CCSéries Dana Martins

Dramaworld

11.7.18Dana Martins


Sabe aquelas vezes que você tá rolando pela página do Netflix procurando algo novo e leve pra se distrair, mas não sabe o quê? Foi assim que eu descobri Dramaworld.

O que me chamou atenção foi a capa: a atriz Liv Hewson no meio de dois outros atores, recebendo um beijo de cada na bochecha. É uma capa ótima pra uma história de uma personagem bissexual, mas esse não é o ponto, o ponto é que eu já tava com vontade de assistir algo com a Liv Hewson e, apesar de aparecer aquelas séries trash de produção barata, duas outras coisas me fizeram apertar play: 1) É sobre uma garota fã de k-drama (série coreana) com personagens coreanos, o que me deixou curiosa e 2) os episódios tinham tipo 10 minutos. 

atualizando pra dizer que anunciaram que vão fazer uma segunda temporada,
agora com episódios de um tempo mais padrão!

E Dramaworld foi uma surpresa agradável. O tipo de comédia leve com romance e cultura nerd que é perfeito pra aquela noitezinha que você só quer se enrolar nos cobertores e se divertir (sem ser atacado por machismo, racismo, 9238 merdas). E, pra completar, o conceito da história é melhor ainda: a protagonista, Claire, é viciada em k-dramas, assiste o tempo inteiro, e aí em um dia ela acaba indo parar magicamente dentro de um desses dramas como uma "facilitadora", alguém que fica no fundo garantindo que toda a história aconteça de acordo com o Livro de Regras dos K-Dramas - e se até o último episódio os protagonistas não têm seu final feliz, o dramaworld acaba e a série deixa de existir no mundo real!!!

Em outras palavras, é como se a Claire tivesse vivendo dentro da fanfic* dela, mas coisas começam a dar errado e ela tem que fazer de tudo pra fazer o ship dela acontecer. Em um momento até fala que quando a série acaba, começa outra com os mesmos atores nos mesmos tipos de papel (Protagonista Homem, Protagonista Mulher), mas em outro cenário tipo de época com guerreiros ou na escola. Ou seja, é basicamente como universos alternativos de fanfic que a gente fica vendo os mesmos personagens se apaixonarem em 29832982 tipos de história. 


*se você não sabe o que é fanfic ou ship, tudo bem também! não perde nada porque eles nem falam disso no filme. é só alguém dentro da série preferida 

Tu não precisa nem gostar de k-drama ou coisas coreanas, porque eu mesma nunca assisti nada e adorei. No máximo, a gente deve perder referências e brincadeiras com clichês típicos de k-dramas, mas mesmo sem isso, dá pra se divertir porque eles zoam um monte de clichês e tropes de histórias de romance no geral. 

Isso me lembrou também às antigas fics de McFly, que você colocava seu nome antes e aí o texto saía com o seu nome no lugar da protagonista e era uma história sua com o cara. 

E acho que a série é isso: altos e baixos da garota tentando fazer o ship ficar junto até o final da temporada pra salvar o Dramaworld, com momentos de romance e comédia fofinhos, mas também umas zoações sobre séries/filmes porque a garota tá dentro de uma história e comentando o que acontece. Os atores também são muito legais. Só me fez querer ver mais coisas com a Liv Hewson, mas também adorei o Sean Dulake e todo resto. Queria assistir mais histórias com todo mundo.

Um comentário extra, que já é spoiler (então atenção! não leia se não quiser spoiler!) é que eu gosto como eles mostram o outro garoto que tá lá como vilão, querendo ser o protagonista e achando que a protagonista tem que ficar com ele a todo custo. É muito esses garotos que acham que a história tem que servir a eles de qualquer jeito.


TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM