CCFilmes crítica

Vingadores: Guerra Infinita, uma crítica (COM SPOILERS)

3.5.18João Paulo Albuquerque


Como já fiz minha crítica sem spoilers, que você pode conferir aqui, eu quis fazer uma com spoilers, aproveitando para falar da minha visão e interpretação de algumas coisas (em especial subtexto), então caso você já tenha visto o filme ou seja louco de ver spoiler antes de assistir, partiu. (boa parte das coisas não vão estar em ordem de transmissão do filme ODKS)

Foram muitas coisas, todas ótimas (por mais destruidoras que fossem) e numa conversa com uma amiga, consegui juntar tudo o que eu pensei sobre o filme e trouxe para cá em forma de texto. E se você já leu o texto sem spoilers, sabe o quanto eu amei cada pedaço desse filme e como foram as melhores 2 horas e 36 minutos da minha vida, então (apesar de tentar não o fazer muito), eu surto bastante nesse texto (ao mesmo tempo que mostro que sou péssimo com manter as coisas na ordem de que assisti DOKSDOSKD).

O amor que eu sinto por esse filme é o amor que eu sinto por esse gif e que sinto deste gif

Focando: O que eu mais gostei desse filme é a ideia que "às vezes há coisas que sacrificamos pelo bem maior", em geral é o que amamos. E às vemos sim, dá para achar outro caminho, mas nem sempre. O que me deixou incrivelmente derrubado, interligado nisso de sacrifícios, é com o Doutor abrindo mão da jóia do tempo, não só salvando a vida do Stark, como mostrando que perdendo é a única maneira deles ainda vencerem (ou terem uma chance de).

Meu filho não deveria ter que tomar uma decisão dessas... :'/

Eu fiquei bem triste com todas as mortes, mas em especial a do Loki, Heimdall e a do Peter. Chorei com a morte do Loki, especialmente por todo o desenvolvimento que deram para ele e para o Thor. Meus deuses, a cena do Thor chorando sobre o corpo do Loki foi de derrubar o olho da cara de tanto chorar, eles queriam que eu processasse eles por danos psicológicos e emocionais???!

Outra coisa que gostei (quando falo gostei é porque amei, só tô tentando me manter um pouco imparcial pra não surtar e começar a berrar de alegria [o que falha, como verão]) é que apesar do Capitão América ser super essencial e incrível e eles terem retratado isso, deram um pouco mais de foco nos outros personagens, já que o dano mental e emocional era mais em relação aos outros, não diretamente afetava o Capitão (ignorando que o universo estava em perigo), ou que não afetava TANTO o Steve (levando em consideração os sentimentos feridos/não resolvidos entre ele e Tony).

Steve mostrando que apesar de tudo, ele ainda é um homem quase tão forte quanto Thanos

E apesar de a Viúva Negra também não ter tanto enfoque no caso de danos diretos (situação quase igual a do Steve), ela ainda não só era extremamente essencial, como brilhou tanto quanto os outros, em especial naquela cena maravilhosa de girl power do trio (Viúva, Feiticeira e Okoye) mais foda de todos lutando contra Próxima Meia-Noite (E AQUELA CENA COM O BRUCE DE VOLTA? MEU DEUS AAA)

A Ordem Negra foi definitivamente o foco do meu ranço e ódio. Eu me sentia muito bem vendo eles apanhando e se ferrando. Era definitivamente um nível elevado de alegria.

SHOW HER, STEVE!

Eu amei a relação mais desenvolvida entre o Tony e Peter. Eles são realmente a relação de pai e filho que todo mundo ama. E ver aquele desfecho para o Peter nesse filme foi de quebrar o coração, ele desesperado por não querer morrer, abraçando o Stark, pedindo a ajuda dele, foi um tiro que me deixou muito incapacitado de digerir na hora a situação da atual conjuntura. E acho que Tom merece um Oscar por ter improvisado aquela cena. (adendo para falar sobre o novo traje FODÁSTICO do Homem-Aranha:)


E nada melhor que Doutor e Homem de Ferro juntos, cheios de tiradas sarcásticas e engraçadinhas um com o outro. Além de serem aquelas típicas pessoas que você pensa "dois gênios juntos, eu tô muito encantado".


Apesar de eu achar desnecessário o ciúmes do Star Lord (mas um desnecessário do Quill mesmo porque faz parte do personagem), ainda adorei que foi utilizado de alívio cômico. E MANO, O DRAX FALANDO QUE O THOR É UM "ELE É UM HOMEM. UM HOMEM LINDO E MUSCULOSO" FOI O QUE EU PRECISAVA PARA ESSE ANO SER INCRÍVEL! E sério, Groot adolescente me fez ficar sorrindo como idiota, me identificando (por mais que eu possa negar isso).

A relação da Gamora com a irmã sendo posta a prova, a confiança uma na outra, que hino. Foi algo que realmente te faz questionar se por um momento ela vai abrir mão do segredo de onde está a jóia e contar para o pai adotivo. Nebula é toda revoltada e preparada para a vingança/justiça, mostra que está disposta a ser morta para garantir que o pai morra e pague por tudo que já fez. ÍCONE, SIM!

Infelizmente subestimada

O Thanos foi muito bem desenvolvido também. Ele não é um cara que tem loucura desvairada, ele tem um ponto de vista, ele é mais "humano", o quão humano ele pode ser sendo um titã. E tudo isso fica ainda mais claro com uma visão do seu passado com Gamora. Tendo pontos de vistas claros sobre a vida e o que ele pretende fazer, ele é um vilão que você pode comparar à um deus desses que são "malvados" ou figuras públicas de que muitos não gostam, por razões óbvias, mas que ainda tem muitos seguidores e pessoas que concordam com eles. As pessoas podem não perceber, mas sob tudo isso, todo o desenvolvimento (que é o centro desse filme) do Thanos é uma comparação com a realidade em diversos aspectos, especialmente uma crítica. Seja religioso, seja político, como você bem quiser analisar.


As cenas do Thor com Groot e Rocket são tão, apesar de cômicas, tão profundas. Toda a questão de Thor ter perdido tudo e estar disposto a perder a vida para parar Thanos é textualmente expressa, com ele dizendo que "não tem mais nada a perder". E logo depois de aguentar a luz de uma estrela anã atravessando ele, ele consegue a nova arma, um machado, graças a finalização de Groot.


As cenas cômicas são muito bem feitas, não soam forçadas (porque não são), você ri mesmo, se diverte com elas, e assim como as cenas feitas para serem dramáticas e tristes também te fazem sentir o que os personagens sentem, as cores serviram muito bem de complemento para influenciar em como nos sentimos.

Mandando alguém tomar naquele lugar no estilo Quill

Aquele final? Foi muito imprevisível. Eu realmente não imaginava que a referência feita na metade do filme ia acontecer, dele destruindo o universo, mas pela visão da Gamora, voltando na decisão e indo para o planeta Titan. Não esperava que boa parte dos personagens fossem "morrer" daquela maneira, desaparecendo em névoa como cinzas.


Falando nisso, a parte da morte da Gamora foi uma parte que me deixou muito mal, porque foi uma morte muito cruel. Eu fiquei muito em choque, realmente não esperava por essa (apesar de ser um ritual de que alguma menina morreria, ainda sim foi surpresa). (apesar de que agora eu já não achar que ela continuará morta, após uma puta análise que li, e estou dando graças a Deus porque né, não dá pra perder personagem incrível)

As cenas de luta foram muito bem feitas, seja com seres de CGI como de carne. E aquela em que metade dos Guardiões da Galáxia, Homem de Ferro, Homem Aranha e Doutor Estranho, contra Thanos não só foi muito incrível, como impactante a fúria do Star Lord sabendo que a Gamora foi morta, o que consequentemente acaba comprometendo a chance deles de pegar a "luva" do Thanos.

A luta em Wakanda? Que maravilha foi aquela?!!?! Foi incrível! Eu sentia a tensão, a energia correndo pelas minhas veias, vendo o desenrolar da batalha, assim como seus problemas: Banner sem conseguir invocar o Hulk, vários bichos sinistros (Outriders) forçando entrada na cidade, Bucky voltando a luta, Visão sendo checado e podendo extrair sua jóia pela Shuri, além do arco que momentos antes retratava, o James ignorando as ordens do superior após chamar os "Rebeldes" de volta.

ISSO, PANTERA, ARREBENTA ESSES FODIDOS!

Aquela entrada triunfadamente linda


Isso tudo sem falar sobre o começo de introdução da Terra, que foi muito bem feito!!!! Tony com a agora noiva, Pepper, e então surge o Doutor, me fazendo rir muito com as tiradas. Me recuso a falar sobre o início do filme com aquelas pestes da Ordem matando geral de Asgard e destruindo Thor, com Thanos ameaçando de matar ele se Loki não der sua jóia.


I still feel the freaking pain

E AQUELA CENA PÓS-CRÉDITO? SÉRIO, QUE TIRO BONITO, QUE TIRO DOLOROSO! A CAPITÃ AMÉRICA FOI CONVOCADA PELO FURY ANTES DE DESAPARECER, EU VOU-- TOMBADO FUI

Brie Larson de Capitã Marvel, previsto para Fevereiro de 2019

E daí termina com a frase "Thanos will be back", FALANDO DA PARTE II/CONTINUAÇÃO DE GUERRA INFINITA, AÍ QUE DELÍCIA, CARA...!!!!!!!! ~cai na piscina das próprias lágrimas


Pego deste site, cronologia da primeira aparição das pedras.

Eu não sei como vai ser, quanto tempo vai levar, como vai ser o desfecho desse capítulo do Universo Cinematográfico da Marvel, de Guerra Infinita, mas espero que seja de reviver quem eu quero (todo mundo) e manter contrato com geral (alô alô Chris Evans, Robert Downey Jr. e Chris Hemsworth <3). Até agora o que temos, de previsto para acontecer: Homem-Formiga e a Vespa (previsto para Julho desse ano), Capitã Marvel (como já dito, previsto pra Fevereiro de 2019), Vingadores 4 (aparentemente originalmente conhecido como Guerra Infinita - Parte II, mas mudaram o título [não sei até onde isso procede ou como procede, li isso nesse site], previsto para Maio de 2019, e os irmãos Russo já falaram que esse filme vai ser melhor e maior que Guerra Infinita, além de que o nome já foi escolhido, e que pode facilmente ter, na verdade até ultrapassar, 3 horas de duração), Homem-Aranha 2 (previsto para Julho de 2019), Guardiões da Galáxia vol. 3 (que foi anunciado que se passa após Vingadores 4, mas não há previsão até onde sei) e há mais 10 até 2022 (pode ser que até 2025 na verdade) que estão momentaneamente sem título.

Para não fechar essa parte do texto sem uma expectativa positiva de fato, aqui o que Sabastian Stan liberou recentemente:

"Tem uma cena, acho que todos estão nela. Eu não posso falar muito, mas eu sei que levou três meses para ela ser planejada para que todos estivessem presentes... você olhava ao seu redor e todos estavam lá do Samuel L. Jackson ao Michael Douglas até a Michelle Pfeiffer. Todos lá.” AGORA SURTEMOS ~abaixo um vídeo das declarações dos irmão Russo e teorias para Vingadores 4


Precisava mostrar isso: Essa foto foi uma semana antes de lançar, quando fui ver outro filme em outro shopping, mas eu precisava mostrar QUE ÍCONE DE POSTER, ALGUÉM ME AJUDA QUE EU QUERO UM PARA POR NO MEU QUARTO

Eu preciso finalizar esse texto falando que esse filme é:

Talentoso, brilhante, incrível, maravilhoso, espetacular, excepcional, incomparável, totalmente único.

TAGS: , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. Muito bom filme, eu gostei muito! Acertadamente Thanos (Josh Brolin, do óptimo Filme Homens De Coragem ) é a grande estrela desse filme, tanto que é alardeado de que ele que retornará, não os Vingadores. Ao lado de Killmonger, que sem dúvidas ele é o melhor vilão da Marvel. Thanos é extremamente bem construído e muito bem feito em CGI, suas motivações fazem sentido e trazem um inesperável carisma e humanidade ao vilão. Acreditamos que o que ele faz não é bom, mas é necessário para ELE e entendemos o porquê. Claro que não significa que ficaremos ao lado dele. Não. Ele é um porco genocida e egocêntrico que sai pelo Universo exterminando metade da população dos planetas sendo uma espécie de Deus em uma missão digna, mas é uma ideia de equilíbrio que, de uma maneira ou outra (descontada a sede pelo poder), acaba se tornando compreensível ao conseguirmos identificar perfeitamente a sua motivação traçando um paralelo com o mundo real. Principalmente se formos comparar com os dois filmes que serviram de prelúdio a este, Thor: Ragnarok e Pantera Negra, que introduziram certas ideias de moral torta.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM