acefobia Alice Oseman

Assexuais NÃO são heterossexuais hesitantes

2.4.17Isabelle Fernandes


Durante o longo trabalho de parto que foi esse post, eu e a Dana tivemos longuíssimos debates sobre a questão. Eis que dia desses ela me manda o link de uma pergunta no tumblr enviada pra autora de Radio Silence, a Alice Oseman (que é declaradamente ace). O texto tem tudo a ver com o assunto e ainda dá uma palhinha do quanto as pessoas podem ser preconceituosas sem nem perceber (ou percebem e não ligam né, sabe-se lá) então resolvi traduzir e postar aqui (com a revisão e ajuda do João <3).



Oi, Alice, uma pergunta estranha mas: você acha que assexuais pertencem à comunidade LGBT? Eu tenho uma amiga que se identifica assim, mas como uma garota trans, eu tenho dificuldades de entender como ela passa pelas mesmas coisas que uma pessoa LGBT sendo assexual. E mais difícil ainda, eu sequer consigo ver como a assexualidade é assim TÃO diferente da heterossexualidade, tem só mais....hesitação? Talvez isso soe rude, mas eu sei que você tem escrito sobre pessoas assexuais e tal, e eu me pergunto o que você acha. Não é uma indireta.

Olá. Eu estou feliz por você ter vindo me procurar porque você deve ter realmente chateado sua amiga dizendo uma coisa dessas pra ela.

É fácil perceber porque não apenas pessoas cis-hétero, mas também pessoas LGBT+ pensam que a assexualidade é falsa. O mundo está inundado com sexo e atração sexual. Está em todo lugar. E se supõe que todo mundo quer e sente isso. É tão extremamente normalizado que a ideia de que alguém pode literalmente ser INCAPAZ de sentir atração sexual é, pra muitas pessoas, totalmente bizarro e uma piada.

Mesmo se você souber que a assexualidade é real, também é fácil perceber porque pode ser tão rápido rejeitar e ficar com raiva de assexuais que se consideram LGBT+. Porque pessoas assexais não são como você, são? A menos que você seja trans, assexuais não possuem questões de gênero e a menos que eles experienciem atração romântica, assexuais não experienciam atração pelo mesmo gênero! Lésbicas, bissexuais, gays e etc podem todos participar juntos da mesma experiência de atração pelo mesmo gênero e todas as pessoas trans, binárias e não binárias, podem se unir sob a experiência de se sentir desconectado com o gênero que lhes foi designado ao nascer.

O resultado? Ninguém quer assexuais perto deles. As pessoas não querem saber (ou não querem ter a ver com isso). Ninguém mais sente o que assexuais sentem e as pessoas não acham que eles devam fazer parte de algum grupo. Eles não são como você.

Mas ah deus, eles não são permitidos no clubinho cis-hétero também.

A primeira coisa que você precisa tentar desconstruir é a ideia de que a assexualidade é de alguma forma similar à heterossexualidade. Não é. Não é, porra. É doloroso o quão diferente é sentir ser assexual em comparação a ser heterossexual.  Dizer a uma pessoa ace que a assexualidade não é assim tão diferente da heterossexualidade é como dizer que ser gay não é assim tão diferente da heterossexualidade. Ser assexual significa que você não sente atração sexual, nunca. NUNCA. E enquanto isso pode parecer fácil pra você, essa é uma coisa extremamente dolorosa e apavorante a aprender sobre você mesmo, num mundo onde se espera que todo mundo tenha experiências sexuais, se apaixone, se case e qualquer um que não faça isso é estranho e uma aberração.

Aprender que você é assexual pode ser apavorante. Quando você se dá conta de que você nunca teve um crush, enquanto todos os seus amigos já tiveram uns 10, você se apavora. Quando você passa pela idade onde as pessoas começaram a namorar e fazer sexo e você continua sentindo nada, NADA, você se apavora. Quando você apenas pensa em se apaixonar e a ideia te enoja, ou você pensa sobre se apaixonar e se força a conseguir, deus você se força, mas sabe que nunca vai conseguir sentir isso, você se apavora. Quando você se dá conta de que você nunca vai ser apto a ter uma relação amorosa/sexual normal, esses cheios de paixão como se vê nos filmes e as pessoas vão rejeitar você porque você não consegue ser assim com eles dessa forma e há uma maior possibilidade pra você do que pra qualquer outra pessoa de simplesmente morrer sozinho, sem amor, sem filhos - você se apavora.

Você acha que ser ace é a mesma coisa que heterossexualidade? Você acha que essa é uma coisa fácil de se entender sobre si mesmo? Explique todo esse pavor, então. Sou toda ouvidos.

O fato de você ver a assexualidade como uma "hesitação" é realmente horrorizante pra mim. Assexuais não se sentem atraídos pelo gênero oposto, mas hesitantes pra agir sobre isso. Assexuais NÃO SENTEM atração sexual. Por ninguém. Não é uma escolha. Não é um estilo de vida. Não é a mesma coisa que celibato voluntário, ou ser pudico ou esperar até o casamento. Isso está incrustado em você, assim como ser gay está, assim como ser trans está. Essa é uma parte de você que não importa o quanto você tente afastar, não importa o quanto você tente se convencer do contrário, você não consegue evitar. Você não se sente atraído por NINGUÉM.

E dizendo tudo isso, eu tenho pleno conhecimento de que assexuais não vivenciam o mesmo tipo de opressão que outras pessoas LGBT+ vivenciam. Não há leis proibindo a assexualidade. Lésbicas, gays, bissexuais, trans e outras pessoas LGBT+ sem dúvida experienciam um nível e intensidade maiores de opressão sistematizada do que assexuais, mais frequentemente passam por experiências difíceis por causa de sua orientação ou gênero. Mas desde quando ser LGBT+ se tornou uma competição por "quem é o mais oprimido?"? É isso que o LGBT+ é? Você só pode entrar no clube se você for "oprimido o suficiente"? Se você é "gay o suficiente?" Se você é "trans o suficiente?"

Se você precisa ser convencido de que assexuais vivenciam suas próprias formas de opressão, considere a quantidade de assexuais que foram coagidos a fazer sexo para serem "consertados". Considere a dor emocional que eu já discuti aqui, de sentir que tem alguma coisa fundamentalmente errada e repulsiva sobre você porque você não se sente atraído por ninguém. Considere a quantidade de assexuais que são atormentados ou abusados emocionalmente pelos familiares por falhar em encontrar parceiros. Considere a quantidade de assexuais que se forçam a ter experiências sexuais porque essa é a norma, porque eles nem mesmo sabem o que é assexualidade, porque ELES pensam que estão apenas "hesitantes", apesar de acharem sexo algo nauseante e não sentirem desejo em fazer isso. Você realmente acha que assexuais estão apenas correndo por aí, livres e contentes com quem eles são? Eles não estão. Eu não estou.

Então vá em frente. Menospreze assexuais se quiser. Chame eles de desesperados por atenção, chame eles de flocos de neve especiais. Ignore a dor que eles sentem. Faça com que eles passem por isso sozinhos, sofrendo, apavorados com o que eles são. Por que diabos a comunidade LGBT+ seria um lugar para apoiar pessoas assim?!

Mensagens como essa que você me mandou me dão um forte motivo pra nunca falar sobre essa parte de mim. Para sentar e chorar sobre isso em casa dia após dia porque eu não gosto de mim mesma. Porque eu sinto que ninguém vai me aceitar ou entender quem eu sou. Eu poderia listar o número de coisas que as pessoas têm me dito, rindo e desacreditando dessa parte de mim, mas são pessoas como você que fazem eu me sentir envergonhada em falar sobre isso, assustada demais para possuir um rótulo e falar sobre livre e abertamente.

Eu pensei, com tudo isso, que a comunidade LGBT+ era um local de respeito total, compreensivo e empático. Eu aprendi bem rápido que não é.

Mando meu amor/carinho pra sua amiga assexual. Eu realmente mando. De coração.

P.S.: Eu estou muito atenta às nuances da assexualidade, das diferenças entre atração romântica/estética/sexual, mas infelizmente parece que muitas pessoas não conseguem entender o básico sobre o conceito de assexualidade, então eu realmente não acho que eles estejam prontos pra isso. 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Agora vamos lá, vamos refletir sobre a novíssima terminologia criada pela pessoa anônima: HETEROSSEXUALIDADE HESITANTE.

GENTE.

QUÊ?


Ah, a ironia. Normalmente a comunidade assexual/arromântica é acusada de "inventar" rótulos e "complicar o que é simples", daí vem a moça com essa de HETEROSSEXUALIDADE HESITANTE. Mas olha...deu pra notar que ela não quis ser ofensiva.

Só que infelizmente ela foi.

Também notei que no trecho "Lésbicas, bissexuais, gays e etc podem todos participar juntos da mesma experiência de atração pelo mesmo gênero e todas as pessoas trans, binárias e não binárias, podem se unir sob a experiência de se sentir desconectado com o gênero que lhes foi designado ao nascer.", ela pode acabar dando a entender que acha que todo mundo vive os mesmos tipos de experiência, o que obviamente não é verdade. Mas claro que se for comparar todos grupos que se atraem pelo mesmo gênero e a comunidade assexual, é claro que lésbicas, bissexuais, gays, pans etc tem muito mais em comum um com o outro do que com assexuais.

Enfim, só queria deixar isso aqui pra vocês como reflexão.

TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

5 comentários

  1. Gente, fiquei com muita pena da menina que fez a pergunta Hahahahahah Já ouvi isso de "heterossexualidade hesitante" de praticamente todos os meus amigos homens héteros quando falo da assexualidade. Dos gays, eu ouço "homossexualidade hesitante", que é aquela pessoa gay em negação. É um saco às vezes.

    Não sabia que a Alice Oseman era ace! Esse Radio Silence vai ser uma das minhas próximas leituras, já até comprei *---*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também to querendo ler, mas preguiça porque inglês HGUIFDHGUIDFHGID

      E nossa, siiimmm

      Excluir
  2. Discordo da parte que fala que assexuais não têm questão de gênero. Uma mulher assexual continua sendo mulher, um homem transgênero assexual continua sendo homem, sendo românticos ou não. Gênero não tem a ver com orientação sexual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MUITO BEM PONTUADO.

      Acho que a Alice tava muito virada no jiraya e ficou só no superficial mesmo

      Excluir
    2. Mas ela disse "A menos que você seja trans, assexuais não possuem questões de gênero". Acho que ela só quis dizer que o fato de vc ser assexual por si só não te coloca embaixo de nenhum guarda-chuva. Claro, se vc também for trans, vc vive a experiência de ser trans.

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *