Ascensão da Força Sombria CCLivros

Ascensão da Força Sombria, de Timothy Zahn

22.12.15Isabelle Fernandes


Depois de longos meses, finalmente terminei de ler o segundo volume da Trilogia Thrawn, Ascensão da Força Sombria. Apesar dessa trilogia demorar a engatar (nesse e no primeiro livro a história começa a ficar sinistra mesmo bem depois do meio), o enredo é MUITO BOM, muito bem construído e acontecem coisas que me dá vontade até de roer a unha.

E o final....tô com raiva até agora de ter que esperar pelo terceiro HUFIDHGIHDFIGHD

Antes, uma confissão: não sei como começar essa resenha. Quem acompanha o Balanço de Leituras talvez se lembre que Ascensão da Força Sombria vem sendo citado em meses aleatórios desde o meio do ano, mais ou menos. Eu começava a ler, surgia outro livro mais emocionante e eu parava, só conseguindo terminar agora no fim do ano, praticamente. Então, como vocês podem imaginar, eu não lembro dos detalhes do começo até mais ou menos o meio do livro.

Tudo o que eu me lembro é que o caçador de recompensas Talon Karrde e sua associada Mara Jade passam a ter protagonismo na história e se metem em altas confusões. Han Solo e Lando acabam indo tentar resolver uma bomba política na Nova República que tá que nem a situação aqui no Brasil, só que sem viagens espaciais e a ameaça de um Império HFUISHDGIUFDHGHDGHD. Leia vai até o planeta natal do seu quase assassino o que foi a pior ideia que ela poderia ter tido e o idiota do Luke vai direto até Joruus C'boath, o jedi maluco. Deu muita merda né, vocês devem estar pensando.

Sim, deu muita merda. Cês não tem ideia.

Pensamento que deve ter passado pela cabeça do pessoal em meio às tretas

Tudo, absolutamente TUDO que poderia dar errado (pra Leia e pro Han, principalmente), deu errado. Foi um negócio de louco. Como se já não bastassem as tretas já existentes, cada um deles foi descobrindo à sua própria maneira a existência de uma frota mítica que poderia fazer a diferença na batalha contra o Império...só que eles também ficaram sabendo disso. IMAGINEM. APENAS IMAGINEM.

Um padrão que eu percebi nos livros do Zahn é que a princípio parece que cada ponto de vista tem o seu próprio problema pra resolver e que não tem nada a ver com o problema dos outros. Aí, no decorrer da história, as histórias deles vão se aproximando, se aproximando até que no final do livro todo mundo tá no mesmo barco e a coisa fica frenética. Han, Luke e Leia (cada vez mais grávida e se metendo em uma série de confusões DEUS DO CÉU) não tem descanso, minha gente. Não tem um momento pra respirar. É só bordoada na cara!!! E parece que no último livro as coisas só vão piorar....

RITMO DA COISA

Outro padrão é que o autor não é lá muito bom nas questões de afeto e relações afetivas. Vamos combinar: um casal com Han e Leia, prestes a ter gêmeos e que mal conseguem se ver ou se falar, estando no meio de uma situação muito instável e perigosa deveriam estar arrancando os cabelos. Só que durante todo o livro eles mal lembram um do outro. Um pensamentozinho aqui ou acolá e só no final é que enfim aparece alguma coisa mais concreta. Isso podia ser mais um elemento dramático pra história, mas me passou a sensação de ficar em segundo plano. Até entre o Luke e a Leia não tem muitos pensamentos voltados um pro outro, o que difere muito da vibe deles nos filmes. Pelo amor de deus, as pessoas estão em meio a missões absurdas e confusões a perder de vista! Como é que não iriam surtar preocupadas uma com as outras?

E falando em afeto, terminei o primeiro livro achando que a tal coisa que eu tinha lido na Star Wars Wiki enfim seria abordada nesse, porém: não. Já estava chegando no final do livro me perguntando quando é que eu ia conseguir shippar plenamente Luke e Mara quando finalmente recebo um mísero indício. Aí o livro acabou HDUASHDSHDUSAHDI, tá difícil arrancar emoção disso aí, hein. Talvez seja por isso que eu não conseguia seguir com a leitura sem parar, porque preciso de relações, ligações emocionais entre os personagens e entre eu e a história. Não consegui ter isso com Herdeiro do Império e Ascensão da Força Sombria, e sei que não vou ter com o terceiro. 

Ainda assim, os livros me cativam pelas tretas e agora estou ansiosíssima para que O Último Comando chegue logo. Estou no aguardo.

TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *