3d batman

[Resenha] Os Vingadores, filme

12.5.12Conversa Cult

por Dana Martins


- Filme: "Os Vingadores - The Avengers"
- The Avengers (2012)
- Baseado nos personagens da Marvel
- Direção: Joss Whedon
- Atores: Tom Hiddleston, Robert Downey Jr., Mark Ruffalo, Chris Evans, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Samuel L. Jackson, Clark Gregg, Stellan Skarsgård, Cobie Smulders...
- Ação/Aventura - 12 anos - 143 min.
- Nos cinemas brasileiros a partir de 27 de abril de 2012
OBS: Joss Whedon também é o roteirista



Mini-crítica: 
"Os Vingadores" é um filme de super-heróis que merece a atenção que está tendo. Não se apoia apenas em efeitos especiais e 3D, tipo um Transformers da vida. Consegue criar uma história em que várias tramas se encontram e os personagens evoluem. Utiliza bem os super-heróis dentro da história em vez de criar apenas uma batalha de egos. Ah, e quebra estereótipos de super-heróis e nos mostra um pouco mais do universo da Marvel. Apesar de tornar melhor, os filmes anteriores não são necessários para entender o que se passa ("Homem de Ferro", "Homem de Ferro 2", "Thor" e "Capitão América"). O filme é sobre como os Vingadores se reuniram pela primeira vez por causa de um problema de família.

Quer saber mais? Clique abaixo para conferir a resenha completa.

Eu já tinha dito para todos os lados que eu não acreditava que esse filme fosse dar certo, até conversei sobre isso pelo twitter do CC. Mas não me leve a mal, é porque tinha mesmo muita chance de dar errado. Porém, Joss Whedon, os Vingadores e o Loki mostraram que é possível, sim, fazer um filme do estilo que vale realmente a pena. Veja abaixo por que deu certo e eu gostei. :)

Vou começar mostrando por que o filme tinha tudo para dar errado. Como assim? a) Explosões, ação e superpoderes formam a combinação ideal para fazer aquele filme "nas coxas" só porque um monte de gente vai correr para ver os efeitos especiais. b) 3D (aka diferencial para fazer as pessoas irem assistir filmes ruins) c) Um monte de personagens relevantes, o que cria um roteiro complicado de fazer. Você tem que dar atenção a, no mínimo, quatro personagens, mas na realidade ainda tem o vilão, a Viúva Negra, o Arqueiro, o Nick Fury... d) a comédia, também conhecida com o escape para filmes ruins agradarem e) a certa "decadência" dos últimos filmes de prepação. O Homem de Ferro foi ótimo, Thor foi legal e Capitão América não foi tudo aquilo... (e o Hulk nem teve, né? Apesar do Homem de Ferro aparecer no final "O Incrível Hulk" com o Edward Norton)

"Os Vingadores" poderia ser aquele filme vazio que faz sucesso pela modinha ou efeitos especiais. Ou poderia ser um grande filme.

O que eu encontrei no cinema foi um filme com uma trama bem desenvolvida e com evolução dos personagens, além das cenas de ação, a comédia e o fan service. Mas eu realmente não tenho nada contra ser pop, se tiver alguma coisa interessante por trás.

A história que, a príncipio, eu pensei que seria apenas "vamos no reunir e acabar com o vilão em uma luta que destrói toda a cidade" acabou se transformando em algo mais quando entra o questionamento: o que estamos defendendo? O filme mostra o amadurecimento na ideia de herói que não é mais aquele mocinho exemplar que obedece às ordens sem questionar (até o Capitão América, apesar dele ter uma cabeça dura dos diabos). Além disso, ainda traz o vilão (que, como o Tom Hiddleston* mesmo disse, está mais para um anti-herói) para perto que fica quase tão presente quanto os Vingadores. Então, durante o filme, você fica tentando entender por que o Loki está ali (linha 1), o que o governo está planejando (linha 2) e onde está o tal "quadrado azul" que eles estão buscando (linha 3).
*Tom Hiddleston faz o Loki

Mas não acaba aí, não é como se fosse uma história empacotada de uma batalha vilão vs. herói. O filme consegue dar atenção aos personagens a ponto de desenvolver parte da história deles, como se fosse realmente "como os Vingadores se uniram". Me lembrou muito aos desenhos animados antigos, que trabalhavam no personagem também além do acontecimento da vez. Temos o Homem de Ferro se descobrindo como herói (linha 4), o Bruce Banner descobrindo que pode controlar o Hulk (linha 5), a Viúva Negra descobrindo que se importa (linha 6) e o Nick Fury se mostrando manipulador (linha 7).

Então, no geral, é um filme que vai além de simplesmente jogar gente famosa no meio de bombas explodindo. Para aqueles que não se importam com a história e gosta dos filmes assim, é um prato cheio. Para quem se preocupa com alguma linha de história, o filme consegue satisfazer. Para quem quer pura diversão e procura um novo vício, o filme é quase ideal.
Quase ideal: "Team" Homem de Ferro, "Team" Capitão América, "Team" Loki... porque as pessoas adoram se dividir e "brigar". Um fundo de romance Viúva Negra com Gavião e Capitão América com Homem de Ferro (roubaram a ideia de Sherlock Holmes?). Na verdade, foi o primeiro filme que criou uma espécie de fã estilo livros YA junto com de séries. 
Para não dizer que foi perfeito... há alguns pontos meio fracos, porque praticamente tudo do filme é construído ali mesmo. A valorização do personagem que faz eles "realmente" se uniram, a indagação que faz o Homem de Ferro se encontrar como herói, a raiz do romance Viúva Negra e Gavião... Então o filme não tem muito tempo para amadurecer as ideias e fica tudo suave. De qualquer forma, perto da quantidade de porcaria que tem por aí e considerando a complexidade da situação, é um grande feito. Fortalecer os diálogos entre os personagens e trazer o vilão para perto foi praticamente genial.

Classificação:
(5/5 conversinhas)


Agora leia uns extras/curiosidades para o filme que eu quis comentar e juntei durante esses dias: 

ESTILO DE COMBATE

O Capitão América e o Thor não tiveram uma evolução, mas não significa que não tivessem recebido certa atenção. Na verdade, todos os personagens ali tinham uma personalidade própria e marcante. No filme "Across de Universe" o personagem do Jim Sturgess diz algo que eu nunca esqueço, "você não é o que você faz, é como você faz". Isso, mais do que nunca, é mostrado no filme. Na hora da batalha, na hora de resolver um problema, na hora de conversar...

Só porque eu gostei muito disso, vou dar alguns exemplos. O meu preferido é a Viúva Negra, que teria como estilo "usar a força do inimigo contra ele mesmo". O que ela está fazendo no início? Roubando um segredo justamente para usar contra. O que ela faz na conversa com o Loki? Ah, e quando está lutando? O maior caos na rua, alienígenas aparecendo, Capitão América com escudinho pra um lado, Hulk esmagando tudo para o outro... e você repara que ela está no fundo lutando contra os alienígenas com uma arma deles. Depois, ela acaba usando aquele veículo deles. E ainda tem mais dela, mas não vamos começar a contar spoiler, né?

O Capitão América é outro que deixa isso claro. Ele chega na luta e começa a dar comandos e proteger as pessoas (a "arma" dele é o que mesmo?). Depois da briga com o Tony Stark quando eles têm que correr, repara que ele sai pelo corredor com braço por cima do Tony Stark para protegê-lo. Ou, o meu preferido, quando o Bruce Banner e o Tony Stark mostram pra ele que tem algo estranho no governo e ele entra em conflito por estar acostumado a seguir ordens sem questionar. Porém, em vez de ficar parado, ele usa a própria força e vai lá invadir o lugar atrás de informações. Enquanto o Bruce e o Tony fazem isso invadindo o banco de dados. Cada um com o seu estilo.

Posso falar do Hulk também? Eu adorei a forma como eles fizeram ele ser isso de "força pura". Quando o Loki começa a conversar, na maioria dos casos haveria tempo para um discurso e troca de farpas verbais. Mas não é como se o Hulk parasse para conversar e isso levou a uma das cenas mais épicas do filme.

Ah, e para vocês verem que nada passa em branco: você consegue tirar alguns traços interessantes de personalidade até da agente da S.H.I.E.L.D. que ajuda o Nick Fury.

Vocês repararam nisso? O que mais perceberam? :)


Os Vingadores vs. Batman

Essa é uma questão que tem sido muito comentada e é até natural pensar: depois do feito com o Coringa, como é que um filme de super-herói vai conseguir ir além? Batman criou um estilo, elevou o nível dos filmes "de criança". Poderia "Os Vingadores" e seu sucesso na bilheteria enfrentá-lo?

"Os Vingadores" também criou um estilo, mas um estilo diferente. Enquanto Batman veste uma roupagem adulta e sombria, como que um ar de "elite"; "Os Vingadores" cria um clima mais moderno e amigável, como que o filme da "galera". De certo modo, a comédia garante um público maior, mas atrapalha na hora de tornar um símbolo levado a sério.

A resposta mesmo dessa discussão, eu passo para o Joss Whedon, que falou a verdade: isso não é uma competição. Veja aqui a resposta inteira, vale a pena.

"Os Vingadores" em IMAX e 3D, vale?

O filme não é nenhum "Avatar" ou "A Invenção de Hugo Cabret" em que você vai perder parte do filme se não ver em 3D, mas ainda tem um 3D acima da média que até faz valer a pena assistir nessa versão.

Quanto à IMAX, só não digo que é obrigatório porque eu sei que não é fácil encontrar uma sala desse tipo no mundo (sim, nem lá fora é tão fácil assim) e principalmente no Brasil. De qualquer forma, se você puder ir não perca a chance de assistir "Os Vingadores" no IMAX, ele é um dos que vale a pena. A diferença é tipo assistir o filme no celular (cinema comum) para uma televisão gigante com um home theater bom (o IMAX), não dá para negar o diferencial do IMAX. Essa defesa toda é porque muita gente que pode assistir em IMAX deixa de fazer isso por causa do preço  e não sabe o que está perdendo (comer o sorvete do McDonalds na saída ou a pipoca é tão mais importante assim do que o filme de qualidade boa?).

os óculos do IMAX do ny são quase iguais... 

TAGS: , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

4 comentários

  1. Caramba, parabéns pela crítica. FICOU EXCELENTE. Eu assisti "The Avengers" ontem e concordo com tudo em relação ao que você disse.
    A viúva negra na primeira cena do filme foi fantástica, a forma como enganou e lutou com os caras... Ela pode não ser forte de força, mas, é bastante inteligente. E sem ela, e sem qualquer outra personagem, os vingadores não teriam chegado onde chegaram.
    AND CARA, a cena do Hulk foi épica demais na hora que o Loki vai fazer um discurso. Foi uma cena digna de aplausos... Hulk foi perfeito durante todo o filme.
    E cara, sei lá, eu realmente não tenho o que reclamar... foi peeeeeeerfeito!
    Enfim, parabéns mesmo pela resenha! Ficou divina, merece ;3

    ResponderExcluir
  2. Bem, como eu já assisti ao filme, também posso opinar :D
    Concordo com praticamente TUDO o que foi colocado aí. Um filme que poderia ter sido um fracasso porque, com tantas "estrelas" juntas, dar a atenção e desenvolvimento devido a cada uma não é uma tarefa fácil. Tudo está bem medidinho, sem exagero: a ação, o drama, a comédia, os efeitos especiais (sem exageros, adoro isso), o filme está, como podemos dizer: redondo!

    Acredito que as comparações com Batman sejam inevitáveis, mas há de se concordar que o último é um filme que foca apenas em UM personagem, e que, querendo ou não, revolucionou essa maneira de abordar os super-heróis. O sucesso de um jamais vai gerar qualquer dúvida quanto aos méritos do outro.

    No mais, é o tipo de filme que vai além de uma Sessão da Tarde, tem uma qualidade imensa e cumpriu bem a sua proposta. Como você mencionou, tinha quase tudo para ser um fracasso, mas acabou surpreendendo todo mundo. Gostei!!

    Beeeeeeeeijo :D

    ResponderExcluir
  3. Oi (: (olha eu comentando as resenhas antigas... disfarça)

    Eu assisti Os Vingadores assim que foi lançado e saí do cinema vibrando ♥ O filme é INCRÍVEL, fiquei pulando na cadeira em vários momentos e me empolguei tipo... demais.
    O único defeito mesmo foi, como você disse, essa coisa da história dos personagens e outras ideias do filme ficarem meio suaves... mas dá pra relevar, considerando que haviam seis personagens principais e precisavam falar um pouquinho de todos. Não achei que isso fez o filme ficar ruim.

    Enfim... filme incrível *o* com certeza vou assistir VÁAAAAAAARIAS vezes depois que sair em DVD :* dkjgfkjsdg

    Abraços (:

    ResponderExcluir
  4. É. Até ver o primeiro trailer eu estava com o pé atras quanto ao filme tbm, achava que as chances de dar certo seriam baixas. E de repente fui surpreendido. Hehe.

    E adorei eles justificarem o nome do grupo, o pq de se chamerem "Vingadores".

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM