CCLivros CCResenhas

O Filho de Netuno, de Rick Riordan

13.2.17Isabelle Fernandes


Eu preciso dizer que eu simplesmente amo TUDO nesse livro.

Quem tá acompanhando as resenhas já sabe que eu amo o Percy de paixão e enfim o moço reapareceu na saga, o que já me deixaria feliz o suficiente, mas tio Rick me deu ainda mais coisas pra amar. Temos Frank e Hazel, pessoas mais fofas do mundo, o Acampamento Júpiter e claro, uma missão suicida pra tenta salvar tudo o que mais importa pra eles.

Depois de oito meses sumido, o livro começa com Percy tentando fugir desesperadamente de duas górgonas que parecem não morrer nunca e ele tem o total de 0 lembranças da sua vida exceto um nome: Annabeth.

SE EU BERREI? É CLARO QUE SIM!!!


Eis que ele então encontra um túnel, é ajudado por alguns semideuses e acaba carregando uma senhora hippie nas costas através de um rio...não faz o menor sentido agora, mas vai fazer quando você ler HAHAHAHAHAHAHAHAH e aí TÃ-DAN, BEM VINDO AO ACAMPAMENTO JÚPITER. Lembro que na época em que eu soube que haveria romanos na nova saga eu já torci o nariz, porque nunca curti muito eles, principalmente a forma romana dos deuses. No Herói Perdido então, já estava imaginando que eu ia odiar a merda do lugar e querer que todos fossem pros infernos.....naturalmente tomei uma chulapada daquelas na cara.

Tá certo que eles são bem mais formais e militarizados que os gregos, mas ainda assim eles são o máximo. Tem toda aquela coisa de lutar em conjunto, de elaborar táticas de guerra onde o coletivo se sobrepõe ao individual e a forma como eles se organizam é até mais justa que o Acampamento Meio-Sangue, pra ser sincera. Percy também foi descobrindo isso e vez ou outra tendo uns flashs da sua vida no outro acampamento, mas ainda tinha uma enorme parede bloqueando tudo. Só que claro, haviam problemas maiores pra resolver como a Morte capturada, monstros que não morrem e à caminho do Acampamento Júpiter, além de outro gigante pronto pra foder com tudo se alguém não fizer alguma coisa.

E é claro que esse alguém é Percy e seus dois novos amigos, Frank Zhang e Hazel Levesque.

Primeira reação de um semideus ao se deparar com uma treta

E aí logo em seguida....CHALLENGE ACCEPTED
Como eu disse lá em cima, amei tudo nesse livro. Amei a história do Frank e da Hazel, cada um dos dois tendo que enfrentar seus demônios do passado e aprendendo a confiar...além de serem muuuito shipáveis. Também foi maravilhoso ver o Percy da perspectiva de outros personagens, tanto que passei a enxergar ele de uma forma diferente. Eu nunca tinha parado pra pensar muito sobre a aparência dele, até que veio a descrição da Hazel e fiquei tipo "NOSSA MAS ELE É ASSIM???". Acho que eu ainda o imaginava com 12 anos HAHAHAHAHA.

No fim os três ficaram super unidos, como uma família muito fofa e eu queria guardar todos num potinho e proteger pra sempre. Só achei que, pro tamanho do problema que eles tinham que encarar, as tretas foram resolvidas de um jeito muito rápido. Ou talvez foram eles mesmos que não tinham ideia do que tinha pela frente e no fim das contas não era algo tãooo absurdo assim. Ou talvez eles simplesmente cresceram e se tornaram mais confiantes sobre si mesmos durante a missão. Acho que tá mais pra segunda opção.

Nota:

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Ficha Técnica





- Autor: Rick Riordan
- Editora: Intrínseca
- À venda em: SaraivaAmazon , Livraria CulturaSubmarino.




TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *