CCdiário CCdiscussão

Não tem problema ser exigente.

12.6.17Taiany Araújo


Eu estou solteira. Às vezes estou bem com isso e às vezes não. O fato é que estou solteira. E ter 20 e poucos anos e estar solteira pode ser um saco porque sempre tem alguém querendo saber sobre ou dando opinião.

O primeiro lugar onde é foda estar solteira é em casa, porque escutamos de tudo. Eu poderia dizer que vai desde coisas não tão ruins até coisas horríveis, o problema é que nem tenho essa opção. Tudo é uma bosta, e por vezes carregada de machismo, como uma das mais faladas por mãe quando eu estou com alguma dor: "Isso é falta de um namorado".

Na minha casa, como se não bastasse mãe, ainda tenho uma cunhada que vira e mexe indaga sobre meu estado civil. Acho até engraçado isso ser perguntado para nós, pois parece que é mais de interesse do outro do que de nós mesmos. Isso para não falar sobre a pergunta mais feita às mulheres depois dos 30, se elas não vão se apressar para ter filhos. Eu tenho 25 anos e já me perguntaram se "vou ficar para titia". Só que para o bem ou para o mal, a gente já sabe que os almoços de família são uma sucessão de conversas que não queremos ter, deve haver um sorteio entre as tias para decidir quem vai ser a inconveniente. O pior é quando essas perguntas veem de um lugar que menos imaginamos, dos amigos.

Quando começam a perguntar do namoradinhos
Tenho certeza que os amigos estão cheios de boas intenções, mesmo que saibamos o final dessa frase, até porque muitos, senão todos passam pelas mesmas coisas que nós. O fato é que ainda assim, a indagação pelo estado civil do outro surge e por vezes com sugestões não tão legais assim.

Em meio a conversas sobre relacionamentos, mais de um amigo em mais vezes do que eu gostaria me disseram que sou muito exigente, e na minha mente foi um "PORRA É VERDADE, EU SOU EXIGENTE DEMAIS" e confesso que tentei, sem sucesso, ser menos exigente. Entretanto, não demorou para que eu refletisse o porque de precisar ser menos exigente. Qual a necessidade de ficar com alguém que não despertasse o mínimo interesse em mim? Por que eu deveria mudar só para dizer que estou em um relacionamento? Óbvio que as coisas não são 8 ou 80, se eu gosto de pessoas que preferem azul e conheço alguém muito legal que prefere verde, não vou me negar tentar por causa disso, contudo, aceitar qualquer coisa para ficar com alguém me parece tão vazio.

É meio que comum falarmos que conhecemos alguém, mas que não rolou feeling e amigos perguntarem porque não demos uma chance. Vontade de pegar a parte do "não rolou feeling" e colocar num outdoor, mas ultimamente eu só sorrio e aceno que é o melhor conselho já dito.

Somente sorria e acene, meninos. Sorria e acene.
Não digo que é errado ser menos exigente, cada um sabe de si e talvez ser menos exigente faça que você encontre o que estava procurando até sem saber. A questão é que também não é errado ser exigente, não é errado você saber o que te atrai, o que te interessa e não querer menos que isso. Eu, Taiany, me sinto desconfortável quando insisto em algo que desperta 0 sentimentos em mim, e não consigo ficar tentando descobrir coisas em comum. Pode ser que amanhã isso caia por terra, mas hoje eu sou exigente sim e estou bem com isso.

Há quem diga que sempre tem um chinelo velho para um pé descalço, eu prefiro acreditar que estar com ou sem chinelo não faz diferença nenhuma porque isso é só um ditado popular.

TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM