Ariel Carvalho Carol Cardozo

INTENSIVÃO DO OSCAR: Considerações finais

1.3.17Conversa Cult


Demorou um pouquinho porque ficamos em choque demais com tudo o que aconteceu, mas aqui estão, as nossas considerações finais e o balanço de tudo o que achamos da cerimônia do Oscar.

Todo mundo da equipe ficou felizinho demais por ter conseguido assistir uma quantidade consideráveis de filmes indicados (até filme iraniano a Bells assistiu, muito culta, olha só), mas nem tão felizinhos assim pelo embuste do agressor Casey Affleck ter ganho. Vem ver o que achamos:

>>> ARIEL

Tirando o fato óbvio de que eu fiquei chocada com a treta do final do Oscar, eu achei a premiação bem ruim esse ano em alguns sentidos, mas infinitamente melhor em outros. Achei que escolheram muito mal o apresentador. O Jimmy Kimmel é chato, faz piada ruim e beirando o preconceito, não deu aquela gás à premiação que um bom apresentador daria.

O que eu achei ótimo foi que eles conseguiram reverter toda a merda que foi o Oscar do ano passado que só indicou gente branca. Teve muita diversidade, e isso foi ótimo porque também significa representatividade.


Uma das minhas coisas favoritas da noite foi o Sunny Pawar (o garotinho de Lion) e sua fofura. Outra das minhas coisas favoritas foi o Seth Rogen cantando Hamilton no palco com o Michael J Fox e um Delorean!!!



Foi importante demais o Mahershala Ali ganhar o prêmio de melhor ator, e eu quase tive um treco de felicidade quando anunciaram Moonlight como o grande vencedor da noite, mas meu prêmio favorito da noite foi o de Zootopia. Eu amo esse filme (e vou protegê-lo), e estava torcendo horrores por ele, então fiquei tão animada que até acertei o cotovelo num amigo que estava vendo a premiação comigo (foi mal *risos*).

A parte mais insuportável da noite foi ter que ver a Brie Larson (que é ativista anti abusos) entregar o prêmio de melhor ator pro abusador do Casey Affleck. Juro que eu morri um pouquinho por dentro, e que doeu em mim simplesmente pelo fato de ter que ser mulher num mundo em que oferecem o maior prêmio da categoria a um cara que abusa e agride mulheres.

"me sinto honrado por fazer parte dessa comunidade mimimimi"
 

>>> CAROL

MENINA DO CÉÉÉÉÉÉÉU, QUE PREMIAÇÃO FOI ESSA


Fiquei feliz demais com algumas categorias (Mahershala Ali, primeiro muçulmano a ganhar o Oscar, que homão da porra. A mãe de todos nós, Viola Davis também.), outras nem tanto (melhor ator, melhor canção original, meh). No final era uma decepção atrás da outra, meus favoritos perdendo, chega melhor ator e Casey Affleck leva ao invés de Viggo Mortensen, ainda chega em Melhor Filme e anunciam La La Land.

Veio toda a questão do Oscar So White, da Academia ter premiado um filme (bom e excelentemente feito na parte técnica, não me levem a mal) que puxam o saco da Hollywood clássica, etc etc. Assisti junto com a Bells, a Taiany e uma amiga nossa, já estávamos todas tristes, a vontade que estava era de desligar a porra toda e ir dormir...

Esse era o clima da sala no momento
... aí na tradução simultânea da TNT tava tudo meio confuso, quando o produtor de La La Land fala "This is not a joke", chama o pessoal de Moonlight e mostra a ficha escrito "Moonlight - Best Picture". A GENTE PERDEU A LINHA, A PIPA E A RABIOLA, MEU IRMÃO.

MEU MOONLIGHT TÁ VIVO, PORRA

TU TEM IDEIA. FOI O PRIMEIRO FILME NA HISTÓRIA COM PROTAGONISTA LGBT A GANHAR UM OSCAR. UM FILME COM ORÇAMENTO DE 1,5 MILHÃO DE DÓLARES. EM PLENA ERA TRUMP, IRMÃOZINHO. NÃO TEM COMO DESLIGAR O CAPS NESSA HORA PORQUE FOI EMOÇÃO DEMAIS, CARA.

Vamo focar nessa alegria, nessa felicidade, porque foi a primeira vez em muito tempo que o ganhador de Melhor Filme realmente mereceu. Será que a passinhos de tartaruga (pois né, abusador premiado em Hollywood, nada de novo sob o sol), o pensamento retrógrado da Academia vai mudando e vamos ter mais mudanças boas que nem esse ano? Veremos.

Sobre assistir indicados ao Oscar desse ano: FOI MUITO MELHOR DO QUE TODOS ESSES ANOS QUE EU ACOMPANHO. Geralmente eu assisto coisas depois da cerimônia, mas esse ano me organizei mininamente pra assistir antes da cerimônia, foram ao total 12 filmes, entre categorias principais e técnicas! E me diverti horrores cobrindo pro blog no Twitter (como eu digo: o Twitter é o melhor lugar pra se estar em dias de eventos grandes).

Saldo: Apesar dos pesares, positivíssimo.

Tem uns tombos mas a gente sempre acaba se divertindo, né nom?

>>> BELLS

Todo início de ano é a mesma coisa: chega fevereiro, descubro que o Oscar vai acontecer em duas ou três semanas e aí preciso CORRER LOUCAMENTE atrás dos filmes. Normalmente eu sofro horrores porque minha internet é toda cheia de frescura, porém esse ano MILAGRES ACONTECERAM. Consegui achar os filmes em qualidade maravilhosa com facilidade e ainda assisti a quase todos os indicados a melhor filme, só faltou dois. Ainda vi vários que estavam concorrendo em outras categorias, incluindo meu primeiro filme iraniano, O Apartamento. Pra mim essa é uma das melhores partes do Oscar: a oportunidade de ver filmes que, em outra situação, eu nunca pensaria em assistir.

A outra melhor parte é juntar as migas pra assistir juntas à cerimônia. Ano passado eu tive uma crise de sinusite horrível e fiquei morta em casa, mas felizmente agora deu tudo certo e fui ver com as elas. Comemos besteira, berramos pelos nossos amores, torcemos, nos indignamos, foi ótimo, mas a cerimônia em si.....TEVE MELHORES. Quer dizer, abertura do Justin Timberlake cantando a musiquinha dos trolls? Jimmy Kimmel sem graça apresentando? Pra piorar, A Chegada (que é meu favoritão) só ganhou UM OSCAR, aquele embuste do Casey Affleck ganhou como Melhor Ator (nem vou fazer textão, já tô ESGOTADA DISSO), enfim. No final eu já tava prostrada no sofá, cansada demais pra ficar muito puta e esperando aquela merda acabar logo quando acontece A TRETA.

Como eu estava, até então
Sério gente, foi épico. Eu achei estranhíssima a reação do moço quando anunciou La La Land, senti que tinha alguma coisa errada mas não sabia o que era. Daí eu fiquei frustrada porque esse diacho de ganhando Melhor Filme, pelo amor de deus, quando percebo a muvuca no palco e aí:


TODAS NÓS LEVANTAMOS E FOMOS PRA FRENTE DA TV ABSOLUTAMENTE CHOCADAS, EU NÃO CONSEGUIA ACREDITAR NO QUE EU ESTAVA ASSISTINDO ALI.


Apesar dessa bagunça ter sido terrivelmente constrangedora e horrível tanto pra equipe de La La Land e Moonlight quanto pros pobres dos apresentadores, preciso admitir que foi isso que salvou o Oscar pra mim HAHAHAHAHAHAHHA. O Desastre entrou pra história, rendeu 175347543753 memes e será comentado até o fim do ano sem a menor sombra de dúvida.


>>> JOÃO

O que dizer depois de tantas reações calorosas aí em cima? UHAUHAUA. Só vou dizer que eu estive na mesma, em uma montanha-russa emocional durante todo o processo. Desde militância pros favoritos e injustiçados, as apresentações musicais maravilhosas (Auli’i Cravalho EU TE VENERO), até a saudade imediata após a cerimônia ter acabado.

Rainha da Disney é assim, leva pancada e continua sorrindo

Só queria dizer que: eu recomendo. Recomendo ver os filmes indicados, que querendo ou não são os que tão sendo escolhidos oficialmente como os melhores da nossa geração e como a Bells disse, a gente dificilmente assistiria em outra oportunidade. Recomendo entrar em grupos ou formar seus próprios pra entrar no clima (e agradeço especialmente Dias de Cinefilia, que foi nosso lar durante esses dias loucos e CONTINUARÁ SENDO POR MUITO TEMPO). E ver a premiação, pular, se emocionar, e celebrar os artistas que, como Viola Davis disse, são os únicos profissionais que celebram o fato de estarmos vivos.

Ver os indicados desse ano foi uma dádiva. Fico feliz em dizer que não desgostei de nenhum filme, coloquei vários nos favoritos da vida, e conheci atores, atrizes (Janelle Monáe, FAÇA MAIS FILMES) e diretores que quero acompanhar mais de perto. Mas além disso, esse Oscar fez eu mudar um pouquinho a forma de encarar o cinema. Porque, sabe, eu sou desses que prefere consumir arte na solidão mesmo, acho que a companhia alheia muitas vezes atrapalha (PERGUNTEM PRA TAIANY E A BELLS SOBRE O PAGODE EM MOONLIGHT, ainda estou abismado). Mas esse ano, comentando os filmes aqui no CC, mandando áudios quilométricos no Whatsapp, enfim, vivendo para o Oscar por alguns dias, percebi que tornar a experiência mais social e celebrar com os outros essas coisa tão linda que são as histórias pode ser ainda melhor.

Apenas QUE VENHA O OSCAR 2018 E SEJA AINDA MELHOR QUE ESSE, AMÉM.


>>> Taiany

Quando 2017 começou meu corpo entrou em alerta: OSCARRRRRRRR. Fui desesperada falar que o Oscar tava chegando e eu tinha visto grandes nadas, mas então me atualizaram na vida "Taiany sua louca, o Oscar é só em fevereiro". Ufa daria tempo de ver tudo.

Não deu. Eu não tempo nenhuma disciplina, fui deixando para depois e quando faltava uns 10 dias para a premiação eu me toquei que tinha visto apenas as animações (única categoria que eu consigo ser fiel). FOI UM CORRE CORRE ALUCINADO.


Mas a vida meus amigos, ela é um jogo de The Sims controlado por alguém que morre de rir dos nossos infortúnios. Faltavam menos de 10 dias para a cerimonia do Oscar e minha internet simplesmente ficou ruim, entrei em contato com a assistência técnica e eles falaram que estavam resolvendo e em uns 4 dias iria voltar a funcionar normalmente. Se já não bastasse 4 dias ser muita coisa, eu nem sei mais quanto tempo se passou e ainda estou com problemas com a internet, ela tá caindo e voltando. Ou seja, COMO EU IRIA VER OS FILMES? (ir no cinema estava fora de questão porque tô desempregada sem nenhum puto no bolso, vendendo o almoço pra pagar a janta). Bom, eu dei meu jeito, me convidei para a casa da Bells, a gente viu dois filmes, e peguei mais dois com ela, consegui baixar dois aos trancos e barrancos, vi um online, também no sufoco. EU TINHA DRIBLADO A MALDIÇÃO DA INTERNET (perguntem a Bells), EU TAVA COMO?


E mesmo com todos os problemas em relação a internet (estou faz 40 minutos tentando escrever aqui porque a internet tá caindo e voltando) a primeira parte tinha ido, agora era assistir a premiação e, sofrer e cantar as emoções desse evento. 

Combinei de assistir ao Oscar na casa de uma amiga com a Bells e a Carol, eis que estavamos lá, tínhamos as comidinhas no esquema, e a emoção lá em cima. A cada pessoa que chegava no tapete vermelho as reações eram as melhores, mas nada vai superar a aparação do Lin-Manuel Miranda e Carol vindo do banheiro correndo enrolada na toalha, e mais tarde naquela noite todas nós cantando juntas as músicas de Moana. Tá, ao longo daquela noite.

Não vou ficar me estendendo demais porque isso aqui vai ficar enorme, só vou dizer que OS TURISTAS ENTRANDO NO TEATRO FORAM UMA DAS COISAS MAIS ENGRAÇADAS DO OSCAR.



ELES MANDANDO TWEETS PARA O TRUMP, HARRY POTTER GANHANDO O PRIMEIRO OSCAR NESSES ANOS TODOS, OS MEMES MARAVILHOSOS* E AQUELE FINAL, MAIOR PLOWT TWIST DA HISTÓRIA, nem mil palavras seriam suficientes para ilustrar esse final, mas dizem que uma imagem vale mais de mil palavras e essa é a melhor explicação do que aconteceu no final do Oscar.


Ahhhh, essa aqui também é MARAVILHOSA:



Assim, apesar dos altos e baixos, apesar de eu ter passado a cerimônia putíssima com a injustiça feita à Amy Adams, apesar de eu ainda não entender como o Viggo Mortensen não ganhou, apesar de eu ter ficado indignada que um abusador ganhou um Oscar e ainda uma mulher, mulher essa que luta contra a violência sexual sofrida pelas mulheres ter tido que entregar o Oscar para esse mesmo abusador, e apesar de todos os pesares, eu ainda amo assistir o Oscar. Eu sei que vou passar raiva, mas que no próximo ano estarei firme e forte e toda emocionada vendo tudo de novo.


*eu  acompanhei o Oscar pelo twitter e retweetei os memes tudo, podem olhar lá: https://twitter.com/Tataserenissima


Ps: o resto dos memes foram tirados do grupo no facebook Dias de Cinefilia




É SÓ ISSO....
NÃO TEM MAIS JEITO....
ACABOU.....
MAS ANO QUE VEM TEM MAIS!!!!!! E você, caro leitor? O que achou da cerimônia desse ano? Como reagiu à treta? Achou justas as escolhas da Academia? Conta pra gente!!

TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *