carol danvers CCFilmes

Guardiões da Galáxia e do meu coração*

6.10.14Dana Martins

*título desse post, ou da próxima música sertaneja do CC

Como eu me senti assistindo: I am Groot!

Quando eu digo que "I am Groot" é como eu me senti, não estou dizendo que o Groot é a principal coisa do filme, o que eu estou dizendo é I am Groot. Quem assistiu o filme sabe o quanto essa frase pode significar, já que é a única coisa que o personagem consegue falar. E é basicamente assim que eu me sinto quanto ao filme: um monte de coisas que só podem ser descritas com a genialidade de um simples I am Groot.

Eu lembro que logo depois de Os Vingadores saiu uma imagem do filme e eu adorei o visual do Star-lord (e esse nome é foda), quando eu fui pesquisar sobre o que era fiquei sabendo de Guardiões da Galáxia e... tristeza. O Star-lord parecia um grande personagem para ser desperdiçado em uma aventura espacial com alienígenas. Isso é algo sobre mim: Não gosto de monstros não-humanoides. Um pedaço de planta? Um guaxinim? Três olhos? Duas cabeças? Formas estranhas? Nããão. Não gosto. Não é o meu tipo de coisa. E apesar de ficção científica ser o meu tipo de coisa, o lado espacial também não é. 

Star-lord na frente! Tipo, um cavaleiro medieval FUTURISTA COM UMA MÁSCARA INCRÍVEL E. bichos estranhos. no espaço. naaah. 

Ou seja, expectativas para o filme: nenhuma.

Lembro até de ver um gif do mini-Groot que o meu irmão me mostrou "Vamos fazer um desse de argila!" e eu "Não, eu não gosto, a gente nem conhece isso."

Não vou mostrar o meu amor por essa coisa estranha extremamente fofinha que eu nem conheço.


Então eu assisti. E agora posso dizer: assisti duas vezes. 

A primeira vez logo no início eu já estava na história, tudo é mostrado de um jeito natural com um clima de anos 80 que ficou legal. Acho genial a cena no início com música tocando, o Star-lord dançando e o título do filme em cima. Isso já bem define o clima para o resto. Mas sobre o que é esse filme?

Em um momento um personagem fala algo tipo "e eu descobri algo heróico dentro de mim" e isso define tanto Guardiões da Galáxia que poderia ser até o subtítulo. O filme é a história de um grupo aleatório de foras da lei no universo que pelo acaso são unidos, precisam lutar juntos e descobrem que podem fazer algo bom a partir disso. É uma evolução bem natural, cheia de sensibilidade e cada um dos personagens do grupo é desenvolvido.

Acho que minha cena preferida do filme inteiro é quando eles se encontram pela primeira vez: um tentando pegar o outro. Divertido e natural. Percebi que já repeti três vezes natural aqui e talvez seja porque essa é a essência do filme. É um filme de super-heróis. Alienígenas. Viajando pela galáxia. Em uma nave espacial. Vivendo aventuras. Enfrentando monstros. Salvando a galáxia. Só que tudo isso é apresentando com muita sensibilidade. 

Esse é o Groot. E ele é incrível. 

Eu pensei que ia ser chato assistir uma segunda vez, só fui porque eu queria muito que meu irmão visse o Groot e me surpreendi. Novamente me distraí com a história: o filme é quase uma sequência de pontos de ação, em cenários diferentes e onde nós conhecemos mais cada personagem. Eu ri de verdade com as mesmas piadas e o cinema inteiro ria junto. Cheguei até a me arrepiar outra vez no mesmo momento!

Aliás, acho que esse é o maior teste em um filme pra mim: se ele me deixa arrepiada, ele é válido. 

Não vou dizer que é meu filme preferido, porque ainda não é. Lembro que quando saí do filme pela primeira vez pensei "tá, é legal, mas não é a última coca-cola da galáxia" e ainda acho isso. Mas na segunda vez eu assisti logo depois de Tartarugas Ninja e a diferença entre os dois filmes é monstruosa. O primeiro é legal, o segundo é um gigante - arte feita por gente grande. 



Filmes não precisam ser o melhor de todos, eles precisam ser muito bem feitos e isso Guardiões da Galáxia é. Ah, e eles conseguem inovar em dois gêneros de filme que já estavam saturados (super-heróis e sci-fi no espaço) E eu já falei da trilha sonora? Porque ela é genial e a música é super importante no filme, to esperando o De olho na trilha sonora sobre o filme da Elilyan.

Agora aqui algumas imagens que eu reuni:

arte conceitual

arte conceitual 2 - só de ver isso me dá vontade de escrever!!!

imagem da nova temporada de orange is the new black -n






<3

Imagens direto do set de Meninas Malvadas 2

Como um extra, toda vez que falavam Kree no filme meu coração dava um salto e CADÊ A CAROL DANVERS. Inclusive, na segunda vez que eu assisti pude me satisfazer imaginando a Carol chegando e salvando tudo na batalha final (porque sim). E a máscara do Star-lord desaparece igual à dela!!!

-dana martins


 - "Guardiões da Galáxia"
 - Guardians of the Galaxy (2014)
 - Direção: James Gunn
 - Roteiro: James Gunn, Nicole Perlman
 - Elenco: Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Vin Diesel, Bradley Cooper, Lee Pace,  Karen Gillan...
 - Ficção Científica,  Aventura, Ação - 121 min 
 - Nos cinemas brasileiros desde 31 de julho de 2014.


"- ...But now life's given us a chance.
- To do what?
- To give a shit. "




Curiosamente, depois de assistir os personagens menos humanos são os meus preferidos do filme. yay!

Nota final:



TAGS: , , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

4 comentários

  1. Eu não tinha a mínima curiosidade pra assistir esse filme, até agora ( pelos mesmo motivos que vc, não gostei dessa ideia de planta, guaxinim é uma mulher verde esquisita).

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia nada sobre Guardiões da Galáxia. O que fez eu me interessar mesmo foi a trilha sonora. Quando vi o trailer com Hooked on a feeling que fui pesquisar mais. Acabou virando o filme pelo qual eu mais esperei esse ano, e não me decepcionou =D
    Depois que vi foi só amor <3

    ResponderExcluir
  4. AI, ESSE POST, ESSE FILME! Como não tinha visto? <3
    Eu criei interesse pelos trailers e acabei indo num dos primeiros dias porque meu namorado meio que ama o Rocket e tava arrancando os cabelos pra ver. Mas não sabia que ia gostar TANTO assim: virou meu preferido da Marvel (junto com Vingadores e o segundo do Capitão) de cara. Aliás, já leva vantagem sobre Vingadores porque consegue fazer o que ele fez de criar a equipe, e ainda introduzir os personagens (que no outro tiveram no mínimo um filme cada um pra introdução), sem parecer arrastado nem corrido. E meus deuses, como é engraçado. E bonito. E I am Groot.
    Na real, eu acho que esse é o Star Wars da nossa época. Não que Star Wars tenha época, mas não peguei nenhum no cinema (exceto o Episódio I em 3D) porque não conhecia ainda, mesmo com 13 anos quando saiu o Episódio III. Colocando de outro jeito: acho que, se eu tivesse meus 20 anos na época do primeiro Star Wars na década de 70, a sensação seria a mesma que tive nesse. Pronto.

    "Como um extra, toda vez que falavam Kree no filme meu coração dava um salto e CADÊ A CAROL DANVERS." - idem.
    Em outro extra: adoro como o Lee Pace tá em todas. Primeiro o elfo fabuloso, agora o kree do mal. Saudades, Pushing Daisies.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *