CCdiscussão CCSociedade

Por que é errado falar que 'só existem dois gêneros'?

25.1.18João Paulo Albuquerque


Primeiro, porque não existem só dois. Segundo, porque você está apagando milhões de pessoas. E terceiro, não me importa qual seja sua opinião nesse assunto (se os outros gêneros são somente pessoas que "esqueceram que papéis de gênero podem ser ignorados" ou que Deus fez o homem e mulher, blablabla ~vocês me cansam, sério), nada justifica você desvalidar alguém, até porque ninguém precisa da sua validade em tal assunto.
Já me meti em briga no facebook por isso (foi divertido, mas sempre me cansa) então decidi vir aqui e fazer texto sobre isso. Basicamente contando sobre como essa coisa de "isso é e isso não é gênero" é um porre e sem noção sem tamanho.

Gênero, como a pessoa se entende no mundo, não é algo discutível à público. Não importa o que você acha ou deixa de achar. Você se entende e percebe de uma maneira no mundo, algumas pessoas compartilham disso com você, muitas outras não. E - é óbvio, mas vou frisar - é sempre importante respeitar isso.


Você tentar validar o que é gênero, te torna tão babaca quanto quanto alguém tentando te dizer que jogar videogame vai te levar pro crime. Faz sentido? Não, então por que vocês insistem nisso?

Os papéis de gênero ajudam a permear uma ideia do que é gênero, beleza, sabemos disso, mas não importa se a pessoa não se ajusta à ele ou se ela se ajusta e ainda sim se diz não ser do gênero que aquele papel de gênero sempre foi designado pela sociedade. Alguém que você jura ser um homem hétero machão pode ser alguém não-binário. Alguém que é feminino, pode não ser o que a sociedade espera e ser de outro gênero. Seguindo ao papel de gênero esperado ou não, isso não vai dizer ou desvalidar seu gênero e está na hora de nós, seres pensantes que somos, tomarmos consciência disso.

Não seja babaca com alguém, já que não gostaria que fossem com você. Empatia é o nome.


TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

4 comentários

  1. Só acho que misturar essa discussão com a violência dos games é contraprodutiva. São coisas absolutamente diferentes.

    Eu pessoalmente acho que sim, games violentos causam violência. Isso porque o cérebro gosta de economizar energia e portanto automatiza as respostas - se você se acostuma a lidar com situações de forma violenta, o provável é que faça uso dela adiante.

    O cérebro não distingue virtual de real, especialmente quanto mais realista é o jogo.

    Claro que é uma situação específica, e não vai te fazer dar chute em pombo (a não ser que você jogue muito chute-o-pombo), mas pode te colocar na situação de, sob estresse, simplesmente agir violentamente antes de pensar conscientemente a respeito, quando a situação for suficientemente similar à reproduzida nesses games.

    ResponderExcluir
  2. Por que é errado falar que 'só existem dois gêneros'?

    Não está, pois é a verdade!
    Caso encerrado.

    ResponderExcluir
  3. Então você é contra sua própria natureza (biológicamente falando), contra a ciência, contra a psicologia, até contra a bíblia, etc. Nem argumento tem!

    ResponderExcluir
  4. Mas é correto e lógico afirmar que só existem dois gêneros, já que é a verdade. É uma questão biológica, algo comprovado cientificamente.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM