aula de escrita CCoportunidades

The Future Of Storytelling: a aula de escrita dos sonhos virou realidade

3.11.13Dana Martins


Uma série de vídeos (curtos. pasmem!) para aprender a contar histórias

Esse é um daqueles casos que nem querendo eu conseguiria colocar em palavras o quão bom isso é. Imagina conhecimento bom, de graça, de uma maneira boa de aprender E QUE VAI TE AJUDAR EFETIVAMENTE e com autores famosos e com gente interessante e sem esforço. Às vezes a vida é maravilhosa e nesses momentos a gente tem que compartilhar.

O The Future Of Storytelling é um curso online (aka série de vídeos) que compartilharam lá no grupo do Clube de Escrita e eu decidi me inscrever pra ver no que dava. Mal tinha começado e já queria abraçar todo mundo pra agradecer. Se você tem interesse em qualquer forma de storytelling (se você conta alguma história, seja publicitário, escritor, cineasta...), esse curso é pra você.


A princípio eu quis me inscrever por causa de storytelling. Esse é um conceito que vem sido muito usado na publicidade e é a área que eu me interesso. Mas, é claro, também fui atrás para aprender mais sobre escrita. (oi? você acompanha o Clube de Escrita aqui? pois é, então você sabe que eu gosto de contar minhas próprias histórias)

Print da parte do vídeo em uma unidade (ainda tem links de referência embaixo, vídeos, comentário, respostas dos participantes):

For Cornelia Funke, when starting to design a story, it is important to... keep a form of playfulness and test things out.

Aí coloquei meu chapéu de aventureira e fui ser feliz. The Future of The Storytelling funciona assim: Vão ter 8 capítulos (divididos em unidades) que são postados nas sextas entre 25 de outubro e 20 de dezembro. Nesse tempo, eles vão cobrindo diversos assuntos, como:

- storytelling basics
- serial formats (on the TV, web and beyond)
- storytelling in role-playing games
- interactive storytelling in video games
- transmedia storytelling
- alternate-reality gaming
- augmented reality and location-based storytelling
- the role of tools, interfaces and information architectures in current storytelling.

Eu preciso saber inglês, Dana? Em breve os vídeos devem ter legendas (tu não tem a ideia da quantidade de gente que fala português nesse troço!!!) e no início eu tinha medo de ter que fazer exercícios escrevendo em inglês, mas descobri que se eu quiser não vou precisar falar nada. (:

Ainda com indicação de textos, livros, filmes, vídeos (...) para completar o assunto e com interação entre os 938923832 inscritos. 

Só pra ter uma ideia, a Cornelia Funke (Coração de Tinta...) é uma das colaboradoras, o que significa que nós temos vídeos dela sobre o que faz para escrever, dando dicas para criar personagens e começar histórias (imagina o Clube de Escrita feito pela Cornelia Funke!!!). 

se você não estava convencido... BOOM. Eles encerram o primeiro capítulo indicando o Nanowrimo e com a Conerlia dando dicas para gente escrever. <3
Até agora eu fiz o primeiro capítulo e já aprendi (ou revi) algumas coisas bem legais sobre storytelling e só nesse começo já fiz uma lista de 9839823 referências para pesquisar.

Só pra completar, o curso é da Alemanha. O QUE ISSO SIGNIFICA? Que não é americano! E O QUE ISSO SIGNIFICA? Que temos mais interação com outras partes do mundo e outras culturas. Não só pelos participantes, mas também em relação a conteúdo. Logo no começo temos citação da nouveau roman, que é um estilo literário francês da década de 50, que eu não fazia ideia da existência. (se você estivesse fazendo o curso, também saberia mais sobre isso)

Então é isso, gente. Eu indico pra todo mundo mesmo, se eu pudesse obrigava toda a equipe do CC a fazer. Eu vim correndo indicar porque eu não sei nem se vai ter algo disponível além do dia 20 de dezembro. Então é bom correr para acompanhar e aproveitar essa oportunidade maravilhosa que está a um play de distância. (:

-dana martins

TAGS: , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM