais, eu lia lia lia e não sentia o tempo passar. Sentir que você não está sozinha, que por mais confusos que sejam seus sentimentos são reais, é reconfortante.

Pior leitura:  No Meio do Caminho Tinha Um Amor, do Matheus Rocha. Não é que seja ruim, mas não me impactou como eu acreditei que aconteceria. Pelo menos teve o texto que me apresentou ao Math e me fez ir atrás dele e descobrir quem é que tava ali. O livro podia ser só esse texto, porque ele é perfeito.

Demais leituras: Por Lugares Incríveis, da Jennifer Niven. Muitos sentimentos envolvidos com esse livro, eu acabei de ler e não tava pronta para acabar. É algo como um sopro de luz, mas tão aterrador que ainda tô abalada, não tava preparada.

The 42nd Street Band - Romance De Uma Banda Imaginária, do Renato Russo. MARAVILHOSO. Se me falassem que é uma biografia de uma banda de rock qualquer eu iria acreditar. Ri, me envolvi, amei, queria estar ali.

Lembrança, da Meg Cabot. Apesar de eu ainda não entender e nem aceitar a volta do Paul, o livro é muito bom, você percebe que os personagens cresceram, os comportamentos mudaram, não são mais adolescentes de 16 anos. E que caso de mediação foi esse? Ponto alto da trama com toda a certeza.

O Mágico de Oz, do L. Frank Baum. Dorothy mostrando que você pode ser meiga sem perder sua força.

Uma História Meio Que Engraçada, do Ned Vizzini. Eu sabia que ia amar, porque já tinha visto o filme, mas não tinha ideia que ele ia me fazer refletir, perceber que muito do que se passa ali eu estou vivendo aqui, e QUE LOUCO, me dá esperança.

Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres, da Clarice Lispector. EU PRECISO DE ALGUÉM PARA CONVERSAR SOBRE ESSE LIVRO. Primeiro livro que leio da Clarice e, nossa, que livro é esse? Por vezes achei que não tava entendendo nada, mas quando entendia era arrasador. Bebendo de simbolismos e de um monte de outras coisas que não sei o que é, ela começa o livro com uma vírgula e te faz virar a personagem. Queria copiar o livro todo. Tô apaixonada.

Momento assustador do mês: Taiany disse que não tinha o que responder nesse. Influência dos espíritos de halloween? FICA O QUESTIONAMENTO

ARIEL

Número de leituras: 4 leituras

Como foi o mês?: Foi um bom mês. Apesar das poucas leituras, foram leituras excelentes, e eu saí da minha zona de conforto.

Na imagem: Ariel saindo da zona de conforto

Melhor leitura: Hugo, A Máquina de Abraçar, do Scott Campbell. É um livro infantil MUITO fofo que conta a história do Hugo, um garotinho que ama abraçar coisas. Rolou uma forte identificação, e eu gargalhei horrores lendo.

Pior leitura: Não teve.

Demais leituras: bone, da Yrs Daley-Ward, um livro de poemas maravilhosos que mais pareciam pequenos contos. Comprei porque tava de graça pro kindle, e me surpreendi positivamente.

Ninguém vira adulto de verdade, Sarah Andersen, uma leitura super fácil e divertidíssima, que me ajudou a melhorar um dia de garganta inflamada.

A desumanização, Valter Hugo Mãe - QUE LIVRO! Com certeza, o segundo melhor do mês, entrou para a lista de melhores do ano, na minha opinião. Não é o tipo de livro que eu costumo ler, mas valeu tanto a pena...

Momento assustador do mês: Lendo A desumanização. É um livro com tantos plot twists, tantas reviravoltas, tantas coisas sérias acontecendo, que eu nem sei. O final dele me deixou parada refletindo por algumas horas, então né...

JOÃO

Número de leituras: Umas 5 HQs e quatro livros incompletos.

Como foi o mês?: ESTRANHÃO.
Talvez não tão estranho rsrs, MAS AINDA ASSIM

Melhor leitura: Trinity, a HQ da DC comics sobre a trindade e tudo mais. Os desenhos e a história são tão mais bonitos e emocionantes que outros quadrinhos de super-heróis que tão saindo que não dava pra não colocar aqui.

Pior leitura: Extraordinary X-Men. Fujam.

Demais leituras: De HQs, li o primeiro arco de Uncanny X-Men, que foi surpreendentemente bom, umas edições da mensal da Mulher-Maravilha e só. De livros, comecei Selva de Gafanhotos, O Misterioso Lar Cavendish, O Universo, os deuses e os homens e Mythology. Não terminei nenhum.

Momento assustador do mês: Então, o "estranhão" foi que... eu comecei quinhentos livros BONS, que eu via claramente que tinham muita coisa legal, mas não conseguia me apegar a nenhum. Foi horrível, parecia que a bruxa tava solta me impedindo de sentar e ler o diacho dos livros UHAUHAHHU. De qualquer forma, acabei me refugiando em séries e finalmente entendo (e compartilho) do amor universal por Annalise Keating.


BELLS

Número de leituras:



Número de leituras: QUATRO COMPLETAS AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

Com o foi o mês?: Comecei lerda toda vida, tava ruim de ler e só queria saber de jogar. Chegou o fim do mês e vi que a coisa tava feia, o que eu fiz? Isso mesmo, recorri aos romances de banca HGUDHGIFHGIDHGD foram eles que salvaram o dia

Melhor leitura: Mil Pedaços de Você, Claudia Gray. Há muito tempo soube desse livro e quis ler, mas eu esqueci. Daí diante do desespero com o meu ritmo de leitura fui atrás de uma novidade pra ler, vi esse livro e JESUS. CARA. QUE COISA MARAVILHOSA??? ROMANCE, INTRIGA, AMOR, FAMÍLIA E VIAGEM ENTRE DIMENSÕES!!!! É SENSACIONAL

Pior leitura: Taiany vai ficar triste, mas Noites de Tentação, da Nora Roberts. Foi legal de ler, divertido, mas só, sabe. O que me conquistou foi a história pregressa da família real lá e personagens secundários, porque os mocinhos....HGDSUGHDFIGHDFIGHD

Demais leituras: Lição de Ternura, de Sandra Canfield. Ele teria ido pra melhor leitura se não tivesse lido o outro nos últimos dias do mês. QUE. COISA. LINDA!!! Uma mocinha com artrite reumática que se conformou em viver solitária e um jogador de futebol americano já "velho" pro esporte que sente um vazio na sua vida de rico, famoso e bonitão. MELHOR CASAL, MELHOR PLOT, MELHORES PERSONAGENS SECUNDÁRIOS, MELHOR FINAL, MELHOR ROMANCE, TCHAU

Criaturas Estranhas, organizado por Neil Gaiman. Como eu disse na resenha, teve algumas obras-primas que fizeram essa coletânea valer a pena. Outras não foram láaa essas coisas. Mas no geral foi gostoso de ler.

Momento assustador do mês: Com certeza as reviravoltas e o conteúdo sci-fi num livro young adult HIUDHISDHFIHSDIFHS. Mas falando sério, foi muito louco. Fiquei realmente ASSOMBRADA com a criatividade da Claudia Gray em criar essa história.



E você, tem alguma indicação de livro pra gente? Qual foi o seu momento assustador do mês?

TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *