Anitta CCMúsica

Botando a boca no trombone sobre o clipe novo da Anitta

23.12.17João Paulo Albuquerque


Não vou ser imparcial, na verdade, dane-se a imparcialidade hoje. Eu amei essa música, o clipe, tudo. Então se junta, pega algo pra beber ou comer e vamos falar sobre.

O clipe começou com a bunda da Anitta e eu logo percebi: celulites, e já fiquei feliz. Já quase pulei da cama - nota-se que eu havia acabado de acordar e tinha mensagem de um amigo meu falando sobre o clipe e como ele tinha amado - e fiquei ali admirando o restante do clipe, na hora que chegou perto do final, cheio de gente diferente, jovens, velhos, gordos, magros, etc (seriam muitas caixinhas pra nomear, então pulemos) eu quase caí da cama, tive até que espantar o sono e falar: opa, vamos ver pela segunda vez.

E eu revi e fiquei contente com isso, afinal eu percebi muitas coisas ali: seja a diversidade - puta representação -, a realidade sobre as comunidades do Brasil, o número da placa na moto que era o da PEC que visava proibir o funk, Anitta mostrando a realidade sobre o corpo da mulher (brasileira ou não), enfim... O que eu via na minha frente era uma realidade e isso me encantou. Me encantou porque ela tinha voltado às raízes como havia dito que faria, mostrou que o funk é importante e é cultura (na verdade esfregou na cara de um bando de gente esnobe e preconceituosa), mostrou como o Brasil é de verdade.


E apesar de eu ter visto muitas críticas e ter parado para analisar os "mas o clipe é praticamente bunda", "não tem nada de importante naquilo", "isso é uma indecência" eu cheguei no meu veredicto: primeiro, a música está falando em boa parte de bunda (deal with it), segundo, a importância está acima (TANTOS TEMAS TRATADOS DENTRO DE UM ÚNICO CLIPE) e terceiro, engraçado ver um bando de gente falando que funk (e o clipe) é indecente, quando há tantos de sertanejo (rock, - acrescente outro estilo musical...) por aí que não é nem um pouco "decente", mas todos ignoram e aplaudem, então parem de ser hipócritas.

Além disso tudo, é uma letra que cola e te dá vontade de dançar, eu basicamente me pego dançando no quarto, cozinha, banho, etc:

Esse Gif nunca fez tanto sentido

Foi um clipezão da porra e que bateu recorde no Youtube, então aceite que dói menos.

TAGS: , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM