2015 Brenda Cordeiro

O que esperamos de 2015 - Parte 2

31.12.14Elilyan Andrade


O que você espera de 2015? Essa pergunta é super fácil de ser feita, mas complicada de responder. Esta na hora de conferir o que o restante da equipe respondeu essa infame pergunta. (veja aqui a parte 1)

>>> Dana - @danagrint

Tá, eu descobri que quero muita coisa de 2015. Mas acho que essas são as 3 principais.

1 - Ser gorda

Não, eu não sou magra. Sim, eu sou gorda. Não, eu não estou dizendo que quero engordar (apesar disso ser irrelevante). Eu quero é ser mais gorda. Como assim, Dana? Sabe, aqui no blog a gente fala de feminismo, sobre temas LGBT+, já falei sobre racismo... Eu só ainda não falei sobre ser gorda. Não sobre ter 500kg e estar a beira da morte, sobre a ideia de ser gorda. Eu não sei como, mas esse é um assunto que passa direto nas discussões, é como ter um monte de gente revolucionária, mas, calma aí, não tão revolucionária. Então em 2015 eu espero pensar mais sobre ser gorda. Se eu conseguir, você com certeza vai ver o resultado aqui. (uma meta prática: fazer série de textos sobre o tema)

2 - Continuar com o meu espírito Avatar

E tudo o que The Legend of Korra me inspira a ser mesmo que a série acabe. Eu quero continuar me transformando e sendo mais quem eu quero ser, mas pra isso eu preciso de coisas que me lembrem quem eu sou - The Legend of Korra é uma delas. Com o fim da série, eu tenho medo de me perder, mas espero que eu continue conectada com o meu espírito Avatar e indo em frente. Isso também conta como algo importante: lembrar de mim. De quem eu sou, do que eu quero, do que me faz bem e colocar isso em primeiro lugar. Faz sentido? Eu acho que às vezes o mundo passa tão rápido que me atropela. Eu só quero viver... bem. (uma meta prática: passar mais tempo não fazendo nada?)

3 - Entender o que diabos eu quero fazer com essa porcaria de ConversaCult

Em 2014 eu me dei conta de uma coisa: o CC não é só um caso. Eu realmente gosto de escrever, eu realmente quero transformar isso aqui em... algo. Eu espero até o fim de 2015 ter descoberto o caminho. (Uma meta mais prática: terminar a base do novo layout o.ó)

>>> Brenda - @brendacr

Vou confessar, sofri um pouco pra conseguir escrever aqui o que eu quero de 2015... Porque percebi que, por incrível que pareça, 2014 foi um ano muito bom pra mim. Então não fiz nenhuma lista ou plano para o ano que vem. Mas aqui vão algumas coisas que colocaria nessa lista:

1 - Estudar mais

É, eu sei que todo mundo promete isso "ah, ano que vem eu vou estudar mais", "período que vem eu passo em tudo direto" e coisas do tipo. Mas no meu caso eu quero realmente me focar mais na faculdade e estudar não só para passar nas matérias, mas para aprender as coisas de verdade. Eu preciso que caia minha ficha de que, em 2 anos, serei médica. Preciso amadurecer muito mais até lá e pretendo me focar bastante nisso ano que vem.

2 - Viver mais

"ai Brenda, que coisa mais clichê!" mas é isso mesmo. Preciso viver mais, me importar menos com certas coisas, ter experiências novas, fazer coisas novas. Já comecei com esse processo no final desse ano e pretendo continuar assim ano que vem.

Meu objetivo é tentar ser mais extrovertida, menos tímida, ter menos medo de coisas e pessoas, falar mais o que penso, expor minhas opiniões sem medo de ser julgada, etc. Até porque já tenho 21 anos, tá na hora de começar a crescer um pouco!

3 - Cuidar da saúde

Mais uma da lista "coisas que todos prometem". Realmente talvez essa seja uma das coisas mais difíceis para mim, porque eu sou extremamente sedentária e não suporto academias (mesmo!), então sei que vai ser um desafio. Mas pretendo fazer alguns exercícios, caminhadas e coisas do tipo. Não apenas para emagrecer (porque esse ano já tive um grande avanço conseguindo perder 12kg), mas para tentar ficar em paz com o espelho, gostar mais de mim mesma e melhorar minha saúde. É isso.

>>> Paulo - @paulovsantana

Não sou de fazer planos para o ano que estar por vir, mas dessa vez é algo até necessário. 2015 vai ser meu último ano na escola - ano de encerramentos, ano de reflexões, ano de mudanças. Toda a minha vida vai girar em torno disso, então preciso definir o que eu quero para que depois não me perca no meio do "furacão".

1- Respirar

Esse é o passo fundamental para viver em equilíbrio e harmonia. Eu costumo me cobrar muito - mais do que deveria, até -, mesmo sem pressões externas. Nesse ano de vestibular, então, a tendência é piorar: além do mini-Paulo que vive na minha cabeça se desesperando, o tempo inteiro vão perguntar o que eu quero fazer da vida, afinal. Por isso, não posso esquecer de relaxar e me manter no presente. Meta prática: pesquisar técnicas de meditação e relaxamento e incorporá-las no meu dia-a-dia.

2- Escrever

A vida vai estar uma confusão com toda a preparação para o vestibular e com os projetos que pretendo iniciar ano que vem, e não posso deixar que isso tire o foco de algo que eu realmente quero fazer na vida: escrever. Até o fim do ano que vem, quero ter pelo menos uma história terminada, pode ser até aquele rascunho mais simples. O importante é trabalhar minha escrita. Meta prática: planejar nas férias uma história e iniciá-la, determinando uma meta de escrita possível de ser alcançada.

3- Permitir novas experiências

Uma coisa que eu percebo em mim ao longo dos anos é que eu já reprimi diversos desejos por medo do julgamento alheio, o que me impediu de descobrir muitas coisas sobre mim e sobre a vida. Portanto, é importante que, nesse próximo ano, eu me abra para novas experiências e me permita viver todas as oportunidades que a vida me der. Meta prática: listar coisas que eu sempre quis fazer e realizar tudo, do início ao fim.

>>> Valentino - @PerksGuy

Tinha pensado nesse post. Comentei com a Dana aí fui saber que a Elilyan e a Bells tinham criado já. hahaha Espero que a gentileza seja presente na tua vida e que seja fiel e determinado para com suas metas e ''esperas''. Mudança + ação = lucro, mudança - ação = mesma porcaria.

1- Shows nacionais

Isso é uma das coisas que vêm me incomodando bastante. Fulaninhos vêm da casa do caramba e eu vou, aí tem um show de um brasileiro, meu vizinho e eu não vou. Esse ano vou em mais shows nacionais ou pelo menos nos que eu gosto. Foco em: Marisa Monte, Ana Carolina, Banda do Mar, Natiruts, Ivete Sangalo, Monobloco, Tiê, Clarice Falcão e Maria Gadú. Se for bem fácil: Silva, Tiago Iorc e Cícero também.

2- Me expandir 

A vida vai estar uma confusão com toda a preparação para o vestibular e com os projetos que pretendo iniciar ano que vem, e não posso deixar que isso tire o foco de algo que eu realmente quero fazer na vida: escrever. Até o fim do ano que vem, quero ter pelo menos uma história terminada, pode ser até aquele rascunho mais simples. O importante é trabalhar minha escrita. Meta prática: planejar nas férias uma história e iniciá-la, determinando uma meta de escrita possível de ser alcançada.

3- Secar

Apesar de certa maneira secar estar relacionado com o de cima, pus anyway. Esse ano é um bom ano pra o meu fuckin' tanquinho aparecer. Estou a anos trabalhando no meu corpo e vou perdendo de pouquinho em pouquinho, se eu realmente vier morar pro Rio eu vou mudar monstruosamente. Não pretendo virar monstro, só quero definir, desenhar o corpo. Se eu ficar na minha cidade, vai ter mudança, mas nada absurdo.

>>> Elilyan - @elilyan

Dei a ideia desse post colaborativo lá no QG do CC, mas ando numa fase tão complicada que quase o abandonei; se não fosse um puxão de orelha bem dado da Dana era bastante provável que não estaria participando. Só a Dana para saber a hora exata para gritar um "ACORDA, MENINA!". Não é à toa que ela é a nossa Katniss.

1 - Me realizar

Abandonei a publicidade definitivamente e agora estou um pouco perdida. Na verdade sei o que quero, mas para realizar meu sonho ainda são necessários alguns anos, ou seja, me sinto um pouco perdida no momento. Apesar de toda confusão profissional que me meti, decidi que em 2015 vou dar um jeito na bagunça. A primeira meta é encontrar um emprego que me satisfaça financeiramente e emocionalmente.

2 - Me apaixonar

Meu último relacionamento sério foi a 7 anos atrás. 7 ANOS! Isso é quase uma década. Ou seja, já está mais que na hora de voltar ao mundo do romance. Honestamente não estou procurando um namorado (a), mas sim alguém a quem amar. Sinto mais saudade da emoção de estar apaixonada do que em receber um presente no dia dos namorados. Nem adianta vim com aquela conversinha que "não adianta procurar, essas coisas acontecem naturalmente", porque deixei os últimos 3 anos na mão do cupido e o incompetente não fez nada. Tá na hora de colocar minha vida amorosa no eixo!

3 - Uma página de cada vez

No curso de confeitaria, ganhei o livro 1 Página de Cada Vez. Na boa, esse é um livro bastante legal, mas que eu não compraria, pois ele necessita de um comprometimento que não estou, normalmente, muito disposta a dar. Ter que todo santo dia "lê-lo" e seguir suas diretrizes, só de pensar isso em cansa. Mas como quem me deu o livro é um pessoa incrível e estou disposta a mudar, decidi que vou seguir o que cada página propõe. Meu projeto pessoal de 2015 será cumprir cada uma das propostas do livro 1 Página de Cada Vez.


Esses são os sonhos e expectativas da equipe mais linda do universo para 2015. E você, o que espera de 2015? ;) 

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

11 comentários

  1. Estou adorando essa lista de vocês e já estou pensando na minha! Tipo:
    Preciso engordar (ou criar corpo)
    Iniciar meu tratamento contra espinhas (já passei da puberdade, mas não parece :/)
    E fazer coisas que eu realmente GOSTO, afinal essa tá em andamento, porque tô procurando um emprego em uma área que me identifico (mas não tenho taaanta certeza que é isso)
    E mergulhar no Inglês (Meu Deus, pq é tão difícil??) (A Dana já me deu várias dicas, mesmo assim, não consigo)

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei tantos desses post (parte 1 e 2) que deu vontade de parar e pensar metas também, eu nunca me preocupei ou parei para fazer isso.

    Uma coisa que encabeça a lista de metas para vida, nem pro ano, é me dedicar e aprender melhor inglês. é difícil o dia que não penso nisso hahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena,

      tenta praticar vendo filmes! Tenta associar o que tá sendo dito com a legenda! Se você já tem algum domínio, tenta ver sem legenda e vê o quanto você consegue entender. Ou pega algum livro YA pra ler. Eles tem um inglês bem facinho. Quando eu comecei, demorava uns 15 minutos por página. Era mais tempo no dicionário que no texto. Depois de um tempo você cria vocabulário e engrena!

      Tudo depende do seu nível atual na lingua. Mas acho essa uma meta ótima. Inclusive, no Balanço desse ano decidi ler pelo menos 12 livros em inglês pra praticar mais!

      Vamos que vamos 8D

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Obrigada pelas dicas, Diego!

      Se não for pedir muito, você pode me indicar alguns livros que considere fácil? :D (sofro para decidir)

      Excluir
  3. Metas! Acho que eu tenho as metas eternas de "Ser uma pessoa melhor" e "Viver coisas novas", mas, especialmente para 2015, eu quero: mais pessoas. Eu quero ficar mais próximo das pessoas que eu já conheço e me dar a oportunidade de conhecer pessoas novas, mesmo as mais improváveis. Uma coisa que eu notei é que durante toda minha vida eu fui o cara que é convidado. Apenas espero que as coisas aconteçam. Em 2015, eu pretendo ser o cara que convida. Quero ser um ~Doer~ ("Fazedor"), como Izzie e George me ensinaram num ep há muito assistido de Grey's Anatomy. E acho que já estou sendo! :)

    Sobre "Viver coisas novas", eu fiz uma lista de experiências que quero viver e nunca vão acontecer sozinhas na minha vida, tipo "Patinar no gelo", "Tocar em neve", "Doar sangue", "Montanha-russa", "Pedir pra entrar na cozinha do Subway", essas coisas básicas.

    O item 2) do Valentino está com o mesmo texto que o item 2) do Paulo.

    Os cursos que a Elilyan faz <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Pedir pra entrar na cozinha do Subway" MELHOR META DE ANO NOVO

      Excluir
    2. Tocar em neve e Patinar no gelo eu vou tirar da minha bucket list pessoal em breve <3

      Gostei dessa coisa de se tornar um "fazedor". Vou refletir sobre minha postura em relação a isso. Nunca tinha pensado nesse aspecto antes!

      Excluir
    3. Hahahah Eu tenho um certo fascínio pelo Subway. Vejo aquele aviso de "nossa cozinha é aberta" e fico pensando que ninguém, NUNCA, jamais pediu para entrar nessa cozinha. Os atendentes/gerentes nem devem saber como lidar com essa situação, é tipo um momento mágico na vida de todos e tal. Ou só uma pessoa maluca atrapalhando o trabalho dos outros. Mas eu sinto como se fosse pisar na Lua ou num lugar nunca antes tocado pelo ser não subwayano.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. o tanto que amo esses dois post <3 Acho que tem algo neles que me inspira, não sei ahaha

    Tenho um pedido e tal: será que dá pra rolar um post de vocês falando se conseguiram cumprir as metas, o que rolou, o que não rolou?! D:

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *