CCdiscussão CCgames

Fashion Or Porn? Game online questiona a over sexualização na indústria da moda

24.4.14Elilyan Andrade

pornografia no mundo da moda

Quem não gosta de jogos? Vou lhe propor um jogo bem legal: acesse aqui o site da revista italiana NSS e teste se você pode dizer a diferença entre moda e pornografia. O jogo da NSS é bem simples, mostra uma parte cortada de uma imagem - um mamilo nu, algum fragmento de roupa, ou uma expressão facial lasciva - e pede-lhe para julgar se a imagem completa é uma cena de um ensaio de moda ou uma sessão pornô. É realmente muito difícil!

O jogo é tão difícil que me fez pensar sobre a responsabilidade da indústria da moda por vivemos uma geração ultra sexualizada.



Quando folheio uma revista de moda como Vogue, Elle, Glamour, Interview e entre outras, é fácil me deparar com um anúncio ou editorial que expõem corpos seminus e nus em poses provocantes. Sexo vende; aprendi isso na faculdade de publicidade e propaganda. Sexo é um dos assuntos que sempre gera interesse e atrai público, por isso é fácil compreender o porquê da indústria da moda amar tanto imagens provocativas.

moda ou pornografia: game erótico fashion or porn

Provocação, sensualidade e erotismo é uma coisa. Pornografia é outra. Algo erótico apenas insinua ou sugere sem realmente revelar. Já pornografia é expor algo explicitamente, sem mediação. Desde que Tom Ford raspou a logo da Gucci nos pelos pubianos de uma modelo e expôs em revistas, outdoors e anúncios online, a linha que divide pornografia de erotismo na moda se tornou borrada.

A moda está se tornando um ramo da indústria da pornografia - Caryn Franklin, apresentadora da BBC

Não há nada de errado com o sexo na publicidade, desde que ele permaneça sexy e não obsceno. Mas como essa linha anda cada vez mais borrada e com estudos comprovando que anúncios de sexo excitam áreas do cérebro que nos fazem comprar por impulso, ignorando as seções que controlam o pensamento racional, é provável que o sexo na publicidade seja cada dia mais explícito. 

O jogo "Fashion or porn?" não oferece soluções de como corrigir a over sexualização no mercado da moda, mas nos convida a questionar se já não é tempo de repensar a indústria, pois muitas vezes os anúncios e editorias só vendem o sexo e esquecem do verdadeiro produto.



TAGS: , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

2 comentários

  1. Ótimo texto, a cada vez que li linha borrada, blurred lines, robin thicke e seu clipe dançavam no meu cérebro lol

    ResponderExcluir
  2. Uma vez vi um texto... ou um citação, não lembro direito. Mas dizia que o que vende não é o sexo em si, mas sim a objetificação. Porque se uma revista falar de sexo, por exemplo, do ponto de vista médico, puramente orgânico, o tema não tem repercussão. Mas se você puser um perfume entre as pernas de uma mulher como está em uma das imagens acima, o negócio bomba. Ou seja, você objetificou o corpo para favorecer à marca.

    Eu tentei fazer aquele teste, nossa... Dureza aquilo, e é um ótimo alerta a respeito da excessiva objetificação dos corpos, especialmente os femininos. São sempre as mulheres apresentadas como objetos para favorecer marcas, em algumas situações em imagens que sugerem violência ou subjugo da mulher.

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *