clube de escrita Dana Martins

Clube de Escrita: 5 links com dicas que me ajudaram

26.11.15Dana Martins

Na imagem de capa: Foto de uma parte de um mural de fotos (folhas impressas) com uma folha onde foi impressa uma foto dos 4 atores que fazem os Vingadores (Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Hulk) apontando para a câmera, embaixo a legenda "você deveria estar escrevendo". No canto do mural dá pra ver o pedaço de uma outra folha onde está o Hulk.

Então, no meu último Clube de Escrita eu ia colocar esses links, mas acabou ficando meio grande e eu pensei: e se eu fizer um separado com as coisas legais sobre escrita que eu saí acumulando nessa semana? Uma coisa que eu tava pensando enquanto escrevia meu último post que muita dica que a gente vê por aí parece algo "tá, ok", mas às vezes no meio do desespero da escrita, quando tudo parece perdido... EIS QUE SURGE A LEMBRANÇA DE QUE FULANO FALOU X COISA E ME SALVA. 


E, só pra constar, tem em português também. :P

1- 5 writing tips from fiction authors 

A que eu mais gostei foi a primeira, talvez porque foi nova pra mim e eu gostei de como fala que escrita é representação e sobre descrições que evocam sentimentos. Tipo, isso é algo que eu tenho percebido muito descrevendo as imagens no CC para pessoas cegas (todas as imagens e gifs desse post têm descrição). Eu não posso descrever tudo detalhadamente, às vezes fica mais confuso do que expressivo ou eu não tenho tempo (às vezes é realmente desgastante). Então eu comecei a buscar uma forma de passar a ideia do que tá acontecendo, em vez da lista de supermercado do tipo "tem um cara branco em pé, com a mão esticada, camisa azul...". Enfim, é legal pra pensar. 



Basicamente, Van Gogh falando sobre não ter medo de errar e bloqueio criativo, porque é óbvio que até ele tinha problemas. Se pra gente que escreve o problema é a página branca, pra ele era a tela branca. E já que estamos aqui: indico o Brain Pickings inteiro!



Neil Gaiman sobre o desespero de ficar perdido no meio da história.

No gif: O autor Neil Gaiman falando, com seus cabelos pretos bagunçados e terno preto, em frente a um fundo azul. Em cima a legenda. (é um texto grande, mas diz pra introduzir os personagens em um bar, pra colocar eles em algum contexto estranho, tipo que o antagonista é o barman, ou o protagonista tá tocando piano.)



Neil Gaiman falando umas coisas malucas, mas que podem inspirar na hora de trabalhar histórias. 



O Quase Escritora é da Gih, e ela tá fazendo um diário do Nano (são trechinhos de como foi cada dia dela) e é bem legal. Me deu até vontade de sair fazendo isso também e ir escrever. O NaNoSaga é diário da Isadora, que é a mesma coisa, só que um resumo mais geral semanal do que tem acontecido. Acho tão importante quanto os famosos, porque são pessoas da minha realidade passando as mesmas dificuldades que eu, então é um incentivo extra de "eu não estou sozinha!!!" 

No gif: Um homem de costas sentado na cadeira em frente a escrivaninha com o notebook aberto batendo as mãos e tamborilando na mesa animadamente. A legenda diz "isso é bom."


Lembrando que, é óbvio, tem as nossas postagens do Clube de Escrita já com uma coleção de textos aqui de anos.

Vou terminar com um trechinho no livro Fangirl, da Rainbow Rowell, que a protagonista é escritora e foi um livro que me deu o maior empurrão na minha vida de escrita. Esse trecho especificamente fala sobre escrever merda no primeiro rascunho. 

"This wasn’t good, but it was something. Cath could always change it later. That was the beauty in stacking up words—they got cheaper, the more you had of them. It would feel good to come back and cut this when she’d worked her way to something better."*

(*se você tiver o livro em português e puder ver a versão traduzida pra mim, por favor me manda!)

Por enquanto são esses. Se eu encontrar mais eu coloco no meu diário de NaNo no Clube de Escrita aos domingos ou até faço outro post desse. Se você tiver algo pra indicar, indique também. :)


TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. DANA CÊ QUER ME MATAR ME CITANDO AQUI NÉ?
    Se eu tivesse aparecido na Globo não tava saltitando tanto quanto estou agora!! E JUNTO COM A GIH AINDA! <3
    Surto a parte, vamos lá: O próprio Clube de Escrita daqui do CC já é minha fonte de dicas. Sempre que quero escrever mas não sei como eu corro pra cá para ler e reler os posts da coluna, mas tenho que admitir que me apaixonei perdidamente por esse post. Primeiro por conta do Neil Gaiman ser citado. Acho que se existe alguém capaz de motivar qualquer um é ele! Assisti um discurso dele numa formatura e quase chorei de tão "OMG QUERO SER QUE NEM VOCÊ". O cara é incrível! Ah, e ainda tem Van Gogh! Eu não conhecia essa carta dele (como qualquer outra), mas achei maravilhosa e caiu num momento incrível: VAN GOGH É CITADO NO MEU PROJETO E EU ESCREVI UM CAPÍTULO SOBRE ELE HORAS ATRÁS <3 Que timing perfeito! Mas, voltando ao texto dele: me relacionei muito pois tenho aquele medo de página em branco quando na verdade ela é quem deveria ter medo de mim.
    Eu amei esse trecho de Fangirl no final e achei uma indireta e tanto pra mim (não uma indireta vinda de você, claro, mas vinda do destino maybe) porque é justamente isso que eu preciso aprender, eu preciso saber que eu posso escrever bostas e cocozinhos as vezes porque depois tem a hora de mudar isso pra melhor e, sinceramente, estou quase lá! Muito isso graças a você (e também a Gih do Quase Escritora e de outras gurias maravilindas que conheci no twitter graças ao NaNoWriMo).
    Então valeu, Dana, não só por me citar aqui *ainda saltitando*, mas também por todo apoio <3

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *