CCMúsica Elilyan Andrade

Para quem gosta de música: Fleur East

1.3.16Elilyan Andrade


Sabe quando você se sente tão triste que não consegue desabafar sem cair no choro? Bem, eu estava me sentindo assim. Estava tão desanimada e chateada que comecei a me sentir irritada e não conseguia me concentrar em nada além dos meus sentimentos. Como boa geminiana que sou odeio olhar para dentro e encarar meus sentimentos, então fui correndo atrás de algo para me fazer ignorar a dor e eis que começa a tocar Fleur East no mp3. Durante os versos de “Tears Will Dry” percebi que parte da nuvem negra que povoava minha cabeça foi soprada para longe, então decidi compartilhar com você esse antídoto contra a tristeza. 


Como você já deve ter percebido a Fleur East é uma cantora. A britânica ganhou os holofotes em 2014, quando participou do X Factor UK (aquele reality que lançou One Direction, Little Mix e um monte de outros artistas incríveis). Na audição Fleur já chegou chegando: soltou a voz cantando "Ordinary People" de John Legend (simplesmente amo essa música). Já na arena escolheu "Fine China", de Chris Brown mostrando que não tem medo de polêmica. Durante toda sua trajetória no programa a Fleur fez apresentações maravilhosas, mas foi a performance D-E-S-T-R-U-I-D-O-R-A de “Uptown Funk”, parceria entre Mark Ronson e Bruno Mars, que fez todo mundo amar cantora. Como a galera que vota no X Factor UK é um bando de trolladores é obvio que a Fleur não ganhou (ela ficou em segundo lugar), mas mesmo assim o Simon Cowell assinou com ela (porque ele não é besta).



Foi através do álbum de estreia que conheci a Fleur. De acordo com a artista, Love, Sax and Flashbacks é “um tributo a vários estilos de música, nomeadamente, ao funk. Também fui influenciada pelo hip pop, pela disco e pelas sonoridades dos anos 80. Os meus pais tocavam música e gostavam de Michael Jackson. Por isso as minhas influências são variadas”. Além do Rei do Pop, a cantora também afirmou que é fortemente influenciada por Pharrell Williams, Alicia Keys, Emeli Sandé, Ed Sheeran, Sade, Beyoncé e Destiny’s Child



Filha de uma mãe ganense e pai inglês, Fleur disse em uma entrevista que intimidações racistas fez sua vida um inferno durante a escola. Ela disse que o amor dos seus pais ajudaram a superar os comentários. Hoje, aos 28 anos, a cantora afirmou que ainda carrega as cicatrizes dos insultos sobre a sua cor de pele, mas por ter recebido o apoio dos pais é uma pessoa centrada e positiva e por isso criar música para elevar o espírito. Então é isso, tá precisando elevar o astral? Então ouça Fleur East.


TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *