beleza CCdiscussão

É você quem escolhe o que quer vestir

1.8.15Colaboradores ConversaCult


Revistas de moda são unânimes: nem todos podem usar determinada roupa. Estilistas, modelos, entendedores de moda, cada um vem destacar os pontos fortes e apontar o que ficaria melhor para tipos específicos de pessoas. O que mulheres altas, baixas, magras, gordas, com muito peito ou com pouco, devem vestir. Não importa a estrutura do seu corpo, eles vão saber o que fica melhor em você. 

Nós aprendemos a disfarçar os pontos fracos e a ressaltar os pontos fortes. Até aá tudo bem, tudo ótimo, mas há um problema. E quando mulheres gordas (ou quaisquer outras mulheres, aqui vou falar sobre roupas para mulheres gordas, mas nos comentários vocês podem me dizer sobre suas dificuldades também) querem usar roupas que supostamente elas não podem? Listras horizontais? Tutu? Branco? Nãooooooooo, isso não pode, isso não te valoriza, isso te engorda. Nessas horas só há uma saída: deixar de usar aquilo que queria e seguir as regras da boa vestimenta. 

Mas não fique triste, é só trocar as listras horizontais por listras verticais (que emagrece), é só trocar o vestido de tutu por um de cintura alta (vai disfarçar a barriga e não vai te deixar igual uma capa de botijão de gás), é só trocar o branco pela roupa preta (preto é a arma das mulheres, preto emagrece). No fim, é só soterrar tudo o que você quer e se encaixar nos padrões que nos apresentam. Se fazer essas trocas não te incomoda, parabéns! Porém se você que usar tanto o macacãozinho quanto a calça jeans com uma bata, deixa eu te falar amiga, VOCÊ PODE.

Mas Taiany, alguém diz, essas roupas vão ficar horríveis e vão fazer a pessoa parecer uma orca. Bom, eu tenho uma resposta para isso. Primeiro, se o fulaninho que vestiu a roupa se sentiu bem com ela, eu não tenho que despejar minha opinião, que como o nome já diz, é opinião, e falar que ela tá horrível. E segundo, qual o problema com as orcas?

Não estou querendo dizer que não é bom valorizar o que há de mais bonito em você, muito pelo contrário, temos que fazer justamente isso. No entanto, valorizar nossos pontos fortes não significa esconder quem somos. Desculpa sociedade, se eu sou gorda, nenhuma roupa vai mudar esse fato. Mas, se ainda assim, você que está aí do outro lado tiver a certeza que mulheres gordas com determinadas roupas não dá certo, bom, vamos começar a desconstruir isso com as imagens a seguir.

Lingerie é para todas as mulheres.
Tudo começou quando eu vi um ensaio da blogueira Tanesha Awasthi (procurei o dito ensaio na internet toda e não encontrei, mas vou colocar algumas fotos dele aqui) em que ela vestia roupas “proibidas” para mulheres gordas e uma modelo magra vestia o mesmo estilo de roupa. As duas ficaram lindas para mim, e algumas roupas estavam até mais bonitas na Tanesha. Nesse dia eu percebi que a vida era minha, e eu podia fazer o que quisesse. 

Tenho paixão por saias rodadas, quanto mais cheias melhor. Então, por que não usar? Por que não usar aquele short curtíssimo que você adorou ou a saia drapeada ou qualquer outra roupa que tenha te encantado? A moda está aí para servir de base; os consultores de moda, para ajudar, dar dicas; mas nunca para determinar o que você tem que fazer. Se isso estiver acontecendo, pare e não permita que outros tomem suas decisões por você. Eu sei que é difícil, mas caramba, você tem que reconhecer a pessoa que olha de volta para você no espelho. 

Agora, sem mais delongas, a Tanesha Awasthi e algumas roupas do ensaio.

Modelito 1 - listras horizontais

Modelito 2 - mais listras horizontais

Mas Taiany, cadê o biquíni? A calça legging? De vestido todo mundo fica bem. Quero ver com roupa que marca o corpo.

Vocês pediram, então vamos lá.

Legging dá certo!


Quero essa legging pra ontem



Branco dá certo!





Olha que coisa mais linda, gente


Roupas de banho dá certo!








Saias de tutu dá certo!




Esse modelito, meu sonho de consumo


Macacão dá certo!



Essa mulher é muito linda e a roupa só valoriza isso



Cropped dá certo!


Uma foto só porque estou estirada no chão por amor a essa imagem.

Eu queria colocar tanta coisa aqui, como saias rodadas, blusas de alça ou tomara que caia, vestidos de noiva, balonês e saruel, que eu acho feia em qualquer pessoas mas a questão é justamente essa. NÃO IMPORTA A MINHA OPINIÃO. VOCÊ É QUEM ESCOLHE A ROUPA QUE QUER USAR, APESAR DE TODAS AS DICAS DE MODA QUE EXISTEM, AINDA ASSIM, É VOCÊ QUEM ESCOLHE COMO SE VESTIR.

Então pessoas, quando alguém vir te dizer que mulheres gordas não podem vestir determinada roupa, abra um sorriso, vista a roupa e arrase.

Beijinho no ombro para quem fala que você não pode fazer, seja lá o que quiser.


Sobre a autora:

Olá, eu me chamo Taiany e às vezes vocês veem textos meus aqui. Adepta da filosofia de que ler é a melhor maneira de encarar a vida, meu sonho é abrir uma livraria com um espaço gratuito para novos escritores e um café aconchegante. Sou apaixonada por filmes e acho que nunca vou conseguir ver todos que queria, mas vejo mais do que imaginava. Rock e mpb são meus combustíveis e Legião Urbana é o que me define. Acho que é isso, prazer.

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

8 comentários

  1. Mulher, seus textos <3 Não para, não, porque tá lindo, tá maravilhoso ahha E é tão importante!

    Eu lembro que uma vez eu li em um blog a garota falando que foi comprar um cropped e a mulher disse para ela que para gordo não ficava bom. Ela disse que comprou dois. ~dancinha~

    Já é difícil ter certas roupas para pessoa gordas e eles ainda querem dizer o que pode ou não pode. Eu fico muito revoltada/frustrada com isso. É como dizer "tudo bem ser gordo, mas não precisa ficar se mostrando".

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua frase do final "tudo bem ser gordo, mas não precisa ficar se mostrando" é exatamente isso. Tudo bem, só que sempre tem um mas implícito. Tá mudando. Eu acredito. Obrigada pelo seu comentário, vê que alguém acha importante, vê que alguém percebe como é importante, é o que eu quero. Que façamos diferença.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Olás! Hoje vim pra causar discórdia, hahaha! :P
    Mentira, vim só pra discordar um pouquinho:

    "Nós aprendemos a disfarçar os pontos fracos e a ressaltar os pontos fortes. Até aí tudo bem, tudo ótimo."
    Não, não está. *insira emoticon do Grumpy Cat aqui*

    "Não estou querendo dizer que não é bom valorizar o que há de mais bonito em você, muito pelo contrário, temos que fazer justamente isso."

    Também não. E se eu não quiser "ressaltar meu ponto forte"? Valorizar "o que há de mais bonito" em mim? Aliás, esses pontos fortes e esse "o que há de mais bonito em mim"... É na opinião de quem mesmo?

    Eu acho que essas duas partes meio de destoaram do título do post (é VOCÊ quem escolhe o que vestir; sou eu mesma?) e da ideia dele. A partir do momento em que você fala que uma pessoa tem que ressaltar pontos fortes ou valorizar, você já está interferindo na maneira que ela veste.

    A Aline Valek tem um texto muito bom chamado Esteticamente Incorreta, onde ela fala sobre não ser bonita e estar diboinha com isso. Acho que vale o mesmo pra moda: se eu gosto da roupa, se ela me veste bem NA MINHA OPINIÃO, por que eu deveria me preocupar se estou ou não ressaltando/valorizando alguma coisa? Ex: você não pode vestir peça X com peça Y porque achata sua silhueta. Se eu me sinto bem com a combinação, por que deveria me preocupar em não achatar a silhueta?

    Acho que um dos maiores problemas ultimamente é essa coisa da interferência na vida alheia. Quando alguém comenta ~superficialidades comigo sobre como fulano está vestido/calçado/maquiado, meu primeiro pensamento é, "mas colega, sua vida deve estar muito boa pra você não ter preocupações com ela e poder ficar ficar vigiando a dos outros, né". Um dia alguém ainda vai me pegar na pá virada e vai ouvir o que não gostaria.

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da sua resposta. Qdo digo valorizar e descartar pontos fortes seria na opinião da própria pessoa, mas entendo o que vc quer dizer. As vezes sem querer propagamos o discurso que estamos indo contra. E eu quero justamente isso, apontar o que aprendi e aprender com outras pessoas.
    Gostaria de ler esse texto que vc leu, se puder me mandar o link ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://www.alinevalek.com.br/blog/2013/07/esteticamente-incorreta/


      Tem esse também:

      http://thinkolga.com/2013/11/12/pelo-direito-de-ser-imperfeita/

      Excluir
    2. Olhei, e adorei, principalmente o que ela diz ser feia.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *