all the bright places CCLivros

Querido, chegou a hora de conversar sobre Por Lugares Incríveis

21.1.15Conversa Cult

Eu não posso ignorar que existe algo incrivelmente pesado aqui. A questão é que esse elefante não está só no livro, está na vida real, e nós não podemos ignorá-lo.  


Violet perdeu a irmã em um acidente de carro e sua vida parou, Finch procura formas de parar a própria vida. Os dois acabam juntos no alto de uma torre e, por acaso, são unidos por um segredo. Não, não só um segredo. Eles precisam mais do que isso para se unir de verdade, e é por isso que Finch dá um jeito de fazer um projeto de geografia em dupla com Violet. O objetivo: conhecer mais o estado onde moram (porque é um lugar tão sem nada que as pessoas simplesmente vão pra faculdade e nunca mais voltam, ou talvez porque uma das maiores atrações de lá é um bola de tinta gigante). É assim que começa a aventura de Por Lugares Incríveis, uma história sobre encontrar valor nos lugares onde passamos.


Sabe aquelas capas que são bonitas e ainda dizem tudo sobre a história?

Essa é a parte legal. É uma narrativa bem divertida, cheia de detalhes legais, tipo os dados sobre suicídio que Finch acumula, a forma como ele cria música, seus murais de ideia, a relação de Violet com escrita, a revista que ela tem e os rituais que eles inventam para as "andanças" nesses lugares incríveis. É até inspirador ler uma história com personagens que criam também. 

Ao mesmo tempo tem toda a parte ~filosófica~ a respeito do que acontece. A forma como Finch pensa e ajuda Violet a ver o valor nas coisas.

Mas conforme entramos na história... 


O elefante no meio da sala vai ficando visível. Essa não é uma história comum sobre adolescentes matando aula pra ver um pássaro exótico na beira do rio, é sobre pessoas que estão questionando o valor de viver. É sobre como é possível que algum jovem inteligente que tem "tudo" possa se despreender da vida. É sobre nós mesmos e a dificuldade de nos conectarmos com as pessoas ao nosso redor.

É sobre ter um elefante no meio da sala. 

Eu não acho que preciso descrever mais, porque a Mareska já fez isso tão bem:

"Mais do que uma história sobre Finch e Violet, Por lugares incríveis é uma história sobre pessoas. Sobre como não é fácil lidar com alguém que tem algum tipo de transtorno ou distúrbio, seja depressão, stress pós traumático, bipolaridade ou bulimia, sobre como não é fácil admitir ou aceitar que se tem algum desses problemas, sobre como é ainda mais difícil pedir ajuda, ou sequer acreditar que precisa. Mais ainda, é sobre como a gente sempre faz o que pode, mas sempre acha que podia ter feito alguma coisa a mais." Leia a resenha de Por Lugares Incríveis, da Jennifer Niven, no Amargareska.

Dizer que esse livro acabou comigo seria eufemismo, dizer que eu gosto de sentir dor seria mentira, mas não tem como negar o fato de que apesar disso essa história é importante. É uma história que eu queria pegar e obrigar as pessoas a lerem. Não, não basta ler, é preciso entender. Entender o quão prejudicial pode ser ignorar esse elefante. 

Eu não posso falar muito mais sem correr o risco de dar spoiler. Eu quero dizer que não, essa não é uma história tipo Nicholas Sparks para você chorar no final. Eu diria que essa não é uma história pra te fazer rir, ou te fazer chorar, é uma história para te fazer ver. 

Então: veja. (em outras palavras, leia esse livro)

E eu tava falando com a Taissa no twitter, e eu meio que tenho um pouco de medo de indicar esse livro, porque sabe lá o efeito que vai ter em alguém com alguma das coisas citadas na história? É uma história boa, que ajuda a lidar com as ~coisas citadas~, mas me deixou completamente devastada. Eu tenho medo do que pode acontecer com alguém em uma situação mais delicada. Então... leia, mas lembre que você não está sozinho. E isso não é uma afirmação vaga, eu (Dana) e o CC estamos aqui. Você pode falar com a gente. 

"Se você acha que algo está errado, fale. Você não está sozinho. Não é sua culpa. Existe ajuda para você." - Jennifer Niven


Obrigada à Seguinte (selo da Companhia das Letras) por publicar no Brasil essa história importante. E não darei nota, porque não importa.


Livro: Por Lugares Incríveis

AutoraJennifer Niven

Editora: Seguinte - Companhia das Letras

Paginas: 318

Comprar: Saraiva


Título original: All The Bright Places

OBS: Eu não sei o efeito que essa história pode ter em alguém com depressão (ou os problemas citados pela Mareska), mas o Paulo pediu pra deixar aqui um aviso aqui.



Este livro foi cedido pela Companhia das Letras. 








A autora desse texto é a Dana, especialista em falar coisas idiotas, traficante de cultura pop e o avatar. Deal with it. Me recuso a usar 3ª pessoa, então: Você pode ver todos os textos que eu escrevi aqui na tag Dana Martins e também estou no twitter @danagrint, vem conversar comigo. :)

TAGS: , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. Eu acabei de ler esse livro e fiquei de cara. Até comentei no meu histórico que minha versão adolescente não entenderia muito a história, mas a versão atual sente na pele a situação. E isso é triste. :(

    Vi algumas críticas negativas até comparando a história com A Culpa É Das Estrelas porque ambos glamourizam doenças e eu fiquei, gente cadê glamour aqui?! Só vi pessoas com problemas, mas tentando fazer o melhor.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *