Ariel Carvalho caça-fantasmas

O novo Caça-Fantasmas me representa

19.7.16Ariel Carvalho


O novo Caça-Fantasmas era tudo o que eu precisava na minha vida e ainda não sabia.

Sou uma dessas fãzonas dos Caça-Fantasmas originais, de saber todas as falas e revê-los todas as vezes que encontrava eles passando na televisão. Imaginem então como eu SURTEI ao saber que iam fazer um filme novo.

No começo, o surto foi negativo, admito, e achei que tinha todo o potencial de estragar a franquia. Mas depois de ver os trailers, a lista de artistas da trilha sonora, e ver algumas entrevistas com o elenco, percebi que seria lindo. E, mesmo que fosse ruim, era uma oportunidade de ver Caça-Fantasmas no cinema, né? E quem sabe o Bill Murray (meu ator favorito) não aparecesse no filme?

Sem dar spoilers, posso defender que o filme é magnífico. Dentre todos os filmes do universo Ghostbusters, é o com mais credibilidade. Parece que ele foi mais bem pensado, mais bem elaborado. Você realmente acredita naquilo que as moças estão dizendo, coisa que nem sempre acontece nos originais.

Outra coisa que ele consegue fazer de forma excelente e que os outros nem tanto: fazer a personagem negra ser vital para a história. Por mais que eu ame o Winston, se tirássemos ele dos filmes, faria alguma diferença substancial? Qual é o verdadeiro papel dele nos Caça-Fantasmas? 

No novo, Patty é importantíssima para a equipe: ela tem um conhecimento absurdo da cidade de Nova York e, sem ela, as meninas não teriam nem um carro.

O filme é um prato transbordando para os fãs: traz MUITAS referências aos filmes antigos e à série animada e tem umas participações especiais fantásticas. Além disso, faz referência a diversos filmes de terror, o que é bem divertido no contexto do filme.

As piadas não são forçadas e o filme flui muito bem. Mas, dentre todos os aspectos positivos, a representação feminina é o mais importante. Enquanto eu estava lá, felizinha, vendo o filme, percebi que tinha alguma coisa nele me incomodando, porque parecia muito inédita. 

Só depois de muito pensar foi que tive uma epifania: eu estava sendo representada por um filme de comédia. Por mais que já tenha rolado essa identificação em comédias românticas e filmes de adolescentes, isso NUNCA tinha acontecido em um filme de comédia.


Se eu parar para pensar, quase todos os filmes de comédia que eu vi foram estrelados por homens e têm mulheres no elenco para serem aqueles estereótipos: a gorda engraçada, a negra que fala as verdades, a bonita que é gostosona. As únicas que eu me lembro de ter visto e me identificado acabam caindo na categoria de comédia romântica. No máximo dos máximos, eu me identificava com aquela coadjuvante legalzinha.

É meio absurdo dizer que, em pleno 2016, eu acho que Caça-Fantasmas está quebrando barreiras simplesmente por ter mulheres fortes, independentes (aliás, nenhuma delas menciona namorado ou afins) e complexas como protagonistas de uma comédia não feita necessariamente nos formatos de chick flick, mas é verdade.


Caça-Fantasmas mostra que nem toda mulher precisa achar Chris Hemsworth bonito, que podemos SIM ser inteligentes e bonitas ao mesmo tempo, que nossa vida não gira em torno de homem e que nossa vida é muito mais do que relacionamentos.

Outra questão legal é que é me senti representada não só como mulher, mas também como nerd. Nada da tradicional representação da mulher como obcecada pela beleza, por maquiagem e roupas: aqui, elas preferem experimentos, comprovar teorias e caçar fantasmas (hahahaha). Numa das cenas, elas leem comentários a seu respeito, e aquilo é só um gostinho do que é ser mulher nerd. 

Esse foi, talvez, o filme mais girl power do ano: a equipe contava imensamente com mulheres, e toda a história mostra que uma mulher é mais, muito mais, do que como é normalmente representada.

As mulheres de Caça-Fantasmas
Vale a pena ver, se você for fã ou não, porque é um filme lindo e - eu espero - o pioneiro de muitos que virão com mulheres maravilhosas como protagonistas. Não somos todas iguais, e é muito reconfortante ver um filme que reforce essa noção.

Ah, e como vi muita gente saindo mais cedo do cinema, um aviso: FIQUE ATÉ DEPOIS DOS CRÉDITOS FINAIS. Sério. Principalmente se você viu os dois primeiros filmes, tem uma cena extremamente importante.

5 conversinhas + favorito siiiiim, porque que filme!

TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *