Black Bird CCMangás

[Resenha] O romance sobrenatural de Black Bird

15.6.14Dana Martins



Heeeeey! Como vocês estão? Hoje nós estamos trazendo para a conversa uma amiga nossa: Ana Carolina, ou Chibis-Chan. Ela adora mangás e aceitou trazer um pouco mais desse mundo aqui para o CC. Aqui vai o que ela achou de Black Bird, um romance sobrenatural que parece uma boa escolha para quem quer se divertir. Vem conhecer mais Black Bird: 



- Mangá: Black Bird
- Mangaká/Autora: Kanoko Sakurakouji
- Editora: Panini Comics
- 18 volumes (completo) 
-Ver também: Vampire Knight

A história é em volta da humana Misao Harada, uma menina que desde pequena consegue ver youkais (ou seres sobrenaturais), por causa disso esses ‘seres’ gostam de torturar ela: puxando seu cabelo, fazendo ela cair no chão (e se machucar e sangrar às vezes) e ficar fazendo peso nela (até ela cair), o que faz as pessoas ao seu redor acharem-na estranha e desastrada.

Mas ainda pequena, ela descobre que não é a única que vê tais seres, pois o filho de seu vizinho também consegue vê-los, e com isso a defendia deles. Até que certo dia ele vai embora, fazendo uma promessa de que um dia voltaria para buscá-la. Mas depois dele ir embora, por alguma razão Misao não consegue lembrar seu nome ou como ele é, mas ainda mantém guardada sua lembrança. Com o passar do tempo, ela consegue ignorar a presença dos youkais ao seu redor para tentar levar uma vida normal.

O mangá gira em torno de uma lenda entre os youkais, da qual a cada 100 anos nasce um humano, conhecido como Senka Maiden (Fruto Sagrado), que tem o poder de aumentar os poderes e prolongar a vida de qualquer youkai que o tivesse, bebesse de seu sangue e comesse sua carne. Já o que se casar com ela trará prosperidade para todo seu clã.

Quando completa 16 anos, Misao descobre que é a Senka da vez, pois seus ‘poderes’ despertam, fazendo com que os mesmos youkais que a tormentam, fiquem cada vez mais violentos, e fazendo com que ela realmente se machuque cada vez mais. Mas quando isso começa a ocorrer, Kyo volta para protegê-la como havia prometido. E para a surpresa de Misao, Kyo revela ser um youkai, que a deseja desde a infância, e quer torna-la sua esposa. E a partir daí começa a trajetória de Misao e Kyo, numa comédia romântica e apaixonante, contendo também bastante drama, violência e conteúdo sexual.


Os personagens principais:

Misao Harada - tem 16 anos, é bastante gentil, doce e um pouco estabanada, consegue ver seres Youkais, além de sempre ser atacada pelos mesmos, por isso vive sendo salva por Kyo. É a Senka (ou fruto sagrado) da vez.

Kyo Usui - tem aproximadamente 20 anos, é bem pervertido e muito bonito, é um Tengu (um youkai pássaro) e é o líder do seu clã, querido por todos seus subordinados. Ele também é apaixonado por Misao desde que eles eram pequenos


O que a Ana Carolina achou de Black Bird?

Sempre que alguém ouve a palavra YOUKAI, se lembra de InuYasha; sim, o tipo de ‘ser misterioso’ é o mesmo! Sou bastante fã dessa série de mangá (shoujo fantasia), então sou meio suspeita para falar sobre ele, enfim...

Não sabe o que é shoujo? No fim do post tem um glossário \o/

É um mangá que faz com que você se apaixone desde o 1° volume, pois você se simpatiza com todos os personagens, não consegue odiar ninguém. Misao é a típica menina de shoujo, literalmente uma donzela indefesa; já Kyo é o típico herói, ou quem sabe até um anti-herói, de shoujo, que sempre está lá para ‘resgatar’ sua donzela. Tudo neste mangá é incrível e interessante, até mesmo os personagens coadjuvantes, como por exemplo, Tarô, um tengu chibi (mini) de apenas 6 anos de idade, sempre atrapalhado e ao mesmo tempo fofo e, claro, servindo ao seu mestre Kyo, que às vezes maltrata de um jeito cômico o pequeno tengu (imagem abaixo!). E temos também no clã dos Tengus um grupo de elite que serve ao Líder do Clã, que fazem parte: Tarô, Jirou, Saburou, Ryo, Goh, Yuu e Buzen.

Além do clã de Tengus, também temos os clãs: Shiro Hebi ou Serpente Branca (youkai serpente), Youko ou Kitsune (youkai raposa), Tsuchigumo (youkai aranha), Inugami (youkai cachorro), Nue e Narukami, sendo que os dois últimos não são muito mencionados ou especificados.

Durante o desenrolar do mangá, há também cenas de luta, mas não faz dele um mangá violento ou shonen, e também tem cenas ‘hentai’, mas nada muito explicito, mas BEM quentes!

O desfecho do último volume (18), é bem surpreendente e ‘meio’ óbvio ao mesmo tempo, porém não deixa o leitor na mão, por mais que deixe aquele gostinho de quero mais!

O traço do mangá é bom, nada nível de detalhes tipo: Vampire Knight e MeruPuri, mas digamos que é um traço ‘fofo’, bem shoujo romântico. Mas o que surpreendeu a todos que leram esse mangá, é que os traços vão evoluindo a cada volume! Já as falas são bem estruturadas, e não é o tipo de mangá que enche as páginas de diálogos, o que eu considero bom, porque assim o leitor não cansa. O mangá também ganhou um Drama CD, lançado pela Columbia Music Entertainment, e um Light Novel, intitulada Black Bird – Missing. É realmente um mangá que tem suas qualidades!

-Chibis-chan



 



Coleção de Black Bird da Chibis-chan:





Glossário rápido:

Youkai (demônio, espírito ou monstro) – é uma classe de criaturas sobrenaturais do folclore japonês, geralmente tem algum tipo de poder sobrenatural ou espiritual, e por isso encontros com humanos tendem a ser perigosos. Um youkai que tem a habilidade de se transformar é chamado de obake. O termo youkai pode ser usado para todo tipo de monstro ou criatura sobrenatural.

Shoujo – é um termo usado para referir mangás para garotas, apesar de poder também interessar a qualquer gênero ou faixa etária. Os mais conhecidos no Ocidente são os romances ou comédias românticas que normalmente envolvem personagens da mesma idade do público-alvo (adolescentes), porém é possível encontrar também mangás shoujo de conteúdo histórico, de ficção científica ou terror, por exemplo.

Hentai – é uma palavra japonesa que, nos países ocidentais, é usado para se referir, em especial, à pornografia que é exibida em certos desenhos e mangás do Japão.

Shonen (garoto/jovem) – é um termo usado parar referir mangás para garotos, apesar de poder também interessar a qualquer gênero ou faixa etária. Os mais conhecidos no Ocidente são os de ação e humor em redor das aventuras dos protagonistas. Além disso, podem ainda incluir personagens femininas atraentes, o que não é obrigatório.


Conheça Vampire Knight também

TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Caaaara! Que vontade de ler! *o*
    Vou comprar assim que eu receber xD
    Gostei do modo como vc escreve e organiza as imagens durante o post! Ficou bem explicado e NADA cansativo!

    ResponderExcluir
  2. Aiiii
    Quero ler logo!! *.*
    Adorei o post.

    ResponderExcluir
  3. O comentário é sobre o yukai, com suas próprias referências; vale kyo para resgatar sua donzela mas ela também sua aceitação para arô, um tengu chibi (mini) de apenas 6 anos de idade, sempre atrapalhado e ao mesmo tempo fofo e, claro, servindo ao seu mestre Kyo, que às vezes maltrata de um jeito cômico o pequeno tengu. E temos também no clã dos Tengus um grupo de elite que serve ao Líder do Clã, que fazem parte: Tarô, Jirou, Saburou, Ryo, Goh, Yuu e Buzen.


    Além do clã de Tengus, também temos grupos de elite que servem ao Líder do Clã, que fazem parte: Tarô, Jirou, Saburou, Ryo, Goh, Yuu e Buzen. Mas se os traços do leitor não cansam, pra mim tá ótimo e me fazem mt feliz, como Drama CD, lançado pela Columbia Music Entertainment, e um Light Novel, intitulada Black Bird – Missing. Na dúvida, tenho certeza de que continuarão a ler e a se entreter. valeu!!!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *