as crônicas de gelo e fogo George RR Martin

O que eu aprendi com As Crônicas de gelo e Fogo

7.10.14Pâmela F.


As Crônicas de Gelo e Fogo é uma saga que está na boca do povo, cada um toma um partido dentro da própria história, é recheadas de polêmicas... ou seja: é uma caixinha de surpresas fantásticas que saiu da cabeça do ilustre George R.R. Martin. Eu já conhecia os livros dessas andadas de Internet, mas vou confessar que a vontade de realmente me aprofundar nos livros veio dos depois de assistir a série da HBO. Nesse post, não quero entrar em detalhes nas discrepâncias sobre o que a série ignorou, ou se o livro é melhor do que a adaptação, pois disso o facebook já está cheio. O que eu quero trazer para vocês aqui é tudo o que eu aprendi (e estou aprendendo) com essa saga, e porque eu acho que a leitura dela é tão importante para a sua experiência como leitor. Ah, e sem spoilers :)

Experiência diferenciada
Vamos esclarecer: nessa presente data do post, ainda estou na leitura dos livros. Que a história das Crônicas de gelo e fogo é grandiosa, eu não tenho dúvida. Muito menos de que existam por aí outras sagas que também tenham histórias imponentes (que eu ainda possa não conhecer, por favor me apresentem!). Porém, o que me marcou foi que durante a leitura da Fúria dos Reis, eu tive um insight e pude perceber o quanto essa série estava mudando minha perspectiva como leitora. Parei para analisar a cadeia de acontecimentos da narrativa, o início, meio e fim como um todo (apesar de  continuar esperando o fim, dear George), ou seja, a relação causa e efeito das coisas. São pontos que eu ainda não havia parado para encarar em um livro. Colocando um exemplo, eu lia um livro, compreendia a história, pegava os pontos principais, recolocava o livro na estante e fim. Alguns me marcavam, outros não, nada muito aprofundado. A partir daí então, comecei a refletir que existem obras que não devem ser lidas de forma corrida, mas que devem ser apreciadas, cada leitor no seu próprio compasso, tirando para si cada lição. São coisas na qual eu já tinha ouvido falar, mas que durante as minhas leituras, eu nunca tinha parado para perceber.

Ninguém quer te forçar a nada, George :)

Persistência e ritmo de leitura
Outro ângulo é a força da persistência. Como disse aí em cima, todos tem o seu próprio compasso, porém a leitura é lenta e demorada. Os livro da série são todos divididos pelo ponto de vista de personagens diferentes, mudando a cada capítulo. Como exemplo, temos o Tyrion, a Sansa, a Arya, entre outros. É claro que você vai escolher um favorito (ou já deve até ter um), e ficar esperando ansiosamente para que o capítulo daquela pessoa chegue logo, para saber o que aconteceu com ela. Por um lado, isso pode adiantar a leitura, já que você quer chegar logo lá na frente, porém quando é a vez daquele personagem enjoadinho que você nem dá tanta atenção, a leitura volta a ficar lenta e te deixa no tédio outra vez.
Crie seu ritmo e faça uma promessa!


Com isso tudo, percebi que é importante criar um ritmo de leitura. Se organizar mesmo. Eu juro para vocês que demorei um ano para terminar A Guerra dos Tronos. Sem exagero. Isso se deve mais a saber que o livro era grande, ia demorar... Logo, só encostava na história quando batia a vontade. Quando o acabei, vi que com o próximo isso não poderia acontecer. Ler quando "te dá na telha" é bom, te dá liberdade, mas eu sentia a vontade de me organizar. Então de acordo com o meu dia, aprendi a criar um ritmo de leitura, coisa que até então eu nunca tinha feito.


Espere e abrace o seu insight
No meu caso, passei a perceber essas peculiaridades com a leitura das Crônicas de Gelo e Fogo, e a cada momento a partir daí eu comecei a reparar nisso ainda mais. Acho que cada leitor vai  ter um dia o seu momento de parar para pensar no quanto uma leitura representa para ele, e como está se sentindo perante a ela. Com você pode já ter acontecido. Comigo foi com o George R.R. Martin. Se você ainda não sentiu isso, quem sabe com quem e quando será a sua vez?

Pam Fardin

TAGS: , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *