a sombra do batman CCHQ

Meu Top 5 - Livros (dãã), Discografias completas, Quadrinhos, Escrever e Preguiça

10.8.12Paulo V.


OLÁ! OLÁ! OLÁ! (por que “oi oi oi” é muito mainstream)
  
EU ESTOU ANIMADO! SABEM POR QUÊ??? HOJE É SEXTA-FEIRA!!!

E sabem o que isso significa? Que hoje é dia de CCSexta! E estamos na segunda semana de agosto! Sabe o que isso significa? Que hoje é dia do top 5 do.... Paulo V. Santana! Não faz ideia do que eu estou falando? Continua o post que eu explico. :D 

Bom, no dia 31 de agosto o ConversaCult faz 1 ano e resolvemos aproveitar para estender as comemorações (já viram as promoções?) ao nosso especial de sexta-feira. Com isso, nasceu o “Meu Top 5”, onde em cada sexta um membro do blog fala sobre 5 coisas sobre si. Na primeira semana foi dia da Dana e hoje é o meu dia. VAMOS LÁ? (não)

Antes de começar, um alerta: esse post pode conter uso excessivo do capslock porque eu sempre quis fazer isso E HOJE EU POSSO.

1- Tenho uma atração por livros pesados(não pesados literalmente, é claro)
Aconteceu comigo o mesmo que aconteceu com a Dana na semana passada. Eu ia colocar “livros”, mas ia ser meio, hm, óbvio. Pensei, então, em um tipo de livro que eu realmente me prende. Por alguns segundos pensei em colocar “Young Adult contemporâneo”, que é um estilo que eu realmente gosto, mas lembrei de que um tempo atrás eu estava falando sobre um livro com alguém (eu realmente não lembro qual livro foi nem quem era, minha memória não é das melhores. Haha) e a pessoa disse algo como “Ah, você deve gostar já que você é fã de livros mega-pesados e tal.” e é verdade.

Eu nunca tinha parado para pensar sobre, mas todos os livros que envolvem o psicológico* me prendem bastante. Não sei bem explicar, mas livros profundos, com histórias sofridas e, muitas vezes, com finais não tão felizes assim sempre entram para os meus preferidos. Livros nesse estilo que eu gosto e indico: Garotas de Vidro, Menina Morta-viva, Te amo Te Odeio Sinto tua falta, Uma Estranha Simetria... E tem também livros no estilo que eu ainda não li, mas já me disseram que são bons e eu morro de vontade de ler: Speak, The girls of no return, As vantagens de ser invisível (esse não parece pesado, mas é de "adolescência problemática", que eu gosto bastante), Precisamos falar sobreKevin, Belle...
* E nesse ponto a minha preferência é um pouco parecida com a da Dana, ela gosta de livros de sobrevivência para saber como cada um reage, o psicológico de cada um.

2- Nunca tenho só uma ou outra música de um artista
Isso é uma mania minha que eu nem ao menos tinha percebido antes de pensar o que colocar nesse post. É que, ao contrário da Dana, eu não costumo procurar nem escutar por indicação de músicas. Por algum motivo, eu prefiro que meu iTunes fique bonitinho, com poucos artistas. E sempre que vou escutar alguém novo, eu escuto uma música qualquer e se eu gostar eu vou lá e baixo todos os CDs completos deles e eu não apago nenhuma música, mesmo que tenha uma ou outra que eu não goste. Para dar alguns exemplos, o último cantor que eu conheci foi o Gotye. Eu vi o nome dele em uma revista e fui escutar Somebody that I used to know, gostei e baixei o Making Mirrors todo. Foi mais ou menos assim com o The Petty Reckless também, uma amiga me >obrigou< a escutar My Medicine, eu adorei e baixei o Light me Up completo (e depois comprei o CD físico).

E algumas vezes eu baixo o CD e demoro para realmente gostar e escutar as músicas, foi assim com a Florence + The Machine (minha banda preferida <3). Logo na época que Dog days are over começou a tocar em todos os lugares, eu baixei Lungs, mas deixei de lado. Aí, aos poucos eu fui ouvindo uma música ali, outra aqui e passei a amar tudo. Obviamente, quando Ceremonials saiu, eu baixei e ouvi tudo de uma vez. Haha

3- Leio menos quadrinhos do que gostaria
Por dois motivos: 1 – quando são aqueles mensais, sempre estão na edição 94875947587894 e tenho medo de ficar perdido; e 2 – quando são aquelas edições de capa dura, bonitas e com histórias completas, são caras demais. Com isso, eu acabo acompanhando e lendo poucas HQs. Uma que eu acompanho é o Y – O ÚltimoHomem, que está no penúltimo volume no Brasil. Aí, quando esse acabar, eu pretendo começar a acompanhar Fábulas, que também é da Vertigo e está sendo republicado. E o reboot Os novos 52 da DC meio que foi a coisa mais linda do mundo porque agora eu acompanho A Sombra do Batman (eu recomendo por dois fatores: Batwoman e Batgirl), Dark e estava querendo acompanhar Universo DC, mas ainda não decidi porque 3 HQs por mês fica pesado. ;x

4- Gosto de escrever, mas não tenho disciplina
Eu realmente gosto de escrever, tipo, tudo. Adoro fazer posts, sinto um prazer em escrever minhas próprias histórias e gosto até de escrever textos obrigatórios da escola, mas falta uma coisa muito importante: disciplina. É que eu tenho três ideias estruturadas (mas não começadas) e duas começadas, mas tenho escrito pouco, mesmo estando no mês do NaNo Camp. No NaNoWriMo (que é em novembro) ou no Camp NaNoWriMo (que é em julho/agosto) a pessoa tem que começar um romance e fazer 50 mil palavras durante o mês. Essa é uma forma para a pessoa criar disciplina e fazer uma rotina de escrita para finalmente TERMINAR algo. Mas eu não consigo, tenho apenas 4 mil e poucas escritas e se continuar nesse ritmo não vou conseguir atingir a meta esse ano. E a grande culpada disso é a preguiça, que é o próximo tópico.

5- Sofro de algo chamado "preguiça de viver"
Sabe aquela sensação de querer muito fazer alguma coisa (seja ler, ver alguma série, ver filmes ou qualquer outra coisa), mas seu cérebro quer te IMPEDIR de fazer isso? É O QUE ACONTECE COMIGO, TIPO, TODOS OS DIAS. 
Gif roubado da Dana PORQUE EU POSSO
E não pense que eu estou mentindo. Alguns exemplos que coisas que eu preciso/quero fazer mas que meu cérebro não deixa: dois posts para o CC, um para o NUPE, ler um livro para resenhar para uma amiga (esses três primeiros estão há, sei lá, quase dois meses na minha tabela de coisas para escrever), terminar “The Basic Eight” e “Battle Royale”, terminar a primeira temporada de Game of Thrones, continuar a segunda temporada de Doctor Who, estudar, participar efetivamente do NaNoCamp, assistir à um anime completo...




Como vocês sabem, sou o Paulo V. Santana (Twitter, Facebook), tenho 14 anos *vai chorar no cantinho por causa da idade*, faço aniversário no dia 11 de setembro (se quiser me dar presente me fala que eu passo a minha listinha) e estou no último ano ensino fundamental (pois é), mas estou há mais de um mês em casa porque meu colégio é federal e está em greve. Mas eu estou feliz com isso (só que não) (quer dizer, talvez sim).

Bem, como a Dana disse, fui eu que apareci com a ideia do ConversaCult no início do ano passado, mas a ideia acabou dormindo e em agosto do ano passado a Dana criou o blog sozinha. Eu acabei entrando alguns meses depois, no CC TV 12, que falava sobre os filmes legais que sairiam esse ano.

Aqui no blog eu respondo os e-mails de editoras parceiras ou de algo parecido, entro muito pouco nas nossas redes, tenho ideias (conta? Haha), resenho livros e faço posts de outros temas quando dá vontade, mas nunca resenhas de filmes PORQUE EU NÃO CONSIGO (é a vida...). Esse ano eu também entrei para a equipe do Nem Um Pouco Épico e resenho alguns livros para eles, vejam aqui.

Agora respondendo a pergunta da Dana, Se você tivesse que levar só um livro para uma ilha deserta, qual seria?

  
É uma pergunta realmente difícil, mas eu decidi que ia trapacear e eu tenho um bom motivo para isso. Eu levaria o meu Kindle. É que levar apenas >UM< livro, por mais que eu conseguisse escolher um que eu ame mais que a vida, seria chato. Sério, imagina ficar lendo o mesmo livro ZILHÕES de vezes seguidas? Aí, com o Kindle eu teria 93748344938 livros que eu já teria baixado/comprado. Tudo bem que a bateria dura “só” dois meses, mas eu poderia ler diversos livros nesse período e se quando a bateria acabasse eu não pudesse voltar para a ~civilização~, eu me mataria. (mesmo)

Agora é hora de uma pergunta para a Igra. *MÚSICA DE SUSPENSE* Situação: o mundo está acabando, mas você foi escolhida por uma raça alienígena para ser salva. Porém, eles só vão te salvar se você levar um filme que melhor descreva a população do século XXI. Pergunta: Qual seria esse filme?

E um comentário sobre a homenagem que a Dana fez para a equipe no último post: SUALINDA! EU ADOREI, TIPO, GENUÍNAMENTE. SENTI ATÉ UMA LÁGRIMA ESCORRER. *-*

Enfim, por hoje é só. Muito obrigado por lerem não só esse post, mas por todos que vocês acompanharam. O que eu disse no último post do especial #CulpaDoJohnGreen ainda está valendo: OBRIGADO POR NÃO SE ESQUECEREM DE SER INCRÍVEIS.

Ah, comentem aqui embaixo e não se esqueçam de fazer os seus próprios Top 5 (informações abaixo)!

--------

>>> Faça o Meu Top 5 para gente se conhecer! (e você ainda ganha entradas extras para a promoção de aniversário!)
É isso mesmo que você leu! Você pode ver mais informações no nosso tumblr, ou até mesmo na página da promoção, mas aqui vão algumas instruções:

1- Você escreve 5 coisas sobre você em uma “conversa cult”. Pode ser manias de leitura, ou de jogar videogame… Aquilo que você não gosta nos filmes, ou aquilo que você adora nas séries. Tanto faz. Podem seguir os nossos exemplos, a cada sexta do mês fazemos um.
2- Pega a imagem do selinho.
3-  Você posta no blog/site/tumblr o seu top 5 com a imagem do selinho. Mas eu não tenho nada disso! Nós pensamos em você, ainda dá para fazer pelo facebook. Faz no seu mural com a imagem do selinho. Em último caso, até no twitter vai. :D 
4- Não esqueça de falar tanto na sua postagem no blog quanto no facebook que foi indicação do CC e coloca essas instruções para os outros poderem fazer também (ou coloca o link daqui). 
5- Aproveita pra indicar alguém que você quer conhecer.


E sei que elas não gostam/não costumam fazer, mas indico essa tag para o pessoal do NUPE! :D

TAGS: , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

5 comentários

  1. Hey, Paulo o/

    Seu Top 5 ficou incrível o: Não sei se eu já disse isso, mas você é o membro do blog com quem eu mais me identifico (acho que pela idade ser bem próxima e tal) e tem alguns itens da sua lista que até parecem falar sobre mim.
    Por exemplo, eu também sempre baixo CDs dos artistas que eu acabo de conhecer, ou que gosto só de um ou dois singles. É legal, dá pra conhecer bastante sobre o trabalho do cantor/banda e até mesmo descobrir músicas melhores do que aquelas que todo mundo conhece... até falei sobre isso no meu Top 5 :) (ah, e eu também adoro Florence + The Machine \o/); AMO escrever, mas nunca acabo nada... e sobre a preguiça, nem preciso falar muita coisa, kjlfhgklfhg... quantas vezes já acordei pensando: "Nossa, hoje estou com uma vontade de fazer tal coisa" e acabo não fazendo? (sério, tenho uma lista de milhões de coisas que preciso fazer algum dia).
    Enfim, devo dizer que sstou amando esse especial de aniversário. Fiquei eufórico quando vi outro post sobre alguém da equipe pra ler *o*
    Parabéns pelo post, pelo trabalho no blog, pelas dicas incríveis de livros, e tudo mais (: Sério.

    Abraços (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. QUE COMENTÁRIO LINDO, JOÃO! <3 Vou levar para a vida, hahaha.

      - Paulo.

      Excluir
  2. Sou igualzinha a você com cds, só que no meu caso eu baixo a discografia completa da banda haha
    Também leio menos quadrinho do que gostaria, mas porque eles são caros. Preguiça de viver tá aí sempreeeeeeeeee, ~todoooooo dia, toda hora(eu devia ter começado a estudar, mas to com preguiça)~
    Eu tenho 15 anos, então não se ache tão novo. Quando eu comecei a visitar a blogosfera eu me achava uma aberração e na bienal fiquei mt tempo conversando com uma menina e ela quis saber quanto tempo eu tinha e falou q na minha idade ela nao tava nem aí pra livros e tudo mais hahahah
    Já te vi em eventos, na próx. falo com você!
    Tchaaau, bjs
    Nathalia Duarte :)

    ResponderExcluir
  3. Paulo, fiz o meu também \o/ (http://dft.ba/-3mkz)

    Aliás, você é quase que uma versão minha mais nova e masculina, uahsuahuhashuahe

    Não tenho nenhuma disciplina para escrever. Na verdade, queria um ghost writer, que seria mais fácil para mim.
    E preguiça de viver, ah, eu tenho tanta. Juro que queria ter menos preguiça de viver, mas tenho preguiça até de não ter preguiça! uahsuahsiuahe XD
    E também gosto de livros pesados e acho que leio menos quadrinhos do que gostaria.
    Só não me encaixo muito de não ter uma ou outra música de um artista, porque existem bandas que eu não gosto ou detesto mesmo, mas gosto de uma ou outra música. Tipo Oasis. Dude, eu DETESTO INFINITAMENTE Oasis e os Gallaghers, mas gosto bastante de "Wonderwall", "Stand by Me" e "Lyla". =)

    Enfim, gostei muito do seu top 5 (e o da Dana também!!!) <3 E obrigada pela indicação \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHHA, li seu top 5 e SUPER me identifiquei. XD

      Acho que em outra dimensão somos a mesma pessoa!!!!!! o.o.....

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM