Castello Branco CCAnálise

Review: Rubel no Circo Voador!

12.11.16Valentino Martins


Ontem, 11/11, Rubel encerrou sua turnê de despedida do seu primeiro CD, "Adeus, Pearl", no Circo Voador. Abertura: Mãeana. Clica aqui pra saber mais dessa noite linda!

Mãeana abriu o dia. Diferente do que costumo ver, a cantora fez um show puramente artístico. O cenário, criado por ela mesma, nos começava a introduzir em sua arte: escultura em formato de vagina, cabeça de ET e cajado de bichinho. A apresentação ainda contou com um jogo de lasers e refletores espalhados pelo palco e pelo corpo de Mãeana, dando um ar transcendente. Muito legal, era como se pudéssemos ver o mundo pelos olhos dela.

"Nóis se gostemo e se tornemo amigo, mir música cantemo pros nossos ouvido. Os lás e os bemóis, acordes dissonando em perfeita harmonia...", sob influencia do tropicalismo, Mãeana, com sua voz delicada, deu seu show. A apresentação ainda contou com 3 participações talentosíssimas, como Rubel disse mais tarde no show: "Mãeana é uma força da natureza!". 


Trompete, guitarra, violão, banjo, bateria, acordeão, teclado e baixo acústico. Esse octeto, um ao lado do outro, por si só já era uma entrada um tanto quanto cativante. Quando cada instrumento foi ocupado e a música começou, foi estonteante. 

Como já tinha dito no nosso chamado pro show, Rubel cantou todo o CD, "Cai Por Terra" (Gus Levy), "Tocando em Frente" (Almir Sater) e a incrível "Partilhar". Além de "Necessidade" e "Mantra" ao lado do notável Castello Branco, mas isso falo já já. Eu, sinceramente, não sei por onde começar. Foi certamente um show só de prós.

O público era estranhamente apaixonante. Tinha um grupo na minha frente cheio de amor, felicidade e gratidão. Eles se abraçavam e beijavam o tempo todo. Uma imagem gravada na minha cabeça é quando entre abraços, vi o rosto de um menino: lágrimas desciam dos olhos e tinha um sorriso tão puramente feliz. Era uma sensação de companheirismo, uma sensação de aproveitar a vida porque ela é boa, que caramba! Foi no sentido mais puro da palavra "emocionante". Tem tido tanta notícia ruim que um show desse é revigorante. Valeu, Rubel.

As músicas tocadas foram impecáveis, por mais que Rubel estivesse demasiadamente nervoso, isso não afetou nem um pouco na hora de cantar e fazer o que veio pra fazer. Diversas canções vieram com solos, um ponto que eu achei muito legal, porque o foco não ficou só no vocalista, eles conseguiram dividir a atenção do show, todos do palco eram aclamados. Não era só Rubel com uma bandinha lá, era A Banda. Lindo.

O show começou com "O Velho e O Mar" que instantaneamente estourou o coro cantando "when you awake inside", praticamente todas músicas eram acompanhadas de coro, quando não aos berros em "Quando Bate Aquela Saudade" - teve até bis. Castello Branco entrou no palco e conseguiu deixar o show ainda mais deslumbrante. Os dois fizeram um dueto de "Necessidade" do Castello e "Mantra" do Rubel. Essa combinação caiu como uma luva, foi uma avalanche de bons sentimentos. 


Rubel, Gus Levy, Antonio Guerra, Bubu, Pablo Arruda e Pedro Fonte, obrigado por partilhar a vida boa com a gente!

Valeu, Pearl. Adeus, Pearl!

Castello Branco. Confesso que não o conhecia, mas também confesso que o seu CD está no eterno repeat. Assim como prometi o PQGM de Lucy Rose, prometo uma #NotasBrasileiras dele. Tá bem? Então tá bem.

TAGS: , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

  1. MAGNÍFICO!
    Pelas suas belas descrições desses indescritíveis shows eu tive a oportunidade de conhecer de perto o que você tanto diz por aqui pelo CC.
    Melhor impossível. Traz tanto sentimento, tantas emoções, que mesmo com muita coisa atrapalhando, essas coisas lindas não passam despercebidas. E é isso que você traz nos seus posts, sentimentos que as vezes nem quem sente consegue descrever.

    O show foi tudo isso de bom que você disse + as coisas que não conseguimos dizer.
    Foquemos no que é bom. A vida é isso, ser feliz é isso: é focar no melhor.
    Amei, me fez pensar, quero mais disso, curti, achei interessantíssimo e <3 <3 <3.

    Kissus.



    "VIVEEERRR, GERA NECESSIDADE. E AIII, CHEGA QUE ME CONFUNDOOO TOOODO.
    AMAAR, GERA PROPRIEDADE, DAÍ JÁ NÃO É MAIS AQUELE AMOR QUE VEMMM, VAII, VEMM, VAII, VEMMM, VAAIII, CHEIO DE SI."

    ResponderExcluir
  2. E esse fotógrafo maravilhoso?
    A fotos lindíssimas, sempre esqueço de dizer.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *