assexual assexualidade

A solidão assexual

18.8.18Isabelle Fernandes


Ultimamente a assexualidade tem aos poucos começado a sair do limbo da internet, seja através de pessoas assexuais criando posts e páginas, reportagens, grupos em redes sociais ou mesmo de personagens assumidamente assexuais. Com isso passei a achar que enfim a minha identidade deixaria de ser uma ""coisa de tumblr"" (muitas aspas pois ARGH), mas fora da internet a gente ainda tem muitos problemas.

E pra mim um deles é ser uma assexual alorromântica - ou seja, que se atrai romanticamente. O que fazer quando você tem interesse em relacionamentos amorosos se a maior parte das pessoas que você conhece são alossexuais e veem atração sexual e amor como coisas indistinguíveis?  Ou que consideram a frequência sexual parte importante de um relacionamento?

Sinceramente, eu não faço ideia.

Já começa pela eterna dúvida de um ace: investir só em outros aces ou em pessoas alo também. Muitos podem pensar que a primeira opção seria o melhor, já que haveria uma maior compatibilidade, digamos assim. Só que né, pra isso é preciso achar uma pessoa assexual que se interesse romanticamente pelo seu gênero e que ainda por cima esteja SOLTEIRA (caso se trate de pessoas monogâmicas) e interessada em relacionamento também. Isso é tipo loteria, minha gente AHAHAHAHAHA.

Como é mais fácil conhecer e encontrar pessoas alossexuais, as chances de acabar se envolvendo romanticamente com elas é bem maior. E aí entra a primeira dificuldade: contar ou não contar sobre ser assexual? A opinião geral é que a verdade é sempre a melhor coisa, mas isso envolver ter que EXPLICAR do que se trata a assexualidade, já que por mais que esteja ganhando visibilidade, ainda é algo inexistente pra maioria das pessoas. E isso envolve responder a todo tipo de pergunta, como por exemplo "....mas então você não gosta de sexo?", "você se masturba?" e por aí vai. A conversa deixa de ser um papo agradável pra se conhecer e se transforma num interrogatório clínico sobre a existência ou não dos seus hábitos sexuais.

"Nossa, é tão diferente!! Não consigo imaginar isso!!"
"Em comparação a você eu estou no extremo oposto, sou muito sexual!!"
"Ai mas eu tenho TANTA libido!!"
"Meu deus, sexo é muito importante pra mim!!"



Isso quando não começam a falar sobre o quanto são MÁQUINAS DO SEXO VORAZES QUE PRECISAM TRANSAR 3X POR DIA ou coisa do tipo. Sério, parece que a simples menção à assexualidade motiva algumas pessoas a discorrerem sobre sua vida sexual intensa, porém, há coisas piores. Um amigo ace já teve que ouvir de um possível contato que ele tinha ACABADO de conhecer que a assexualidade simplesmente não existia, que não havia provas científicas disso. Ele ganhou toda uma explicação médica/científica sobre o quanto a sexualidade dele é INEXISTENTE. Delícia, né?

Agora, e se a pessoa ace em questão não é lá muito chegada a um contato mais íntimo, como beijos? Aparentemente é via de regra dar pelo menos umas bitocas no primeiro encontro e mesmo se não rolar, já se pressupõe que em ALGUM MOMENTO oportuno há de acontecer. Se você recusa, pode ser interpretado como uma rejeição, desinteresse. Se aceita, é obrigado a lidar consigo mesmo fazendo algo que não gosta ou só não acha graça mesmo. E essa é só uma das "incompatibilidades" que podem acontecer, já que o espectro ace é bem diverso.

Hoje eu entendo isso HAHAHAH

Tudo isso que eu falei até agora é como se fosse um atestado do quanto ser assexual é algo anormal, estranho, diferente. Um lembrete do quanto eu sou estranha, anormal, diferente. Afinal de contas, são coisas tão normais pra todo mundo, tão esperadas! Por que comigo não é assim?

Encontrar um Mozão já é uma tarefa difícil pra muitos alossexuais, mas é ainda mais pros aces. E não é um discurso de Você Não Precisa de Alguém pra Ser Feliz que vai ajudar, já que muitos de nós passamos a vida vendo as pessoas alo terem seus contatinhos, namoros e enfim o casamento, construindo família, pra no final do dia deitar a cabeça no travesseiro e pensar que a tendência é que a solidão fique cada vez mais próxima. Não conseguir se relacionar como "todo mundo" tem o seu preço.


TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

6 comentários

  1. Será q vc pode indicar esses "posts e páginas, reportagens, grupos em redes sociais e personagens assumidamente assexuais" ?? por favor. tbm sou ace, mas to vivendo num turbilhão, ainda estou na fase de entender melhor e buscar referências.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, aqui no cc mesmo já tem uma PENCA de posts sobre assexualidade, é só procurar pela tag que aparece nesse HAHAHAHHAAH. Sobre os grupos, tem no fb Assexuais e seus subgrupos por estado. Também tem a página Assexual Orelhudo que sempre posta reflexões e coisas bem informativas sobre assexualidade e arromantismo. Também tem o fórum brasileiro: http://assexualidade.forumeiros.com/

      Sobre personagens assumidos, só sei de dois: Junghead, dos quadrinhos de Riverdale (na série basicamente apagaram isso) e um personagem de BoJack Horseman, só não sei como que isso se deu e tals, só que a galera ficou empolgada xD

      E se precisar de alguém pra conversar, só me procurar que tô à disposição por aqui <3

      Excluir
  2. Vc não imagina como é bom ler estes textos. Apesar de não mudar mt coisa, faz a gente se sentir menos só. Sem contar que mt do que sei sobre mim hoje, foi graças aos seus textos.
    Passo exatamente por esses problemas. Me atraio romanticamente pelas pessoas, mas existe um ponto que não consigo ultrapassar. Isso é tão absolutamente frustrante. Se sentir só o tempo todo, e ter que abrir mão de qualquer possibilidade, por já saber como vai terminar. Pra piorar vivo num lugar que desconhece totalmente a assexualidade. As pessoas sempre me julgam errado, e simplesmente não dá pra explicar sobre ser assexual pra qualquer pessoa pq a grande maioria não acredita que seja possível.
    Enfim. Tô mt na merda, especialmente pq n me conformo em ser assim. Mas obrigada por escrever sobre esse assunto. Obrigada por se abrir e compartilhar tudo isso . Esse blog é mt foda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico TÃO feliz em ler isso!

      Me motiva a continuar escrevendo e quem sabe fazer mais do que isso. Talvez daqui a não muito tempo a assexualidade seja tão conhecida quanto as outras orientações e a gente se sinta menos só nesse mundão alo.

      Muito obrigada <3

      Excluir
  3. Sou assexual e também sofro com isso. Gostaria de me relacionar com um cara assexual, por achar que o relacionamento seria mais compatível, mas onde é que se acha assexuais? Eu mesma não saio por aí dizendo que sou, então né.
    Nem nas fantasias românticas que eu invento na minha cabeça eu consigo viver um grande amor por ser assexual, e aquilo tá acontecendo NA MINHA CABEÇA onde eu posso imaginar o que quiser.
    Enfim, sabe aquela coisa de querer ser igual todo mundo? Às vezes eu queria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu sugeri pro anônimo lá em cima, tem os grupos regionais no facebook. Não é fácil, mas pelo menos você tem um lugar onde procurar! Assim como o fórum ace (link ali em cima também).

      E eu super te entendo. Às vezes eu também queria :/

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM