CCSociedade Dana Martins

A ironia da liberdade de expressão

24.6.16Dana Martins


Não tô com vontade de entrar em uma discussão grande sobre liberdade de expressão agora, mas há um tempo eu fiz essa tirinha e queria publicar aqui. (veja abaixo)

A questão é que quando você tem poder concentrado, e uma injustiça sistemática que desvaloriza e limita certos grupos, o discurso da "liberdade de expressão" só aparece quando gente que tá no poder quer continuar fazendo coisas desrespeitando esses grupos. 


Essa "liberdade de expressão" protege cenas de estupro em Game of Thrones.


Mas ninguém se importa com essa "liberdade de expressão" na hora de censurar dois homens se beijando em um filme.

Essa "liberdade de expressão" aparece pra proteger o direito "artístico" do homem branco de fazer 298329823 protagonizados por homens brancos.

Mas não aparece quando surge a ideia de uma 007 mulher negra pansexual.

Essa "liberdade de expressão" anda junto com aquela tal "meritocracia", que ignora o fato de que pra alguns grupos (negros. mulheres. transexuais. LGBA+...) existem diversas barreiras quanto a criar próprios filmes, ou próprias leis, ou acesso a oportunidades de trabalho.



Não existe liberdade de expressão quando só alguns têm o poder de falar.

Quando as pessoas pedem para não fazer algo desrespeitoso, não é para silenciar, é para dar espaço para outras perspectivas também.

TAGS: , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *