abuso abuso sexual

Guia Completo - Deadpool

30.5.18Colaboradores ConversaCult


Vamos falar sobre o mercenário mais tagarela da Marvel? Ele é um dos personagens mais amados ( e odiados) da label e é muito mais tridimensional do que aparenta ser. Vamos passar por todas as fases da vida do personagem, desde sua infância complicada, até a vida adulta como mercenário profissional. 

Muito diferente do que alguns pensam, Wade Wilson não é um personagem tão babaca quanto aparenta ser e na verdade, consegue muitas vezes ser mais bondoso e ter mais empatia do que muitos outros heróis de verdade da Marvel, apesar de se identificar apenas como anti-herói. 



Aviso: Menções à abuso infantil, es*pr* e TW (trigger warning): s*icidio (Wade Wilson foi vítima)


INFÂNCIA


Wade Wilson teve uma infância muito conturbada. Ele era uma criança sem amigos, que sofreu com abuso físico pelo pai (que o batia com tacos de beisebol e sofreu abuso sexual pela mãe). Ao longo dos anos, sua origem foi mudada de acordo com alguns autores, mas em todas as versões, ele foi abusado por seu pai ou por sua mãe. Em outras, a mãe dele foi vítima de câncer, Isso fez com que ele crescesse um jovem com traumas, mas que continuava a ser uma pessoa boa até um certo ponto de sua vida. 

Ainda criança, Wade foi pego usando calcinhas femininas de sua própria mãe e por conta disso foi humilhado por seus colegas. Prestem atenção nos detalhes, porque tudo isso vai fazer parte dele na vida adulta.

JUVENTUDE

Wade tem um juramento pessoal de sempre proteger crianças. Ele as ama inclusive, por isso não importa se ela for má ou boa, ele sempre vai proteger e nunca vai machucar nenhuma delas. Com os anos, o Wade desenvolveu depressão e se tornou delinquente, passando a servir o exército por um tempo e logo depois entrou no ramo de mercenário, para ganhar ainda mais dinheiro, só que nesse meio tempo ele acaba descobrindo que está desenvolvendo câncer.


Assustado com a doença, o Wade achou que sua vida tinha acabado por conta do câncer, mas um dia ele encontra um anúncio que falava sobre um tratamento experimental. Ele achou que seria a solução, se voluntaria para fazer os testes,mas logo que chega, percebe que aquele não é um hospital comum e logo os funcionários começam a agredi-lo até ele desmaiar e o vestem com roupas de paciente para começar a fazer experiências bizarras.


As experiências com a Weapon X nesse hospício (feitas com partículas do Wolverine), acabaram fazendo com que o câncer se espalhasse ainda mais pelo corpo dele. Ele ficou horroroso, sendo que a única coisa que ele se orgulhava antes era ser bonito. Torturaram ele de todas as formas, deixaram ele nu em quartos sozinhos (mesmo quando ele pediu pra eles deixarem ele em paz). As vezes trataram ele com eletrochoques, dizendo que ele merecia aquilo). A mente dele era saudável quando ele chegou lá (apesar da depressão), mas eles torturaram tanto ele que ele acabou acreditando nas palavras dos "médicos", passando a acreditar que realmente tinha um problema de esquizofrenia.

Passada a experiência com o Weapon X e com o Wade desfigurado por conta do câncer em todo seu corpo, porém agora imortal, devido aos genes do Wolverine, ele consegue escapar do "hospital", porém agora não é mais humano, mas também não é um mutante, ele passa a ser um humano mutado.

Ele adota o nome do jogo que fez com que ele matasse todos os outros pacientes de lá do hospício. O nome desse jogo cruel era Dead Pool (traduzido como jogo da morte), onde os funcionários do hospital juntavam os "pacientes" (cobaias) e os faziam lutar até a morte, por mera diversão dos superintendentes da clínica.

Wade até mesmo fez um amigo lá, mas não queria morrer antes de se vingar pelo que fizeram com ele, então resolveu participar do jogo, matando todos que estavam presentes no hospital, incluindo os enfermeiros que o maltrataram.


FASE ADULTA

Antes mesmo de entrar para o experimento da Arma X, Wade, em uma de suas missões como mercenário, conheceu uma mutante shape shifter chamada Vanessa, que possuía o apelido de Copy Cat e trabalhava como garota de programa. Eles se apaixonaram logo que se conheceram e Wade tinha esperanças de dar uma vida melhor para ambos, mas infelizmente o câncer acabou com seus planos, porque ele achava que ia morrer e deixar Vanessa sozinha no mundo, por isso ele tentou afastá-la, disse mentiras sobre seu relacionamento com ela.


Agora já conhecido como Deadpool e desfigurado, ele retorna ao seu antigo trabalho, fazendo o que sabia fazer melhor: matar, principalmente como ex soldado e mercenário. Pra se proteger, ele cria uma nova personalidade, uma hilária pra esconder a depressão.

Apesar de tudo o que aconteceu com Wade, ele ainda foi capaz de amar e amou muita gente. Copycat (Vanessa), Nathan Summers (Cable), Syrin. Um dos seus principais namoros foi com a Carmelita Camacho, uma moça mexicana.

Com ela ele teve uma filha chamada Ellie Camacho. Ele sumiu da vida da Carmelita para protegê-la, mas depois que mataram a jovem mexicana pra chegar à ele, então ele jurou que ficaria longe da Ellie pra nunca arriscar a vida dela também, mas como paizão, ele nunca conseguiu ficar longe, inclusive é muito amado como pai e ama ela mais do que tudo no mundo.

A amizade do Wade com a Ellie é linda, inclusive, ele sempre respeita e respeitou as mulheres a sua volta (pelo menos na fase Marvel Now!). Ele é um homem extremamente submisso quando se trata de mulheres nas HQs, inclusive, mas logo mais falaremos sobre isso.


Ele gosta tanto de crianças, que até mesmo 'adotou' o Evan Saban Nur (Apocalipse de X-Men), vendo como o garoto sofria na infância por ser um mutante.


[TW: Menção de es*pro]

Agora iremos voltar para a parte mais pesada nos relacionamentos do Wade. O primeiro foi bem traumático, porque Typhoid Mary, o es*prou em um momento vulnerável. A Vilã se disfarçou de Terry (a garota que o Wade amava) e se deitou com ele, mas quando ele acordou e viu que não era a Terry, ficou IRADO e assustado.

Isso terá consequências no futuro e no próximo quadro vou explicar. O assunto é muito bem abordado nas HQs, inclusive a gente vê que os resultados não foram positivos, ele não esqueceu nada (o que é extremamente realístico, porque vitimas jamais esquecem).

Neste quadro abaixo, Mary confirma que abusou sexualmente dele de propósito, simplesmente porque podia.

Essa cena a seguir acontece logo depois que ele volta pra casa, desesperado pra se limpar porque ele se sente sujo com o que a Typhoid fez. Isso demonstra que sim que tanto homens quanto mulheres podem passar por isso, mas infelizmente a sociedade machista prega que homens que são vítimas, de fato não são vítimas (muitos dizem que meninos que sofreram com abuso devem se calar, porque foram '""sortudos'"'). Foi muito importante a HQ mostrar que o que aconteceu teve consequências ruins e reais para o personagem.

Quando a Blind Al (mulher que mora com o Wade), pergunta o que houve, ele fala que aconteceu algo permanente, demonstrando que ele nunca vai esquecer ou superar o que aconteceu com ele. Isso é algo muito raro de acontecer no universo dos quadrinhos, até mesmo em quadrinhos de heróis como Batman, Superman, Homem de Ferro, entre outros.


FASE ADULTA - PARTE 2

Voltando para o lado positivo da saga de Wade Wilson, por ter sofrido com tantos abusos, o Wade nunca encosta em mulheres sem o consentimento delas, canta tanto homens quanto mulheres e se apaixona muito fácil, inclusive ama a MORTE (Uma personagem que pode ser representada em forma feminina, mas as vezes é representada de forma masculina nas HQs).

Por definição, Wade se identifica como omnisexual ou pansexual, ou seja, não tem preferência de gênero ou raça, inclusive já namorou extraterrestres sem gênero nenhum definido. Essa mesma informação foi reforçada por diversos escritores do personagem, incluindo Rob Liefield, Fabian Nicieza, Gerry Duggan e Gail Simone. Wade também foi casado com uma alienígena por um bom tempo no espaço.

Hoje o Wade é casado com a Shiklah, uma succubus que é sua esposa e 'dominatrix'. Ele ama a Shiklah, mesmo sabendo que ela precisa ter outros homens pra ganhar energia por ser uma succubus, inclusive já a pegou com vários homens e mulheres na cama, mas não liga porque sabe que ela é uma entidade que vive de energia sexual. Shiklah inclusive deu de presente para Wade um cinto de castidade, que ele usa sem nem que a succubus precise pedir.


CURIOSIDADES IMPORTANTES

Você sabia que antes da fase Marvel Now! as HQs de Deadpool quase não estavam vendendo? A história estava prestes a ser cancelada, quando diversos novos artistas criaram o revamp de toda a série sob o selo Now! A partir daí, todas as vendas de Deadpool alavancaram e se iniciaram então o uso de referências da cultura pop, quebra da 4ª parede, entre outras características do mercenário que todos amam!



Nas HQs de Deadpool, o Wade sempre vai aparecer mais sexualizado em suas poses do que as mulheres. Essa iniciativa começou com a fase Marvel Now!, em crítica a quantidade de quadrinhos que sexualizam personagens femininas. As poses dele são mesmo propositais para parecer ridículas, inclusive ele tem muitos shots de virilha, bumbum de fora e até mesmo com outline de seus genitais no uniforme colado.

Agente Preston, era uma agente da S.H I.E.L.D que foi encarregada de capturar o mercenário tagarela. Ela não é bem sucedida em sua missão, mas acaba criando um laço de amizade com Wade, principalmente por também ser mãe e acaba se tornando sua melhor amiga. Durante uma missão, ela é morta, mas Wade consegue salvar pelo menos a consciência da mulher. Com essa consciência, a S.H.I.E.L.D constrói uma inteligência artificial dela, bem ao estilo 'O Exterminador do Futuro', mas Wade e os cientistas fazem questão de dá-la um corpo exatamente igual ao de quando ainda era viva, ou seja, o corpo de uma mulher negra e plus size :') O filho de Preston, tem a mesma idade de Ellie e é seu melhor amigo.

Deadpool se identifica como cross dresser desde quando era pequeno. Na vida adulta, ele continua adorando usar peças femininas e mesmo que os outros personagens zoem ele, o Wade continua se sentindo bem assim. Muitas vezes ele se veste com roupas femininas para se disfarçar durante missões.

Existe uma versão feminina do Wade chamada Wanda Wilson ou Lady Deadpool e ela vem de um universo paralelo. Ela e o Wade se consideram irmãos e juntos trabalham com a Dogpool, Kidpool e Headpool (uma cabeça voadora) em Deadpool Corps.

Ele é apaixonado pelo Homem Aranha apesar de não saber a identidade verdadeira dele, inclusive se auto shippa direto com ele, mas só conhece o Spidey quando o Peter já é adulto.


[TW: suicidio] Ele ama a morte mais do que tudo e seu maior sonho é poder morrer pra parar de sofrer, porque o câncer da pele dele ainda dói muito e ele tem sequelas, mas por conta da maldição do Thanos (enciumado por conta da Morte, porque ele também ama ela) Wade nunca pode morrer, então ele sempre protege quem tem depressão ou pensamentos su*cidas também.

Seu 'relacionamento' mais duradouro foi com o Cable, inclusive até mesmo o guia oficial da Marvel os coloca como um 'Casal'. Uma vez o Wade já deixou implícito que eles dormiram juntos (provavelmente por brincadeira). Fora isso o Wade é bem ciumento quando se trata do Cable e eles são campeões do que o fandom chama de bromance (amor fraternal entre amigos), inclusive a maior fantasia de Wade é poder descansar em uma praia paradisíaca com Nathan Summers (Cable). O relacionamento deles começa com uma caça de gato ao rato, Cable vem do futuro para eliminar Wade, mas ao longo do tempo eles acabam se tornando aliados.


Hydra Bob é um agente da Hydra e um dos poucos amigos que o Deadpool tem! Ele apareceu em um cameo no filme, mas pertence à Marvel apenas, então não puderam colocar o uniforme completo dele no filme por conta disso. O coitado só serve de saco de pancadas do Wade.

O Wade é apaixonadíssimo (romanticamente) pelo Hawkeye, inclusive é um dos poucos personagens que respeita o fato do Clint ser deficiente auditivo. Deadpool até aprende a fazer linguagem de sinais pra falar com o Clint! Ele também deu de presente para ele uma miniatura de Hawkeye de sua própria coleção de heróis.


Bom, terminamos por aqui. Infelizmente em uma página só é impossível cobrir todos os fatos sobre o personagem, mas juntei aqui alguns que acredito ser importantes para que qualquer um que queira conhecê-lo melhor, entenda sua origem, suas motivações e suas parcerias. Os filmes de Ryan Reynolds foram excelentes, seguindo a maior parte dos eventos postados aqui, agora vamos torcer para o terceiro longa ocorra e seja ainda mais incrível!

Sobre a autoria: Victoria Hope, jornalista e colunista da Revista Amélie (onde esse texto foi originalmente postado).

TAGS: , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM