acefobia Ariel Carvalho

O que NÃO dizer a um assexual

6.10.17Conversa Cult


*a capa eu achei aqui

OUTUBRO CHEGOU e com ele a Semana de Visibilidade Assexual, que esse ano deve começar a partir do dia 26. A princípio eu (Bells) ia organizar um especial pra uma semana mesmo, mas quer saber? A assexualidade ainda é muito desconhecida então sim, vai ter post especial todas as sextas do mês, além de outros que possam ir surgindo.

Então, dando início aos trabalhos e inspirada no post da Carol sobre bissexualidade, eu e a Ariel vamos à algumas das coisas que você definitivamente NÃO deve dizer a uma pessoa assexual.

- Ah, mas é só uma fase

Aparentemente as pessoas gostam de dizer isso pra todo mundo que fuja da heterossexualidade/allosexualidade. Nossa resposta pra isso: NÃO, NÃO É.



- Você só não encontrou a pessoa certa ainda

Com certeza vou passar a minha vida esperando por essa pessoa mágica que vai me fazer sentir atração sexual, claro. Vou pautar toda a minha identidade em algo que poderia acontecer amanhã ou nunca. SHOW.


- Ainda é muito cedo pra você ter certeza de alguma coisa

Cê também não acha que é muito cedo pros adolescentes alos terem certeza que sentem tesão por alguém ou que são hetero? Dois pesos, duas medidas? Aqui não, queridin.



- Isso não é alguma doença?

Olha...eu nem sei por onde começar. Por muito tempo a assexualidade foi (e ainda é, né) confundida com o transtorno sexual hipoativo, que é um transtorno onde a pessoa perde a sua libido e não sente mais vontade de se engajar em atividades sexuais. Percebeu uma coisa nisso? 

"perde sua libido"
"não sente mais vontade"

Tudo indicando que a pessoa sentia atração sexual antes, mas por razões diversas não sente mais e isso causa transtornos pra ela (por isso o nome TRANSTORNO). Isso é totalmente diferente das pessoas que se identificam como assexuais, que nunca sentiram atração antes ou só sentem sob circunstâncias e intensidade tão específicas que se torna um evento raro, algo que a difere "de todo mundo". A assexualidade NÃO. É. UMA. DOENÇA.



- Será que você não sofreu algum trauma?

Existem assexuais que foram abusados ou sofreram traumas? Sim. Isso os tornou assexuais? DIFICILMENTE. Assim como também existem gays, lésbicas, bissexuais, panssexuais e heterossexuais que sofreram abusos e nem por isso devem ter suas identidades invalidadas por conta dessa experiência.

- Você já transou/se masturba?

Esse tipo de pergunta não seria ruim em um contexto onde se tem intimidade pra isso, mas geralmente quando as pessoas perguntam isso pra um assexual, é pra questionar a sua identidade. É no mínimo desconfortável ter que ficar explicando os pormenores da sua vida sexual ou ausência dela pra outras pessoas numa situação dessas, né. Além do mais, o fato de a pessoa ser virgem ou ter transando com dezenas, nunca ter se masturbado ou assistir pornô todo dia não vai fazer dela mais ou menos assexual. Só entendam isso, pelo amor de deus.

- Mas você já namorou/transou, como pode ser assexual?

Importante dizer que ASSEXUAIS NAMORAM. Nossa falta ou pouca atração sexual não tem a ver com a nossa capacidade de nos envolver romanticamente com alguém. E pessoas, inclusive as que sentem atração sexual, podem fazer sexo por várias razões que não sejam só atração sexual, né? Então porque um ace não faria? Ele pode ter vontade de fazer, apesar de não se sentir atraído, pode querer fazer pra ter seus filhos biológicos, pode fazer por diversão, sei lá. Isso vai de cada um e não invalida a assexualidade de ninguém.


- Você só quer chamar a atenção

Claro, com certeza!!! É claro que resolvi passar parte da minha vida em angústia, muitas vezes sofrendo, pra então me identificar com uma identidade praticamente desconhecida e totalmente invisibilizada só pra chamar a atenção e me sentir "oprimida"!!! O que nos leva a::::

- Você só quer uma opressão pra chamar de sua

Não preciso nem dizer o quanto isso é babaca, né? Pra não dizer que nem faz sentido. Assexualidade não é uma modinha de tumblr, não é um estilo de vida, é parte da pessoa. Uma parte que diverge do que é considerado  "normal" pela maioria das sociedades e todo mundo tá careca de saber que quem foge dessa norma vai acabar sofrendo de formas e intensidades variadas, dependendo de vários fatores. Tudo o que nós aces queremos é que a nossa sexualidade seja reconhecida, respeitada e divulgada, pra que menos pessoas sejam preconceituosas e mais possam se identificar e enfim entender que não tem nada de errado com elas.

Não é uma corrida, galera


Bônus: o que não dizer a um demissexual

- Ah, eu também sou assim, só transo com gente que gosto.

AAAAAAAAAA NÃO É NÃO!

Ser demi é muito mais do que só transar com gente que você gosta/tem intimidade. É ser fisicamente incapaz de achar uma pessoa atraente sem ter um "vínculo" com ela, é não conseguir EM HIPÓTESE ALGUMA ficar com estranhos em festas, é sentir mais facilidade em ter atração por um amigo do que por alguém que acabou de conhecer.

Se você só transa com gente que você gosta POR OPÇÃO, você não é demi, desculpa.


***

Fique ligado nas próximas sextas do mês de outubro! Se você é assexual e gostaria de escrever pra esse especial, entra em contato pelo email conversacult@gmail.com

TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM