CCHQ Dana Martins

6 quadrinhos pra ler (mesmo se você não tem costume)

20.7.17Dana Martins


Recentemente eu quase não tenho lido, mas percebi que quando leio, tem sido quadrinhos. Talvez por ser mais simples: quase todos dessa lista eu sentei folheando e acabei lendo tudo de uma vez. Talvez porque finalmente consegui alguns títulos bem interessantes. Seja o que for, eles são legais e eu queria indicar.

~avisos carinhosos~
NÃO SÃO SUPER-HERÓIS.
SÃO HISTÓRIAS FINALIZADAS, ENCADERNADOS. Pelo menos um volume completo. 
Você não precisa ter o costume de ler. 
São todas histórias pra comprar a preço acessível e no Brasil!!!
É literalmente a melhor forma de começar a ler quadrinho. Escolhe um desses (ou todos) e vai. 

Além disso, todos são muito bons em representatividade de um jeito que livros e séries (e imagina filmes....) nem sonham em ser. Conseguem ser bons em representatividade étnica, LGBT+, de mulher e ter criadores que são partes desses grupos. 

Coloquei na ordem de preferência, apesar de ter gostado de todos. Inclusive, é por isso que eu tô fazendo esse post: todos são tão legais!!!! Fazia tempo que eu não pegava uma leva assim.

E quando eu digo legais, quero dizer realmente legais. Uns dos melhores quadrinhos que eu já li, mesmo que não tenha lido muito. Se todo quadrinho que eu lesse fosse como esses eu lia muito mais.

Eu vou postar as resenhas de cada um aos poucos em breve aqui no ConversaCult.


6- Menina Infinito



Esse tá fora da ordem de preferência! Na verdade, eu ainda não li, mas a Ariel indicou nos comentários e eu decidi incluir. Ela disse "Eu acrescentaria Menina Infinito, que é nacional, para quem curte música!"

Preço: Uns 30 reais
Língua: Português
Editora: Agir


5- The Last of Us: Sonhos Americanos



Em um futuro pós-apocalíptico, a protagonista Ellie é uma órfã que acaba de ser transferida pra uma base segura e conhece Riley, uma garota legal um pouco mais velha. E enquanto elas se encaram e se conhecem, a gente lida com um questionamento: que futuro você tem num mundo pós-apocalíptico?


Preço: Não paguei nem 20 reais na Amazon.
Língua: Português
Editora: New Pop



4- Paper Girls


Nos anos 80, quatro garotas entregadoras de jornal decidem fazer a rota de entrega juntas durante o Halloween por segurança, mas aí quando uma delas é atacada e tem seu walkie-talkie roubado, elas vão atrás pra recuperar. Aí que a confusão começa. De repente todo mundo desaparece. Dinossauros estranhos invadem o céu. Máquinas sinistras aparecem escondidas em porões. O que que tá acontecendo? A história é elas investigando.


Preço: 20 e pouco
Língua: Inglês
(comprado no BookDepository, mas já vi que tem na Amazon por 30)



3- The Wicked + The Divine


Bem, The Wicked + The Divine é sobre uns deuses que de tempo em tempo aparecem "tomando" o corpo de uns humanos, dessa vez adolescentes. Só que eles são só divindades querendo aproveitar a estadia entre os humanos, serem adorados, fazerem sexo ou o que der vontade. Gostei muito muito de como a história apresenta eles bem "ah, que se dane, tô nem aí pra nada" em vez de deuses obssessivos em se meter na vida dos humanos. E a história é contada da perspectiva de uma garota, fã das divindades, que conhece uma delas, a Lúci, justamente quando rola uma confusão e ela vai presa. Sendo a única que acredita na inocência dela, essa fã começa a investigar e procurar ajuda.


Preço: Não paguei nem 20 reais na Amazon.
Língua: Português
Editora: GeekTopia / Novo Século



2- Nimona


Nimona é uma garota metamorfa (pode virar vários animais) que vai atrás do vilão do reino, o Coração-Negro, pra ser a sidekick dele. Imagina um Loki com uma ajudante que tá louca pra sair matando e ser maligna. Só que no fundo o Loki é bonzinho, se preocupa com ela e o povo do reino. Então nós acompanhamos os planos malignos (aka. planos em que a Nimona faz merda e ele tenta consertar) e descobre sobre o passado desses personagens, o mistério por trás de como uma garotinha tem tantos poderes e até que, wow, a Instituição de Heroísmo pode não ser tão boa assim.


Preço: Ganhei de presente, mas o buscapé diz 30 (E ACABEI DE VER QUE LUMBERJANES TÁ 20)
Língua: Português
Editora: Intrínseca
Tem resenha do João aqui já



1. Monstress:



É também um reino de fantasia/ciência com uma garota monstro, mas não poderia ser mais diferente de Nimona. Em um estilo bem realista, conta a história de um mundo dividindo entre Arcanics e Humanos. Os arcanics são tipo uma gente meio animal meio gente, em diversos graus. (Eu pessoalmente não gosto disso e foi uma das coisas que me desanimou depois que eu vi, só que a história é tão boa que foi legal) Enfim, Arcanics e Humanos não só vivem em rivalidade, como umas bruxas humanas(?) descobriram que dava pra extrar energia do corpo dos Arcanics, então elas sequestram e escravizam pra essas coisas. Essa parte é bem tensa, gente mutilada, presa. Fiquei chocada.

E mais estranho é que a protagonista justamente é uma Arcanic que se infiltra como escrava pra ser levada pra essas bruxas. Pra que? O que ela quer? O que ela vai descobrir? E assim a história vai. Uma menina perturbada atrás de respostas, que lida com monstros internos em um mundo dividido que ela não faz parte de lugar nenhum.


Preço: 20 e pouco
Língua: Inglês
(comprado no BookDepository)




Agora aproveita e clica aqui pra se inscrever na minha newsletter:
minha newsletter!!! yeeey


TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. Eu acrescentaria Menina Infinito, que é nacional, para quem curte música!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM