CCdiscussão CCSéries

Voltron não é representativo

7.4.18João Paulo Albuquerque


Algo que vim percebendo ultimamente (e lendo também) é que Voltron é um dos desenhos que eu menos vejo representatividade. Na verdade, ele só tem dois pontos positivos de representatividade que acabam sendo nublados pelos problemas (mas que não o torna o desenho menos representativo do mundo, só não é o melhor), o qual falaremos mais adiante, por enquanto, foque no quão não representativo esse desenho é.
É decepcionante se dar conta disso, principalmente se você usa Tumblr e sabe dos headcanons que lá existem. São incríveis e fazem muito sentido, além de que poderiam muito bem ser aplicados de modo sútil aos personagens. Mas enfim, vamos a como eu percebi isso:

- O único personagem gordo é constantemente usado como alívio cômico;

- Não há confirmação sobre Pidge ser não-binário;

- Quase todos os relacionamentos ali (entre os principais) não dão brecha para um romance entre pessoas do mesmo gênero;

- Todos são lidos como héteros e é impossível isso ser negado. Olhe o relacionamento do Lance com a Allura. Ou do Hunk com a outra que não lembro o nome. Até mesmo da Allura com o Keith. Pidge é a única que não aparenta (ao que me lembro) ser enfiada em um pré-desenvolvimento de casal, Shiro idem (isso quando não tentam usar ele como um artifício para o ciúmes do Lance pela Allura);

- Apesar de dizerem no Tumblr que Lance e Keith nutrem algo um pelo outro, isso é facilmente ignorado pela massa. Se você não olhar nos pequenos detalhes, não vai achar que possa acontecer algo entre eles, e ainda sim, tudo indica que eles não gostam um do outro de maneira romântica;

- Só há duas personagens mulheres.

Apesar desses pontos, só tenho dois que são positivos:

- As personagens que são do gênero feminino são inteligentes e fortes, apesar de serem só duas. (ainda sim fazem diversas cenas parecendo que elas não são capazes de resolver sozinhas e daí tem que vir alguém pra ajudar elas)

- A diversidade étnica entre os personagens principais.


Acontece que muita gente do fandom fecha os olhos para os problemas. Inclusive, tentam justificar ou falar "é um desenho, eles não tem que ficar dando representatividade", beleza, eles fazem o que bem entendem, o problema é quando você começa a iludir e prometer que vai ter personagem LGBT+ e enrola por duas temporadas.

E não quer dar representatividade? Vida que segue, mas poderiam melhorar em algumas coisas: parar de usar o Hunk como alívio cômico e parar de romantizar os ciúmes do Lance, além de pararem de fazer cenas da Allura ou Pidge como se precisassem de ajuda, mais delas dando um jeito e sendo independentes.

TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

6 comentários

  1. Olha cara eu adoro seus posts, mas sinceramente a análise aqui foi muito rasa.
    Não digo que o desenho não tem problemas, por outro lado, mas ele se importa com a questão da representatividade e está cada vez mais se desenvolvendo nesse ponto.

    Quanto ao Lance, ele é o personagem que mais lentamente (contudo de maneira sólida) eu vejo crescer. Ele está longe de atingir o seu potencial e pode anotar que ele vai amadurecer muito mais ainda. A questão do ciúme como alívio cômico eu tenho fé que logo será abandonada, até pq eu acho que é meramente um artifício para mostrar um problema do Lance: a insegurança e certa carência.
    (Quando representividade de sexualidade, inclusive, tenho 95% de certeza que Klance será cânon, sério. E isso vai abrir questão para discutir a bissexualidade (ou pan? Qm sabe?), e vai implicar em mais desenvolvimento para o Lance - sem contar que emocionalmente eu espero q isso ocorra pq meus filhos merecem ser felizes djdndkd <3

    Por outro lado, não tenho como defender a cagada que fazem com o Hunk. Ele é um personagem adorável e não tem problema ele ser gordo e gostar deveras de comer e cozinhar, mas de fato é irritante usar isso como alívio cômico :/ realmente espero que isso mude, e que deem mais foco no personagem, até pq o desenvolvimento dele foi só na primeira temporada, quando lutando pela Balmera ele adquiriu coragem e entendeu o valor da causa do Voltron.

    Outro ponto é que eu tbm queria que a Pidge estivesse no espectro trans. Por outro lado, até q da pra fazer umas leituras nesse sentindo (como em um episódio da segunda temporada que ela não sabia se ia no banheiro feminino ou masculino)... de qualquer forma, ela é uma personagem incrível e é legal ver que a personagem mais inteligente da equipe (e savage, sério ela é foda) é uma garota.

    Mas olha, Shiro, Allura, Piedge e Keith são fantásticos e que eu não vejo nenhuma falha, e no que há não podemos esquecer q a história está se desenvolvendo ainda.
    E que no time deles, apenas a Pidge e o Coran são brancos. Hunk e Allura são negros, Lance é latino e Keith e Shiro tem descendência/são asiáticos.

    E apesar do pouco número de mulheres,ele vem aumentando.., ex: a chefe dos ookaris é uma mulheres, o príncipe Lotor só tem generais (badass) mulheres, a vilã é uma mulher (a bruxa Haggar).

    O que quero dizer é que é preguiçoso afirmar que é o desenho com menos representividade do mundo. Representividade é algo que os diretores do desenho dizem reconhecer a importância e eu acredito neles (não vamos esquecer que temos criadores de Avatar aí no meio, o mesmo desenho que falou de ditadura, empatia e fez Korrasami canon). Apontar os erros no desenho é essencial e fico feliz que você o tenha feito, e tudo bem desgostar do show tbm, mas não vamos fechar os olhos para os outros méritos e para que tem muito chão pela frente ainda.

    Espero que tenha um bom domingo! Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, ~vou chamar de Anônimo mesmo, ok?

      Eu de fato poderia não ter chamado de desenho menos representativo da face da Terra, mas como eu estava dizendo, não é de todo ruim, tem pontos positivos como a etnia e girl power (que você também citou). Só que não é o desenho mais representativo do mundo como muitos dizem, é um puta exagero, isso sim. Eu gosto de Voltron, mas acho que sim, falta muita coisa (beleza que tem ainda coisa pra desenvolver, mas que então fizessem temporadas um pouco mais longas ou episódios um pouco mais longos), e reconheço que os personagens ainda estão evoluindo como qualquer ser, mas parece que nas últimas três temporadas não houve uma grande mudança de caráter, não houve grande evolução, mas claro que isso é relativo à visão de cada um que vê.

      Mas eu realmente vejo, na minha visão do desenho nesse momento, como um dos desenhos menos representativos do momento (principalmente levando em conta as promessas que parecem ter sido feitas e ainda não cumpridas e tals), mas não que a representatividade étnica ou girl power não seja contada, só que eu sinto essa certa falta em algo ali, além de claro, o que fazerem com o Hunk ser pessoalmente ofensivo (além do grupo minoritário, óbvio).

      Mas enfim, vou alterar o "desenho menos representativo para "um dos atuais com menos representatividade".

      Obrigado pelo comentário <3

      Bom domingo.

      Excluir
    2. Eu que agradeço pela resposta.

      Acho que eu vejo Voltron como representativo sim, e muito por causa do próprio fandom e das fics, que sempre trazem Pidge não binário e as vezes um ou outro personagem trans, sem contar que costumo ler fics de Klance, logo é tratada a questão da sexualidade tbm.
      Enfim, vamos ter que esperar e torcer para que o desenho melhore nesses pontos.

      Só fiquei curiosa, quais são os desenhos que você considera ter mais representividade? Eu ando meio por fora desse meio.
      Bjs!

      Excluir
    3. Sei que isso é de um tempinho atrás, mas mesmo assim quero propor-lhe algumas reflexões, Anônimo.
      Primeiramente, não vou discordar de que há representatividade, entretanto, há falhas no seu desenvolvimento.
      Alguns aspectos disso o João já citou, mas vou trazer-lhe mais profundidade e pontuar outro, até porque eles me incomodam bastante e vivo reclamando sobre eles.

      Pidge pode ser até uma pequena representação para quem é non-binário, tem aquela cena no space mall em que ela fica indecisa sobre qual banheiro ir. Apesar desses hints, os produtores afirmaram que ela é uma garota. Então, por que colocaram essas insinuações? Para mostrar que são caridosos com os LGBTs, porém não ao ponto de assumir que um personagem é trans? Eu faço vista grossa para isso.

      Outro ponto que o João já falou é sobre a ''food jokes'', isto é piadas de comida, que são atribuídas constantemente ao Hunk. Sério, parece que ele só tem esse propósito. Os produtores frisam sobre a incrível atuação dele em Balmera etc etc etc. Não discordo, mas quando que vou o arco da Balmera? Na primeira temporada. Em que temporada estamos agora? Na quinta. Quantas vezes Hunk depois desse arco teve realmente um destaque de tela? Hummmmm
      E tenho que falar sobre a quinta temporada. Quantas vezes o Hunk falou? E sobre o que? Ele é um personagem principal que quase não tem importância nenhuma. É só para encher, pelo menos é essa impressão que dá.

      Agora, algo que não foi citado, que venho analisando e discutindo bastante no fandom.
      Não sei se viu a quinta temporada, contudo, vou falar sobre ela mesmo assim. Lembra daquela cena na quinta temporada sobre modulações que Pidge e Hunk discutiam? Hunk usava dupla modulação, Pidge dizia que uma era melhor, depois foi confirmado que uma modulação era melhor. Pidge saiu como certa e Hunk errado.
      Mas, pensa só, qual é a necessidade disso? Por que sempre Pidge, uma garota branca, tem que ser encarada como A gênio, sendo que Hunk, um garoto gordo e negro, é um gênio da engenharia e fez um localizador de algo que ele nem sabia que existia, os leões, em pouco tempo, logo no primeiro episódio? Eles destacam a amizade dos dois. No entanto, essa distribuição desigual de habilidades apresentadas, fica mais parecendo que Hunk é o capachinho dela, o qual entende alguma coisa de tecnologia.

      Outra coisa. Por que sempre tem que ser o Lance e o Hunk os alvos de piadas? Lance na primeira e segunda temporada foi visto como burro o tempo todo só porque não lidava bem com matemática e o habitual, é tirar uma com a cara dele só porque ele é quem descontraí o clima. Hunk é piada de comida e pum para todo lado...
      Por que só com eles? Por que não podem fazer isso com Keith e Pidge? Por que isso sempre é feio com dois personagens de pele escura, um latino-hispânico e outro samoano?

      Allura parece ter que lidar com provações de suas habilidades o tempo todo. Os produtores vivem falando que ela precisava entender isso e aquilo. Cara, para mim, ela já ganhou quando abriu mão de falar com seu pai para salvar Voltron logo na primeira temporada. Mas ainda eles tem que falar coisas como esta:

      ''Montgomery: Yeah, a different interpretation on how things could have gone maybe had they gone with Allura’s proposal of like, “Dad, let’s use Voltron and fight,” versus Alfor’s proposal of “let’s send the lions away.” Things could’ve ended up very differently, and our Allura could’ve very easily become that [empress] Allura. But luckily she’s had different influences around her now, and that allowed her to evolve to be a much more wise person.''

      Caso não saiba inglês, a Lauren Montgomory disse, basicamente, que se o pai da Allura não houvesse mandado os leões para longe, ela se tornaria facilmente a versão maligna dela que nem daquela realidade alternativa.

      Nossa, sério? Precisava disso? Eu acho que não.

      Representatividade de verdade eu vejo mais no fandom mesmo, ao menos eles, tem o cuidado de desenvolver corretamente algo tão importante. Quanto ao show, estou extremamente descontente.

      Excluir
    4. Anônimo (sempre levo um século para me decidir como chamar alguém no anônimo e vou pelo óbvio #surto), desculpa a demora, fiquei pensando no que me perguntou e me perdi no tempo com tantas coisas da escola. Olha, de desenho eu só me lembro de ver Korra, Gravity Falls e outro que ia começar chamado Star vs. Evil Forces, o único que tem mais representatividade (e nos dá espaço, inclusive dentro do desenho) é Korra, não que os outros não tenham, mas vou pesquisar mais e fazer minha lista de porquê acho que de certa forma eu acho representativo.

      Excluir
    5. E Carol, gostaria de lhe pedir permissão para postar seu comentário no blog. Topa? (se topar, preciso que envie, pode ser por aqui, senão pode ser pelo meu twitter @FAGUNDES009 um parágrafo curto sobre si) <3

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM