Brooklyn CCFilmes

Intensivão do Oscar: Brooklyn

24.2.16João Pedro Gomes





Uma moça da Irlanda que, com muita coragem, larga o pouco que tinha e vai para a América em busca de uma vida digna. Tadinha, nem sabia o quanto uma viagem de navio deixaria parte dela largada no oceano, abrindo espaço para uma nova Eilis se formar dentro dela bem ali, naquele bairro peculiar chamado Brooklyn.

ISABELLE (@theseabells): Fui ver esse filme meio surpresa, já que a sinopse indicava ser um romancezinho com pitadas de drama e não imaginava que algo assim poderia ser indicado a melhor filme HGUHGUFDHGUDHFGD e quado terminei de ver, a pergunta continuou. COMO ELE FOI INDICADO? Por que assim, ele é fofo, é uma deliciazinha de ver, porém nada arrebatador. Me pareceu só mais um filme água com açúcar, sem nada especial (e olha que eu amo filme água com açúcar). Alguém me explica o que aconteceu? xD

Nota: 3,5 conversinhas. É um tipo de filme que passaria na Sessão da Tarde q

"passaria na Sessão da Tarde"

TAIANY (@Tataserenissima)Estava eu esperando um bom filme de terror para brindar a noite e eis que Isabelle me vem com esse romance dramático (?). Mas tudo bem, eu não sou de dispensar romances, ainda mais quando a sinopse diz que terá um bombeiro italiano como protagonista. Qual não foi minha decepção quando o italiano não parecia em nada um italiano e ele não era socorrista e sim bombeiro hidráulico :/

Mas vamos ao filme, indicado à 3 categorias. Brooklyn me pareceu mais um filme que eu veria no Corujão da Globo do que ser o ganhador de melhor filme, até porque, em comparação ao ganhador do ano passado, esse teria que se superar muito para chegar ao mesmo nível. De qualquer forma, até que a história é legal, e o jogo das cores do filme variando de acordo com os humores da protagonista ficou bem interessante, mas foi só isso. Com uma fotografia que deixou a desejar (as fotografias externas pareciam montagem), e um enredo sem grandes surpresas, Brooklyn me parece só mais um filme que não vai fazer nem tchu na corrida pela estatueta.

Nota: 3,5 conversinhas porque é fofinho, mas só isso.

"fofinho, mas só isso"
EDUARDO (@dudusfe)Brooklyn é um filme simples e apaixonante. Divertido na medida certa e que transpira um só sentimento: a saudade. Um sentimento que todos experimentamos, pelo menos um vez na vida, em diversas formas e intensidades.

Não é uma grande obra que poderia mudar o cinema como a gente conhece ou coisa do tipo, mas Brooklyn me ganhou por ser despretensioso. Por ter feito eu me lembrar de todas as vezes que já senti saudade, de todas as vezes que eu queria largar tudo e voltar para a casa dos meus pais. Por todas as vezes que eu decidi ficar.

Eu consigo ver porque mereceu essa indicação à Melhor filme, mas não acho que tem grandes chances de levar a estatueta. Porém, seria muito bom ver Saoirse ganhar como Melhor Atriz por esse filme.

Nota: 4 conversinhas

"um filme simples e apaixonante"

JOÃO (@Coisas_do_Joao)BROOKLYN. MEU DEUS. Eu tinha lido as resenhas de todo mundo antes de fazer a minha e tava decepcionadíssimo com essa sensação de "concorrendo à melhor filme? Cê não tinha nem que tá aqui, Brooklyn". E o pior é que eu tava exatamente assim até a metade do filme: realmente parece uma história romântica simplesinha da moça inocente que vai morar na cidade grande (no caso, em outro país) que não vai à lugar nenhum.

Mas o poder dos plot turns é forte, crianças. Fortíssimo. De repente, e utilizando recursos geniais de tão simples (como o modo de vestir roupa de banho), Brooklyn se torna uma história sobre pertencimento, sobre como um lugar novo pode te transformar por completo sem que você perceba, e sobre achar um lar quando sua casa de origem deixa de sê-lo.

Não vou mentir e dizer que é um filme perfeito, porque não é. O começo, apesar de bonitinho, é arrastado, e a atuação de um dos atores principais é sofrível. Até o garotinho de 8 anos que faz o irmão dele é mais genial. E além de umas cenas claramente feitas em CGI, toda a parte técnica é bem simplória. Mas a mensagem desse filme, entregue brilhantemente pela Saoirse Ronan, foi o que mexeu comigo de verdade. Vou carregar Brooklyn aqui no coração por um bom tempo, e apesar de não parecer muito genial a princípio (principalmente se comparado com outros da categoria), seu lugar na lista de melhores filmes é muito merecida.

Nota: 4,5 conversinhas.


Título: Brooklyn
Indicações: Melhor filme, atriz e roteiro adaptado
Direção: John Crowley
Roteiro: Nick Hornby (roteiro), Colm Tóibín (livro original)
Elenco principal: Saoirse Ronan, Emory Cohen, Domhnall Gleeson
Duração: 105 minutos
Ano: 2015

Nota geral:


TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *