Album review Better Than That

Froot, novo álbum da Marina & The Diamonds, é uma surpresa

15.3.15Conversa Cult



Uma surpresa no sentido de que eu achava que seria uma merda e, olha só, não foi. Foi muito bom.

Tá, isso é um pouco de exagero, é claro que eu tava esperando algo novo dela, porque eu gostei muuuito do segundo álbum (apesar de que não lembro de nenhuma música, acabei de colocar na playlist pra lembrar) (opa, já fiz até post indicando a Marina). Só que quando saiu a música-título, "Froot" (não escute), eu nem consegui achar ruim, porque eu ouvi umas 50 vezes sem prestar atenção. Toda vez que colocava a música meu cérebro buscava algo mais interessante pra se preocupar e quando eu ia ver ainda não sabia como era música. Bem, de lá pra cá eu já consegui presar atenção e: que merda. Não consigo ouvir. Não consigo. Dá vontade de sair matando todo mundo ou me suicidar nos primeiros segundos. Porém...

Atualização: Falei que o Electra Heart era o primeiro álbum dela, mas é o segundo! Esqueci totalmente do The Family Jewels, que eu não gostei muito. ;x Obrigada, @sheiselecctric por me avisar!

A segunda música que eu ouvi foi "Happy" e essa teve o efeito oposto: PARA O MUNDO QUE EU VOU OUVIR ESSA MÚSICA EM LOOPING. Foi a primeira música que me tirou do momento apenas-Taylor-Swift pós-1989. To ouvindo agora e ainda é maravilhosa. Acho que é a música de quando você morre em paz e tá indo pra o paraíso, supondo que exista um paraíso.


Agora, se você não gostou de Happy nem de Froot, a boa notícia é que o álbum em si é outra coisa. Olha a surpresa aí. Tem até slut-shaming.

O que eu mais gostei é que todas as músicas (pausa porque coloquei Primadonna do segundo cd E ESSA MÚSICA É MARAVILHOSA. ABANDONA TUDO E VAI DANÇAR -N) (mas tá explicado por que eu gosto da Marina). Voltando... O que eu mais gostei nas músicas do Froot é banda. Pegue Blue, por exemplo, que tem uma bateria mais limpa em vez de uma batida eletrônica. Me faz lembrar uma versão viajada da Katy Perry de One of The Boys. Ouvir o Froot ao vivo com uma banda deve ser INCRÍVEL.

Já pode dar play e ouvindo o álbum Froot inteiro no 8tracks e lembre de seguir o CC lá!


Eu tenho um vídeo maravilhoso do meu irmão, provando que dá pra cantar I'm A Ruin com as melhores caras e bocas. YEAH YEAH AAAHAM UHUUU YEAAAH.

E é isso, essa foi a surpresa pra mim. As músicas da Marina têm essa pegada viajada meio dorgas que a voz dela garante, mas as músicas estão trabalhadas em uma camada rock mais simplista que dão um tom natural às músicas. Eu gostei muito. Acho que o Froot é o álbum da Charli XCX que eu tava esperando e não veio (o que veio foi uma coisa eletrônica genérica que eu ainda não consegui ouvir direito)

E, olha só, Mariana and The Diamonds e Charli XCX em Just Desserts. Alguém sabe de onde é essa música? Parece trilha de Faking It


E acabei de descobrir que a Marina tem umas músicas de graça pra baixar no soundcloud. Acabei de ouvir E.V.O.L. e é muito boa.

Por isso mesmo to fazendo post: escute. Escute Froot porque você pode se surpreender, ainda mais que Happy e Froot são duas músicas que não representam muito o que vem dentro.

Antes de ir só quero comentar sobre o  slut-shaming em Better Than That. Um trecho:

"Eu não estou julgando a vida sexual dela
Eu estou julgando o modo como ela sempre enfia a faca" 

Da música que começa com:

"Você é apenas mais um em uma longa linhagem de homens com a qual ela transou" (tradução do vagalume)

A Marina poderia fazer essa música de modo que criticasse o fato dela descartar os homens sem dar valor a como eles se sentem, que é o que eu acredito que ela quer fazer, mas não é o que acontece. E só dela precisar afirmar isso na música, é um exemplo do problema.

(Marina não é nenhum monstro e ninguém vai jogar essa música na fogueira, gente. Eu gosto dessa música, só to mostrando que reforçou o slut-shaming) 

Em outras notícias, ouvi novamente o Electra Heart (álbum anterior da Mariana and The Diamonds) e diria que o Froot é uma versão menos poderosa-dançante, ou menos electra. O Froot é mais na linha da música Hypocrates (que eu adoro e, caramba, tinha esquecido!) (OMG EU FUI VER MEU POST ANTIGO E CITO JUSTAMENTE ESSA MÚSICA) (3 ANOS DEPOIS E O AMOR É O MESMO)  Escute Hypocrates aqui

Tradução bem feita da música no vagalume
E só pra jogar na minha cara, Mariana and The Diamonds tem uma música chamada "Sex Yeah" e a letra é assim:

"Questione o que a TV te diz
Questione o que um popstar te vende
Questione mãe e questione  pai
Questione bom e questione mau
(...)
Se mulheres fossem religiosamente reconhecidas sexualmente nós não sentiríamos a necessidade de mostrar nossas bundas, é para se sentir livre"

Enfim, to muito feliz com essas músicas todas.

Obrigada pelo novo álbum, Mariana and The Diamonds.

Escute o Froot no 8tracks.

-dana martins


Escute The Weeknd

TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *