Ariel Carvalho Carol Cardozo

INTENSIVÃO DO OSCAR: Melhor Filme (Parte 2)

25.2.17Conversa Cult


Nessa segunda parte dos indicados a Melhor Filme, a gente só quis ver o circo pegar fogo.

Ok, não fizemos isso de propósito. Mas algumas opiniões são meio ~POLÊMICAS~. Então chega aí e vê se a gente falou bonito ou falou em duas línguas (português e várias bosta).

La La Land - Cantando Estações



>>> ARIEL

O que eu gostei: Hm, eu achei o filme bem divertido no começo, a fotografia é maravilhosa demais, e tem toda essa questão de ser uma carta de amor aos filmes musicais antigos. As músicas são boas de ouvir, e eu amei que o final não foi clichê.

O que eu não gostei: Para falar a verdade, eu não achei o filme tão maravilhoso quanto quase todo mundo que viu. É muito bonito, mas tem a questão problemática do personagem do Ryan Gosling e do jazz e dos negros, e eu achei a história um pouco fraca.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa?: Eu acho que pode ganhar Melhor Filme justamente por homenagear à era de ouro de Hollywood, até porque eles amam esse tipo de coisa, né? Ao mesmo tempo, talvez não ganhe por ser um filme estrelado por brancos, já que ano passado teve aquele rebuliço por conta do racismo da Academia. Talvez escolham premiar Lion ou Moonlight.


>>> BELLS

O que eu gostei: Eu me APAIXONEI pelo figurino, sério. As roupas da Emma Stone, eu simplesmente usaria sem parar todos os dias da minha vida HAHAHAHAHAHAH. Adorei também as cores ao longo do filme, todas bem fortes e contrastando umas com as outras. E a trilha sonora, bem gostosinha.

O que eu não gostei: Todo o resto, sinto dizer HAHAHAHAHAHAHA. Eu não gosto de musicais e o filme já começa com todo um número, o que me fez ficar com exatamente essa cara:


Daí o pessoal disse que não ia ser assim o filme inteiro, o que é uma verdade. Infelizmente continuei não gostando. O casal tem 0 de química, não shippei eles em momento algum. Achei o Sebastian extremamente arrogante com essa coisa de "o jazz tá morrendo, abaixo a modernidade". Eu só queria que o filme acabasse logo, em vários momentos nem prestei atenção direito porque tava me divertindo horrores com um twitter que encontrei (@bichinhosbrabo, recomendo). Provavelmente serei LINCHADA até pela equipe, mas enfim HAHAHAHAHAHA.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Achei que esse é o tipo de musical pra ver na sessão da tarde, ou seja, não achei digno de indicação a oscar não. Só que aparentemente o mundo inteiro tá apaixonado, então certamente vai ganhar e vou xingar horrores no domingo.


>>> CAROL

O que eu gostei: Toda a questão de perseguir seus sonhos, se afetar se vai conseguir ou não, fazer algo que não gosta no meio do caminho por necessidade... Isso me afetou bastante, porque me tocou de maneira pessoal, é algo que eu tenho vivido ultimamente. Amei também as roupinhas, o clima nostálgico/melancólico dos cenários.

O que eu não gostei: O fato de ser basicamente um filme de dois personagens. Não vou entrar no assunto de "homem branco tentar salvar o jazz, que é música de negros", pois não é meu local de fala. Se você tiver alguma opinião sobre isso, adoraria ouvir. Temos uma página lá em cima chamada "Quem Somos", tem minhas redes sociais ali, sinta-se livre pra vir conversar sobre.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa?: Olha, acho que tem grandes chances de levar Melhor Filme porque a Academia adora coisas que homenageiam o cinema, the good old days e isso tudo. Pra mim as únicas indicações merecidas mesmo nas categorias principais é a de Melhor Atriz, pra Emma Stone e de Melhor Diretor e Melhor Roteiro Original pro Damien Chazelle (ele idealizou esse filme desde a época da faculdade. Fez Whiplash só pra provar que ele poderia fazer La La Land). Ryan Gosling está ótimo nesse filme, mas honestamente, já vi atuações dele parecidas com essa em outros filmes. Acho que talvez leve em Melhor Canção Original, mas minha torcida está indo pra Moana nessa categoria por motivos de LIN-MANUEL MIRANDA.

>>> EDUARDO

O que eu gostei: A mensagem que ele que passa de como as decisões que você faz podem te afastar, não só das pessoas, mas do curso que sua vida está seguindo e como uma pessoa pode ser tão importante na forma como ela influencia sua vida. Não preciso nem comentar da Emma Stone sendo maravilhosa em todo o filme e me fazendo me apaixonar por certas cenas mesmo não curtindo o filme tanto assim. E o figurino com toda certeza é algo de se destaca no filme.

O que eu não gostei: Do hype em torno do filme ter me feito criar tantas expectativas que acabou não me fazendo curtir o filme tanto assim. Eu amo musicais, mas mesmo assim ainda parecia que tinha algo faltando.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa?: Vai levar muita coisa e vai tirar premio de outros filmes que mereciam mais.


>>> JOÃO

O que eu gostei: Eu não me lembro de ter visto um musical depois de High School Musical. Simplesmente não achava que era meu tipo de coisa... até La La Land chegar e eu gostar a ponto de estar cantando desde que assisti, no começo do ano. E os dramas de persistir nos sonhos e ter que priorizar certas coisas na vida pra conquistar a felicidade é tão lindo, mas tão doloroso. O final resume isso perfeitamente, e acho que o que mais gostei mesmo foi de ser uma história bem alto astral e realista ao mesmo tempo, assim como a vida acaba sendo.

O que eu não gostei: Não desgostei de nada. Estranhei um pouco já começar com um número musical explodindo na minha cara, "que que é isso que eu fui assistir", mas uns minutinhos e eu já tava dançando junto.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa?: Mereceu, sim. Eu fico meio chateado porque sei que vai levar a maioria das coisas e tem muito filme e muita gente que também merecia. Mas esse filme é primoroso na execução, e eu não poderia ter gostado mais. Por favor, só deem o Oscar de direção pro Chazelle. E não deem Oscar de melhor ator pro Gosling.


>>> TAIANY

O que eu gostei: O figurino, que coisa mais linda meu deus. Também gostei das músicas e da atuação da Emma Stone, e basicamente é isso.

O que eu não gostei: Não é bem não ter gostado, só acho que o filme talvez não tenha me tocado. Não vi nada demais, sorry, mas é isso aí. O enredo não me envolveu, eu só queria as roupas que foram usadas e pronto.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Sinceramente, ainda to tentando entender porque foi indicado. Concordo com a Isabelle: "Achei que esse é o tipo de musical pra ver na sessão da tarde, ou seja, não achei digno de indicação a oscar não." Mas por tudo que estão falando, tem grandes chances de levar o Oscar.



Lion - Uma Jornada para Casa



>>> ARIEL

O que eu gostei: MEU DEUS DO CÉU!!!!!! Dev Pitel, ops, Patel (perdoem o trocadilho, mas ele é gato demais aff) é incrível em tudo o que faz, e todos os filmes dele me fazem chorar. A narrativa do filme é linda, eu fiquei aflita demais, e chorei tanto que terminei o filme com a cara vermelha. A história é linda, e é meio louco pensar que é baseado numa história real.

O que eu não gostei: A personagem da Rooney Mara, porque ela é irrelevante.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Merece 200%. É lindo, a fotografia é linda, os atores estão fantásticos. É provável que ganhe. Espero que ganhe.


>>> BELLS

O que eu gostei: QUE FILMÃO DA PORRA, CARAI!!!! NOSSA. Eu gostei de tudo? HFUIDSHGIUDFHGIDFHGID sério, não tem o que criticar. É uma história linda (apesar de desgraçadamente sofrida) e contada de uma forma muito suave...não sei descrever.

O que eu não gostei: Hm, nada? HAHAHAHAHAHAHAH sério, não vi nenhum defeito. É um filme gostoso de assistir, em nenhum momento você perder a atenção ou fica entediado.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Mereceu SIM e com certeza vai passar o rodo, apesar de que tenho outro favoritos HHAUSFHUSHFUDHFUS

>>> CAROL

O que eu gostei: AI QUE DOR QUE SOFRIMENTO. Eu não queria ver esse filme por causa disso, já sabia que a criancinha ia sofrer muito, mas pra poder escrever mais aqui, fui responsável e assisti mesmo assim. Eu gostei do pessoal na Índia falar os dialetos de lá mesmo. Mas não sei. Não sei dizer o que gostei. É sofrimento demais, embora tudo acabe relativamente bem no final. É um filme muito bom. Mas sei lá. Já vi essa história antes, é o que me parece.

O que eu não gostei: Não sei também. Não foi um filmaço pra mim. Mas não foi ruim.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Dev Patel (ou Pitel, como a Ariel já disse aí em cima) é um lindo e atua muito bem, MAS QUEM MERECIA A INDICAÇÃO COMO COADJUVANTE ERA O MENININHO. Sunny Pawar é um amorzinho e arrasa nesse filme, você só quer entrar na tela, pegar ele no colo e falar que vai ficar tudo bem.

>>> EDUARDO

O que eu gostei: De tudo? A história é incrível, desde o primeiro minuto me vi torcendo pelo personagem e envolvido com sua história. E essa história e contada de uma forma tão simples e até mesmo pura que não tem como você achar o filme pesado ou ruim por causa dos perrengues que o personagem passa. A fotografia também não deixa a desejar.

O que eu não gostei: É difícil por defeito numa história baseada em fatos reais ao mesmo passo que também é difícil dizer que foi um filme muito bem construído com uma história diferente ou que foge de clichês. A gente tá falando da vida de uma pessoa e das coisas que aconteceram com ela. Não dá pra sair inventando coisas pra fazer o filme ficar melhor. Podia ser melhor? Podia. Foi ruim? NÃO! Muito pelo contrário: É UM FILME MUITO BOM.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa?: Sim e também merece muito ganhar.


>>> TAIANY

O que eu gostei: Tudo? Eu tenho um grande problema em fazer criticas a filmes, pois me envolvo tanto com a história que acabo deixando passar muitas coisas. Lion conseguiu me transportar  para Índia, coisa que até então só Quem quer ser um milionário tinha feito. Eu acreditei na história, as situações me convenceram e sensibilizaram. Foi uma Índia real para mim, podre, sofrida, mas real. E como a Carol falou, eles falarem o dialeto local foi uma atenção que não estamos acostumados a ver em Hollywood, era assim que deveria ser sempre.

Uma coisa engraçada que aconteceu enquanto eu vi o filme. Mãe chega na sala e me vê chorando, ai eu pauso o filme para explicar e ela: "Ah, sei que filme é esse, falaram na Record. Não é aquele filme que acontece isso, isso e isso?". Eu não tinha visto nada desses acontecimentos ainda, ela me fez chorar mais e me deu um spoiler sem saber hahahahahaha

O que eu não gostei: Apesar de ter adorado o filme e dito que não precisava ver mais nenhum porque esse tinha que levar o Oscar, pensando agora, não é bem assim. Mesmo sendo um filme lindo e tocante, não tem nada muito de novo nele, é uma história que você pode confundir com qualquer outra. Além disso, a segunda metade do filme não é tão bem construída quanto a primeira. A gente fica querendo criar uma empatia com a família adotiva, entender a dinâmica deles, conhecer o adulto que o Saroo se tornou, mas tudo é meio superficial e parece ser contado de forma rápida demais. E a cena dele finalmente achando o lugar onde vivia não colou para mim, não daquele jeito.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Sim, mas acho que não vai levar de melhor filme não.


Moonlight - Sob a Luz do Luar



>>> BELLS

O que eu gostei: Do shipp que surge ao longo da história. E de ter assistido com a Taiany, porque rimos e zoamos horrores. E SÓ.

O que eu não gostei: PRATICAMENTE TUDO. Cara, na moral, onde que aquilo ali retrata as quebradas REAIS? Parece que esse filme foi feito pro povo da Academia e outros que vivem na sua bolha e nunca vão conhecer essa realidade. Além do mais, o filme é horrivelmente parado, os diálogos parecem saídos de um livro do John Green (ou seja, filosóficos demais, AS PESSOAS NÃO FICAM CONVERSANDO EM CÓDIGO ASSIM NO DIA A DIA, PELO AMOR DE DEUS) e o coitado do Chiron me dava nos nervos, tinha vontade de meter três tapas naquela cara pra ver se ele REAGIA. Desculpem, não tenho paciência não HGUIFDHGDFHGIDHFG

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Sobre merecer, sei não HAHAHAHAHAHA mas deve levar algo sim pois como eu disse, é um filme feito pra Academia.

>>> EDUARDO

O que eu gostei: Não só do que ele representa, mas como ele representa. Nem sempre um filme precisa ser agitado e cheio de ação e plot twists para prender sua atenção. Ele só precisa contar uma boa história sabendo em quais detalhes dar o maior foco. E é isso que Moonlight faz, fugindo dos clichês e mostrando que por mais que uma pessoa viva nesse ambiente hostil e carregado que para ele todo o resto não tenha importância, ou que essa pessoa não consiga viver e ter uma vida normal dentro daquela realidade que para ela é normal. Não focar em todas as coias ruins do meio que o personagem vive foi a coisa mais certa desse filme.

O que eu não gostei: Acertou no tom, no enredo e na mensagem que queria passar. Sinceramente, não tem o que falar de ruim.


Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Sim, e eu realmente quero que esse filme ganhe.

>>>JOÃO

O que eu gostei: ESSE FILME. ESSE. FILME. Tão sensível, cru e real. Atuações perfeitas, e uma das poucas vezes na vida que não fiquei incomodado com a troca de atores nas idades diferentes da personagem. Mostra a vida no subúrbio, mas com um olhar que vai além dos clichês. OS DIÁLOGOS SÃO NO PONTO. Moonlight é tão importante, coloca juntas tantas questões diferentes que eu nunca tinha visto serem trabalhadas ao mesmo tempo. Absurdamente e dolorosamente humano, todo mundo deveria assistir.

O que eu não gostei: Nada???????????

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa?: É pedir muito que leve melhor filme???? Pelas tantas mensagens que passa ou por ser um filme que não se vê quase nunca por aí, ele merece ser reconhecido. Mas deve perder pra La La Land, né.


>>> TAIANY

O que eu gostei: Não sei. Há algo que gostei, mas identificar o que foi é difícil, acredito que fui assistir esperando muitas coisas e quando começou, não era bem aquilo. Não vou dizer que sei como é viver no ambiente que o personagem principal vive, mas tenho contato com esse mundo, e nossa, não é nada daquilo que foi passado. Moonlight me pareceu um filme das quebradas cult, o problema é que não senti que se aprofundou nas relações como poderia ter feito, e nem nos sentimentos do protagonista. Foi só uma sucessão de fatos.

O que eu não gostei: Talvez a história que venderam do filme, não condiz com a realidade. Não tô falando que devia ter tiros e sexo a rodo, mas tirar a carga pesada do que realmente acontece é embelezar demais algo que não é bonito.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Não sei, mas acho que tem fortes chances de levar alguma coisa sim.

Manchester à Beira Mar



>>> ARIEL

O que eu gostei: Eu escolhi boicotar!!!! Não sou obrigada a ver filme com abusador e agressor (no caso, o Casey Affleck).

O que eu não gostei: --

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Amigos que viram acharam emocionante, mas também disseram que o único papel do Casey é ficar triste o filme todo. Espero que não ganhe.


>>> BELLS

O que eu gostei: Nada, pois me recusei a ver devido às denúncias contra o embuste Casey Affleck

O que eu não gostei: O próprio embuste. Fora isso, o filme deve ser até bom.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Não devia ser indicado, muito menos ganhar alguma coisa. Se isso acontecer QUEBRO TUDO.


>>> CAROL

O que eu gostei: Não assisti e não assistirei por causa das denúncias de agressão e abuso sexual contra o protagonista, Casey Affleck.

O que eu não gostei: Casey Affleck.


Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa? Só espero que o Casey Affleck não ganhe.


>>> JOÃO

O que eu gostei: Então, na missão de ver todos os indicados à categoria de melhor filme, me propus a assistir o filme apesar de Casey Affleck. E, pra ser sincero, saber do background dele atrapalhou um pouco minha experiência por uns bons minutos. Mas o filme conseguiu me pegar depois de algum tempo. A história é inegavelmente forte, cada personagem tem uma bagagem de dor nas costas que é impossível de não carregar junto pela entrega de cada ator trabalhando ali. Não é à toa que tem três indicações diferentes nas categorias de atuação, e, gente, A MICHELLE WILLIAMS FICOU NO FILME UNS QUINZE MINUTOS E DESTRUIU TUDO. Lucas Hedges também foi bom do começo ao fim, e ajudou o personagem do Casey a ser mais suportável.

O que eu não gostei: O filme é feito impecavelmente, não dá pra dizer muito. Cada pequena cena e enquadramento ou ação "insignificante" dizia muito sobre o filme, e foi uma experiência cinematograficamente rica até para alguém que entende pouco como eu. Se fosse reclamar de algo subjetivo seria o fato de ser pesado demais. Não tem UM momento leve ou de alegria nesse filme, e eu não tenho estruturas.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa?: Ator e atriz coadjuvantes merecem demais a indicação. Nem meu amor incondicional pela Viola Davis não me impediria de ficar feliz pela Michelle. Mas acho que, infelizmente, só o Casey é que vai levar algo.


Um Limite Entre Nós


>>> EDUARDO

O que eu gostei: Aquela primeira sequência do filme com o Denzel chegando em casa, sentando nos fundos com o amigo e a Viola Davis e tendo o mais longo e mais dinâmico diálogo que eu já vi na vida. Sério, eu me apaixonei naquele memento pelo filme e seus personagens e as atuações dignas do prêmio. Se o filme inteiro se passasse naquele momento com aqueles diálogos rápidos e precisos, eu estaria completamente satisfeito com tudo.

O que eu não gostei: Eu já estava tão ligado aos personagens e à história que a passagem de tempo veio para minha insatisfação. Eu queria VER tudo que ia acontecer e não só SABER como tudo tinha acontecido anos depois.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa?: Sim, com toda certeza. Se Viola Davis não ganhar esse prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (que não foi, porque Viola nunca é coadjuvante em lugar nenhum) pode mandar cancelar o Oscar que tá tudo errado. Denzel também merece muito essa indicação e ainda ouso dizer que a corrida está entre ele e Andrew Garfield.


>>> JOÃO

O que eu gostei: Esse filme tem bastante coração. Na maior parte do tempo eu me senti em livros/filmes como O Sol é Para Todos ou A Vida Secreta das Abelhas, que te inserem dentro de um ambiente e fazem se importar com tudo e todos que estão nele. Provavelmente é impossível chegar ao fim de Fences sem sentir nada pelas personagens, que tem atuações perfeitas e dramas que fogem do óbvio.

O que eu não gostei: Mas o que sempre me virá à mente quando eu pensar em Fences é MEU DEUS DO CÉU QUE FILME LENTO. Eu olhava os minutos toda hora e parecia que o tempo não passava, e demorou mais de uma hora até O acontecimento que abala tudo. A história é adaptada do teatro, mas não precisava ter diálogos tão maçantes assim. Acho que isso também impediu a fotografia de ir além esteticamente: maior parte do tempo é filmando só os atores e... é isso aí. Sem planos muito poéticos nem nada.

Mereceu a indicação? Vai levar alguma coisa?: Mereceu, sim, vai, até a de melhor filme. A história é poderosa, apesar do modo como foi contada, e Viola e Denzel dão um show. Viola principalmente, né, que fez eu levantar as mãos pro céu naquela cena que a fez ser indicada.


E aí, o que vocês acharam dessa última leva de indicados? Queremos saber agora de vocês!! 

TAGS: , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *