agender assexual

Sexualidade, Identidades de Gênero (e Outros Termos que Você Deveria Saber)

5.6.16Dana Martins


Vamo fazer um momento Google e responder de maneira simples todas aquelas perguntas que você tem.

Graças ao Tumblr eu fiquei sabendo que junho é o mês do orgulho LGBT+??? Ou não é, eu não sei, eu só sei que esse é um bom momento pra publicar aqui no CC a versão atualizada para quem quer entender as sexualidades e as letras no LGBTAPID+.


(Por favor, entenda que por "mulher/"feminino" eu quero dizer alguém que se identifica como mulher, o mesmo serve para homem)

ATRAÇÃO SEXUAL
Na forma mais básica, atração sexual é o sentimento que uma pessoa experimenta onde ela quer se envolver em atividades sexuais com outra(s) pessoa(s).

É tipo ver alguém e não só achar a pessoa atraente, mas pensar que você gostaria de beijar, fazer sexo, fantasiar etc. É uma atração por outra pessoa que como finalidade tem ser fisicamente íntimo, ao contrário de estar atraído por alguém de um modo que só te faz pensar "quero conhecer essa pessoa".

Homossexual: Uma homem que se sente atraído por homens ou uma mulher que se sente atraída por mulheres.
Heterossexual: Uma mulher que se sente sexualmente atraída por homens, ou o contrário.
Bissexual: Sente atração sexual por pessoas do mesmo gênero e por pessoas de outros. (por exemplo, um homem que sente atração por homens e por mulheres)
Pansexual: Sente atração sexual por todos os gêneros.


Assexual: Não sente atração sexual por outras pessoas.
Demissexual: Sente atração sexual depois de ter uma relação emocional com a pessoa. Saiba mais.


obs: Assexualidade e demissexualidade são termos mais referentes a como você experimenta a atração sexual (ex: não sente. pode vir a sentir), do que em relação ao gênero que você sente.

ATRAÇÃO ROMÂNTICA
É uma resposta emocional que a maioria das pessoas sentem como resultado de um desejeto de ter uma relação romântica com uma pessoa. A atração romântica é como uma fascinação pela pessoa, em vez do desejo sexual em si.

É quando você olha para alguém e tem essa sensação de "eu gostaria de fazer coisas românticas com essa pessoa". O que essas coisas românticas são depende da pessoa. Para algumas, pode ser encontros, jantares, dar as mãos e ficar agarradinho. Como é a sensação da atração romântica, ou o que faz um relacionamento romântico, é impossível de determinar e realmente depende da pessoa. (x)
Heterorromântico: Atraído romanticamente por outro gênero (ex: mulher sente atração romântica por homem)
Homorromântico: Atraído romanticamente por pessoas de mesmo gênero.
Birromântico: Sente atração romântica por pessoas do mesmo gênero e por pessoas de outros.
Panromântico: Sente atração romântica por todos os gêneros.
Arromântico: Não sente atração romântica por outras pessoas.

obs: Atração Sexual e Atração Romântica nem sempre são as mesmas. Uma pessoa pode ser heterossexual e birromântica, ou pansexual arromântico.

GÊNERO x SEXO
Apesar de compartilharem a sigla LGBT+, atração sexual e identidade de gênero são duas questões distintas. Uma pessoa ser transgênero não tem nada a ver com ela ser gay, por exemplo.

Transexual/Transgênero (O termo depende de geração ou lugar): Uma pessoa que se identifica com um gênero diferente do determinado no nascimento.
Cis(gênero): Alguém que se identifica com o gênero determinado no nascimento.
Agender: Alguém que não se identifica com gênero nenhum.

obs: Trans* é um termo guarda-chuva que pode englobar as várias formas de ser transgênero, tipo a pessoa que é não-binário, ou uma mulher trans.

Intersexo: É um termo guarda-chuva usado para descrever pessoas nascidas com uma das mais de 30 variações na anatômicas de sexo (internas e/ou externas) resultando em corpos nem totalmente masculinos ou femininos.

obs: As condições intersexo são mais sobre a parte física do corpo, como ela nasceu, do que questão de gênero. Eu indico ler esse texto publicado aqui e escrito por pessoas intersexo.

Questionando: Desculpa falar, mas... WTF é LGBTQIAP+?


Esse texto aqui é basicamente a versão corrigida desse meu texto de 2014. Lá tinha muita coisa errada, mas como era a proposta do tema: eu fui questionando e aprendendo de lá pra cá. Ainda tem muita coisa que eu não sei, mas muitos termos que pareciam alienígenas e não faziam o menor sentido agora são ok. Mais do que isso, eu aprendi a ver o diferencial que faz para uma pessoa que não se encaixa no padrão "comum" descobrir através desses termos que existem mais pessoas como ela, que ela pode existir. Isso literalmente salva vidas.

Minha última mensagem é que entre todas as coisas erradas daquele texto, duas permanecem certas:

1- Lembra que é você que manda nesses termos, não eles em você. Não se sinta pressionado a agir de certo modo só porque "eu sou isso e esse é o certo pra pessoas assim". Não existe isso. Inclusive, sexualidade é fluida - isso significa que você pode se sentir de formas diferentes ao longo da vida e em relação a diferentes pessoas. Use esses termos para descobrir partes de você. Para se libertar. Para encontrar pessoas como você.

2- Não tem problema errar e falar merda quando tá aprendendo. Uma das propostas do Questionando foi justamente colocar a cara lá fora e sair tentando entender o assunto. Eu falei muita merda, mas aprendi muito mais e no final aprendi a respeitar muito mais as pessoas. Se eu ficasse com medo de falar porque "eu não sei", eu não teria aprendido. Isso não é o mesmo que ser um babaca, né? Quando vieram me falar que eu tava errada (graças a Deus a Priscilla fez isso), eu ouvi, aprendi e pesquisei mais. Mas o que eu vejo é que muita gente fica "não vou falar, não sei" e isso só leva a ignorância.

Sexualidade humana existe de várias formas, e a gente deveria aprender isso na escola. Mas como não tá acontecendo, vamos aprender aqui e informar as pessoas ao nosso redor. :)

TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Amei as explicações.

    Veio muito a calhar, fiquei com um menino que se considera Pansexual Homorromântico e eu não estava conseguindo associar bulhufas, iria pesquisar mais sobre isso, e não preciso, encontrei o que queria aqui.

    Obrigado Dana :)

    O legal disso tudo é que desde que escreveram sobre a visibilidade LGBT+ no ano passado é que tenho aprendido muito sobre e tenho me identificado melhor também. Rótulos não são nada com relação a pluralidade sexual do ser humano MAS são essenciais para nos entendermos.

    OBRIGADO!

    Hoje me enxergo melhor, ainda mais depois de descobrir esse lance de atração romântica e sexual.
    Posso dizer que me encaixo em Homossexual Homorromântico ♥

    Allan em Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Rótulos não são nada com relação a pluralidade sexual do ser humano MAS são essenciais para nos entendermos" preach

      muito obrigada <3

      Excluir
  2. Super gostei desse texto. Tirou muitas dúvidas minhas.
    Essa questão de ideologia de gênero ta muito em pauta, principalmente nas redes sociais, nos ultimos tempos.
    E as vezes, mesmo "sendo parte" da comunidade LGBT+, a gente não faz ideia do que significam algumas coisas. E, principalmente, que existem muito mais pessoas lutando junto com a gente por visibilidade, e que a gente nem fazia ideia que existiam.
    Depois que eu encontrei o Conversa Cult, eu aprendi um bocado de coisas sobre gênero e sexualidade, e cresci muito nessas ideias.
    Seus posts, Dana, são os que mais me cativam, e eu até procurei seguir em outros locais também, pq é muito gostoso quando a gente encontra gente que sabe do que ta falando e que concorda com a gente.
    Desde que encontrei esse blog, estou aprendendo muita coisa, e também estou ganhando muitas sugestões de coisas pra fazer da minha vida.
    E sobre esse post, tirei completamente minhas dúvidas.
    Sou um bissexual, birromântico, e cis.
    Muito obrigado por esses textos maravilhosos, e até a próxima!
    :3

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *