CCSexta crianças

Natal das crianças

20.12.13Elilyan Andrade


24 de dezembro. Olhos atentos observam as luzes piscando na árvore de natal. Pezinhos inquietos correm para verificar, mais uma vez, se a meia está pendurada. A carta foi escrita com giz de cera e há muito enviada para o Bom Velhinho. Não come chester (não gosta do sabor), mas devora panetone deixando migalhas no vestido. Recebe beijos melados de tias, abraços de tios e brinca com os primos e vizinhos. Corre mais uma vez para verificar a árvore com suas luzes piscantes e a meia. Ela ainda está lá. Vazia. Ele ainda não veio. Quase meia-noite. Segura firme a mão da mamãe e vai à pé para a igreja orar pelo Menino Jesus. Jesus é tão fofinho. Pobrezinho nasceu numa manjedoura. Será que Papai Noel irá deixar presentes para o Menino Jesus? Deveria ter pendurada uma meia para o Menino Jesus. Volta da igreja e verifica, mais uma vez, a árvore e a meia. Vazia. Hora de dormir. Mamãe diz que se eu for uma boa menina e não der trabalho amanhã pode ser que eu tenha uma boa surpresa deixada pelo Papai Noel
25 de dezembro. Corre para a árvore. As luzes não estão mais acesas, mas ainda é uma árvore bonita. Verifica a meia. Vazia. Mas embaixo dela Papai Noel deixou uma lembrança. Um presente. *.* Um sorriso e um brilho especial nos olhos de uma criança. 

Eu poderia terminar essa CCSexta com o texto acima que foi inspirado em minhas lembranças infantis, mas o Natal das crianças é muito mais, muito mais mágico. E depende de nós adultos para que a magia continue a brilhar.

Assim como a Isabelle e a Dana eu amava o natal quando era criança, mas o tempo foi passando e a magia acabou como as luzes de um pisca-pisca quebrado. TRÁGICO! Mas como diz o Justin Timberlake: “what goes around...comes around”, e nós últimos 3 anos descobri que o que torna o natal mágico não são os presentes, a comida, a decoração ou o encontro com os familiares. O que torna o natal mágico são as crianças. BOOM! É isso mesmo, simples assim, crianças são essenciais para o natal. Sem elas a decoração parece ainda mais falsa, a alegria e harmonia familiar mais forçada e a comida não é tão saborosa. Crianças são o verdadeiro espírito de natal.


Hobbits = crianças, ou não?

Ok que é um saco ter crianças correndo, chorando, gritando e pulando pela casa toda, mas ao mesmo tempo uma ceia sem crianças é silenciosa e muitas vezes sem alegria. O natal é sobre o nascimento de uma criança, ou seja, nada mais é que uma grande festa de aniversário e não existe melhor tipo de festa como aniversário infantil. É uma confusão só, mas também é super divertido.


Eu sou um ajudante do Papai Noel :)
Mas se o natal é uma festa de crianças o que sobra para nós “adultos”? Crianças possuem em essência a fé necessária para acreditar no impossível e por isso elas são responsáveis em tornar adultos em ajudantes de Papai Noel e mensageiros de boas novas. Quando você ajuda a um pequenino a escrever a cartinha para o Papai Noel, ou compra um presente para uma criança carente ou até deixa aquele seu priminho chato colocar a estrela na ponta da árvore sua fé na magia do natal é renovada. Falo por experiência própria. Pequenas atitudes podem restaurar o espírito de natal.


Deixai vir a mim os pequeninos”, disse o Menino Jesus algum tempo atrás e minha sugestão é que você siga esse ensinamento. Deixe os pequeninos invadirem seu natal. 



TAGS: , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM