A Rainha Vermelha CCLivros

A Rainha Vermelha, de Victoria Aveyard

7.5.17Isabelle Fernandes


Esse é mais um daqueles livros que a princípio eu não dava nada e nem procurei saber da história achando que seria só mais uma distopia. Mas então eis que li a sinopse e fiquei subitamente interessada HAHAHAHAHA. Sim, o tema já tá batido: um futuro onde uma sociedade está dividida e os poderosos humilham os oprimidos.....mas com o bônus SUPER PODERES.

Daí estava eu na biblioteca que eu frequento, meio chateada por não estar achando nada que eu quisesse muito ler, já tinha revirado todas as estantes quando passo de novo por um corredor e encontro esse livro. AQUELE ERA O MOMENTO E GENTE.

Fui arrebatada.

Mas vamos por partes.

Tudo começa com Mare Barrow, uma garota de 17 anos que é totalmente ladra e tá prestes a servir obrigatoriamente no exército por ser uma desempregada. Ela basicamente vive de bater carteiras pra conseguir coisas pra família dela, porque eles são vermelhos.
Minha cara enquanto lia esse início e esperava por uma novidade
Nesse universo distópico, os vermelhos são as pessoas que tem o sangue dessa cor e são comuns, os subalternos. São obrigados a ter uma vida miserável e a servir aos prateados, pessoas que não apenas tem o sangue dessa cor, como também tem super poderes que nem os mutantes de X-Men. Eles travam uma guerra eterna contra um reino vizinho e por isso mandam vermelhos pro campo de batalha sem parar. Então você imagine, né: o vermelhos tem medo e ódio dos prateados. Eles são como deuses.

Daí rolam várias tretas e a Mare acaba indo parar no palácio de verão do rei, trabalhando como criada. Era a situação ideal né, já que com um emprego ela se livrava do exército e ainda tinha uma vida mil vezes melhor que no seu antigo vilarejo...ATÉ QUE ELA DESCOBRE TER SUPER PODERES.

MAS O SEU SANGUE É VERMELHO.

MOMENTO UÉ PRO PESSOAL
Olha, eu tenho que dizer. Essa moça, Victoria, é GENIAL. Além dela se aprofundar bastante no seu universo distópico a ponto de tornar ele algo completamente diferente do que a gente já cansou de ver, ela ainda explorar loucamente o lance de poderes e desenvolveu personagens super complexos e reais. A Mare tá bem longe de ser a típica mocinha: ela é totalmente dicotômica. É muito esperta, mas também muito idiota e fez várias merdas. É muito durona e badass, mas também é emotiva e impulsiva, faz de tudo pelas pessoas que ama. Os secundários também não ficam atrás, todos eles tem uma profundidade daquelas, de fazer você amar e ficar com raiva ao mesmo tempo.

Aliás, é isso que mais me impressionou. A autora conseguiu escrever personagens muito humanos, muito reais. A Mare, como eu disse lá em cima, faz MUITA MERDA E COISA IDIOTA mas não tem como censurar a menina porque OLHA A SITU ONDE ELA SE METEU!!! E o mundo é tão dúbio...não tem como saber se as coisas são mesmo o que aparentam ser e nem como definir o que é certo ou errado. Parece que todos os lados estão certos e errados ao mesmo tempo.

ISSO É MARAVILHOSO!!!


Daí só pra me dar uma chulapada de vez teve UM PLOT TWIST que ok, eu tava esperando mas cacete!!! Foi tenso mesmo assim. E ainda tem, claro, ROMANCEEEEEEEEEEEEEEEE!!! Quer dizer, o máximo que dá pra ter em universos distópicos HAHAHAHAH mas conseguiu aplacar esse meu lado shipper, então foi mais do que o suficiente. Já o final.......olha......eu amo combates entre super poderosos....E TEVE MUITO.

Enquanto eu lia o livro eu só sabia gritar e fazer sons estranhos HAHAHAHAHA além de largar a escrita e perder o início da minha novela favorita porque eu simplesmente não queria parar de ler. Acho que com isso já deu pra perceber que me apaixonei total por esse livro e agora tô metida com uma série distópica que claramente vai arrasar comigo, mas nem ligo. SÓ QUERO MAIS.

Nota:

Pensei em deixar 5 estrelas, mas CARA.
EU SURTEI TANTO QUE NÃO DAVA PRA NÃO BOTAR COMO FAVORITO

Ficha Técnica




- Autora: Victoria Aveyard
- Editora: Seguinte (selo da Companhia das Letras)
- À venda em: SaraivaAmazon , Livraria CulturaSubmarino.









TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM