amazing fantasy #15 cbr

Guia de quadrinhos: Homem-Aranha

5.7.12Dana Martins

O que eu queria, o tempo todo, era saber por onde começar. Dos mil títulos, qual ler? Onde encontrar? Ou qualquer coisa do tipo. Algum guia. Alguma dica de onde procurar. Agora eu vou fazer isso para vocês que também querem conhecer o Homem-Aranha (ou qualquer super-herói, para falar a verdade). 
Só para esclarecer, esse não é mais um dos mil guias que estão sendo publicados por aí só com meia dúzia de curiosidades que não servem de nada para quem não sabe nem por qual título começar. Eu conheço um monte de gente que tem em alguma gaveta umas revistinhas perdidas de algum super-herói. Compradas naquele momento de "quero conhecer mais!" e abandonadas assim que a leitura não levou a lugar nenhum. Eu era uma dessas. Isso daqui é o caminho que eu fiz para dar os primeiros passos no mundo do Homem-Aranha e dos quadrinhos, o guia que eu gostaria de ter lido. :D

Motivação - Para grandes jornadas... grandes motivos

O Homem-Aranha acabou sendo o meu super-herói preferido e me incomodava muito não saber a origem dele. Afinal, quem era o Homem-Aranha dos quadrinhos? Isso só piorou quando começou a sair notícias do novo filme. O lançador de teias. Eu já tinha visto em um desenho antigo, mas não lembrava bem. Gwen Stacy. CADÊ A MARY JANE? Eu não sabia de onde tinha vindo a famosa frase "Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades". Fazendo aquele post do top 10 dos super-heróis LGBT eu descobri que o Homem-Aranha no começo tentou uma vaga no Quarteto Fantástico por causa do dinheiro. Esse último fato foi o golpe final para o meu perfeccicionismo. Como assim ele era o meu preferido e eu não conhecia nada? O Peter Parker é interesseiro assim?! 
Antes que você comece a achar que ele era o meu preferido só por causa da roupa coladinha, vou explicar: Eu sempre gostei do estilo de combate dele, de toda a flexibilidade e aquilo de pular entre os prédios. E entre todos os que eu conhecia ele sempre foi o mais idiota*. E idiotas <3
*Gente, não estou xingando. Idiota como engraçado/divertido. O Homem de Ferro do Robert Downey Jr. também é assim, mas eu gosto mais do cara simples. 
Foi mais ou menos isso que me fez entrar no universo da Marvel atrás de respostas. Indico dar uma lida no top 10 super-heróis LGBT porque eu aprendi MUITA coisa lá. Deu vontade de conhecer um monte de personagens.

Introdução à confusão do mundo dos quadrinhos

Essa conversa na íntegra vai ficar para outro dia, mas decidi fazer um resuminho para quem não sabe nem isso. Os filmes dão muito a ideia do mocinho lutando contra o vilão da vez, mas as histórias vão muito além. São universos gigantes e interligados. As HQs são feitas através de colaboração, ao longo dos anos (o Homem-Aranha, um dos super-heróis mais novos entre os grandes, já tem 50 anos!) e a história vai sendo aberta em tantos ramos menores que é difícil acompanhar. Para você ter uma ideia, muitas vezes eles inventam algo e desfazem. O Homem-Aranha já casou com a Mary Jane, mas voltaram atrás. E a morte? Depois de milhões de batalhas épicas alguém tem que morrer. E morre. Mas aí depois eles ressuscitam, ignoram esse detalhe ou qualquer coisa assim. 

Isso é só uma ponta do que você vai encontrar. Há um monte de versões diferentes do mesmo personagem, ou mais de um personagem com o mesmo nome. Cada um vive no próprio mundinho* e volta e meia aparece em alguma coisa maior que junta todo mundo, tipo a Guerra Civil. Eu ainda estou longe de conhecer tudo isso, mas agora que eu comecei...
*Aliás, esses dias eu vi na livraria uma capa do Wolverine e o Homem-Aranha lutando contra o Lagarto, o tal vilão do novo filme do Homem-Aranha. Só para você ver como as coisas se misturam. 


Tá, e por onde começar?

Então, o ponto de partida aqui é "O Espantoso Homem-Aranha" ou "The Amazing Spider-Man". Na verdade, um pouco antes. 

Em 1962 (e guarde a data! não exatamente, nem eu sei, mas é bom ter noção de época na hora de procurar) o Homem-Aranha teve sua estreia na "Amazing Fantasy #15", uma revista que vinha com várias histórias diferentes do estilo. É a raíz da história do Peter Parker como Homem-Aranha: o garoto que sofria bullying e era queridinho dos tios, até que um dia é mordido pela aranha radioativa e vê nisso uma chance de ser reconhecido (não existia Lady Gaga naquela época para levantar a moral do coitado). É aqui que vemos a morte do tio Ben, que faz ele se decidir pelo lado bom da força, e como ele criou a roupinha sexy e o disparador de teias. O interessante é que nós vemos como ele foi egoísta no começo, um lado que normalmente não é mostrado nos filmes e desenhos. 

A história continua no "Espantoso Homem-Aranha Vol. 1 de 1963" ("The Amazing Spider-Man Vol. 1 1963), que aí temos o desenvolvimento das histórias com o Homem-Aranha. Começa logo depois da morte do tio dele, quando ele se vê com problemas financeiros e decide resolver isso fazendo shows de exibição como Homem-Aranha. É nesse #1 que descobrimos por que o J. Jonah Jameson do Clarim Diário odeia tanto o Homem-Aranha.

Também são nos primeiros que nós vemos o Homem-Aranha tentar se juntar ao Quarteto Fantástico para ganhar dinheiro, como ele foi trabalhar vendendo fotos para o Clarim Diário, a origem de alguns vilões como o Dr. Octopus...

Daí você vai em frente, procurando mais dessas com título de "The Amazing Spider-Man" ou "O Espantoso Homem-Aranha". Normalmente nós temos pequenos trechos de história que se desenvolvem por alguns números. Então, não vai ser tão sério se você perder uma ou outra que tem um novo começo em breve. 
DICA #1: Uma dica, para quem quer agilizar ou por curiosidade, é procurar através de "origens" de personagens importantes. Eu dei um pulo para a #31 só para ver a primeira vez que a Gwen Stacy e o Harry Osborn apareciam. Na página do Wikipédia normalmente mostra o número e onde apareceu pela primeira vez. 
DICA #2: Aí está outro ponto: não leia apenas as histórias, procure informações no google. Sobre personagens, vilões, acontecimentos... Vai contribuindo para ter uma visão geral melhor. Quando você dá esses pulos, normalmente as dúvidas surgem naturalmente. Se não, pesquise sobre seja lá o que você tiver vontade de saber mais.
DICA #3: Conseguir ler em inglês ajuda muito, porque amplia o seu campo de pesquisa. Existe muita coisa traduzida, mas se você ler em inglês fica melhor. Até porque a própria Marvel tem um acervo virtual bem grande (a maioria não é de graça, mas já é alguma coisa. sem falar que você pode assinar e nem é tão caro). 
O mesmo personagem e vários títulos diferentes

Além disso, você vai perceber que existe um monte de títulos do Homem-Aranha e que quando traduzem para o português a coisa fica mais problemática ainda. Você tem a The Amazing Spider-Man, The Spectacular Spider-Man, Sensational Spider-Man, Friendly Neighborhood Spider-Man... Nem tudo chegou aqui no Brasil, onde você encontra o título "Homem-Aranha" que junta seja lá o que eles queriam juntar. Tem o Teia do Aranha que é uma publicação extra, para vender duas no mesmo mês, que também traduzia do título que eles estavam com vontade de traduzir. O Omelete tenta resolver uma pouco dessa confusão, veja aqui. E indico olhar a lista de publicações atual da Panini Comics. Começaram uma do Flash agora. fikdik

O filme atual "The Amazing Spider-Man" faz referência ao principal título de histórias do Homem-Aranha, mas aqui no Brasil está como "O Espetacular Homem-Aranha", enquanto nos quadrinhos você encontra a história "The Amazing Spider-Man" como "O Espantoso Homem-Aranha", só "Homem-Aranha" (com uma nota de rodapé de "O Espetacular Homem-Aranha") ou naquele "Teia do Aranha". Ah, e só para comentar: Os filmes pegam detalhes de histórias bem antigas, enquanto hoje em dia já está muito avançado. 
*Eu disse que era confuso... Uma forma de encarar: Imagina o Harry Potter em vários livros com histórias diferentes. Você pode ler a série principal, pode ler uma sobre ele mais velho, uma sobre ele criança, uma especializada na rotina dele em Hogwarts... Só que no caso dos super-heróis não costuma ter data exata e o tempo quase não passa (quase: Peter Parker já esteve na escola, faculdade, trabalhou para as indústrias Stark...). 

Eu estou mostrando isso aqui, porque você vai dar de cara com essa confusão e se assustar. Vai devagar: Segue a trilha do "The Amazing Spider-Man" (volume 1, faça o favor), pula para saber uma ou outra coisa principal quando quiser e pesquisa no Google que aos poucos você vai aprendendo mais e mais. 

DICA #4: A "pegada" das histórias em quadrinhos é a essência. Cada personagem tem alguma coisa particular, mesmo com as constantes alterações, e as histórias vão mostrando ele em vários momentos diferentes. Pesquisa o que você quer descobrir e vai na edição certa, ou simplesmente começa a acompanhar a atual (Homem-Aranha, em qualquer livraria ou banca com o mínimo de respeito, edição de Junho começa com uma música da Lady Gaga). 
DICA #5: Outra coisa interessante é que as histórias são cheias de referência para você não se perder, desde as edições antigas. Eu parei pra ler duas das que estão sendo lançadas aqui e mais de uma vez retomaram um momento dessa Amazing Fantasy #15 ou da primeira do The Amazing Spider-Man. Ou relacionam de modo direto, com notas de rodapé. Exemplo:

Onde encontrar?

Dificilmente você encontrará um exemplar da Amazing Fantasy #15 nas bancas (se isso acontecer, parabéns por ganhar na loteria). Na verdade, vai ser difícil encontrar até um dos primeiros, mas a boa notícia é que eles fazem as compilações.

>>>Biblioteca Histórica Marvel. Aqui no Brasil a Panini lançou essa e tem de vários super-heróis, inclusive o Homem-Aranha. Não vi nem sombra do primeiro volume vendendo (em lugar confiável), mas o 3 é encontrado facilmente. O único fator ruim é que são uns 10 números por cada volume (no primeiro vem com o Amazing Fantasy #15 também) e é uns 50 reais cada (capa dura...). Se você pensar que tem mais de 300 lançados, deixo as contas para vocês.

>>>Essential Marvel. O anterior é provavelmente o correspondente brasileiro desse aqui. Tem o Essential Spider-man dividido em 11 volumes até agora (lançam quase que 1 por ano) e tem uns 20 números a cada volume. Eu tive o mesmo problema com esse na hora de encontrar o primeiro vendendo, mas os outros eu encontrei na Amazon. O preço varia de 10 a 20 dólares. É praticamente a metade do preço prelo dobro de histórias, vale mais a pena (apesar de não ser capa dura e tal). 

>>>Homem-Aranha - Como Tudo Começou. Esse livro foi lançado aqui no Brasil pela editora Babel no selo infantil e é basicamente a história do Amazing Fantasy #15. Eu já tinha visto antes, mas não fazia ideia. Se você quiser saber a origem do Homem-Aranha essa é provavelmente a forma mais fácil de ver. Apesar de infantilizar um pouco a história na narração, é praticamente a Amazing Fantasy #15. Tem uma repaginada nas imagens (fiéis à original) e é colorido no estilo de photoshop. 

>>>The Amazing Storybook. Eu topei com esse na Saraiva (RJ, Saraiva do New York, para quem quiser ver) e ele é basicamente o anterior. Na verdade, o anterior é a tradução da parte sobre a origem do Homem-Aranha desse, que corresponde ao que aconteceu na Amazing Fantasy #15. É meio desanimador ler história em quadrinhos assim, mas serve para quem está querendo saber como aconteceu. No site da Saraiva está por volta de 40 reais e na Amazon por 12 dólares (capa dura, sim senhor). Aliás, na Amazon tem também o "The Amazing Spider-Man: An Origin Story" que é a parte inicial desse. Vale clicar aqui e depois no "look inside" para ver como é por dentro. O "Homem-Aranha - Como Tudo Começou" é igual. 

>>>Homem-Aranha - Com Grandes Poderes... Esse não é exatamente original e fiel, mas é outra forma barata (14/20 reias) e fácil de se aproximar da origem. É meio que uma releitura com alguns momentos extras desse início focando mais no Peter Parker em si. Foi feito por outras pessoas, é mais moderno, o próprio Peter Parker tem outra cara... Mas não custa nada dar uma olhada. 

>>>Biblioteca Ilimitada da Marvel Online. É em inglês e eu ainda não me acostumei com a forma que abre a HQ para leitura, mas vale a pena. Até porque tem quase tudo e é relativamente barato. 

>>>Jack SparrowYo-ho...

Extra - formato de Comic Book
Quem escuta música está acostumado com os .mp3 ou .flac da vida, ou quem gosta de livros já tropeçou no .pdf, .epub ou outros. Agora saiba que há alguns específicos para a leitura das comics: .cbr, .cbz, .cbt... Então não se assuste se aparecer um arquivo assim. Há leitores para esses formatos, como o CDisplay e o ComicRack. Eu tenho o CDisplay que foi o que me passaram quando me obrigaram a ler "Os Fugitivos", mas estou tentada a migrar para o ComicRack ("The best eComic Reader in the world", vamos ver).


Enquanto tentava descobrir por onde começar, topei com vários guias e comentários sobre peitos, bundas...  Uma dos posts mais esclarecedores que me indicaram pelo twitter do CC ainda finaliza com "e ainda tem umas belas bundinhas". Acho que eu não podia finalizar o meu guia sem deixar um comentário sobre esse lado artístico dos quadrinhos, né? Com um monte de super-heróis masculinos não há tanto o que reclamar. Esse das imagens acima, até agora, é o meu uniforme do Homem-Aranha preferido. 

TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

5 comentários

  1. Gostei do post. Tenho esse problema ao ler HQs, parece que estou perdido no meio da história, e poucas vezes consigo me situar e entender o que se passa... vou aproveitar o reboot da DC Comics de suas séries, e também agora da Marvel, que Fará um arco "NOW", não é propriamente dito um reboot, mas é um "começo" das séries como X-MEN E AVENGERS, tipo, os dois times misturados e tal... mais info no Omelete, rsrs. Gostei muito do post, gostei das dicas, e não consegui sacar a piada do Jack Sparow, kkkk...

    Abraços, Joshua
    pensamentosdojoshua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HUAHA Jack Sparrow é um pirata...

      eu estou caçando mesmo as origens. Tem sido difícil, mas agora que eu descobri que não é impossível, vou atrás HUAHA Antes eu ficava muuito perdida. Esse ano mesmo tava conversando com umas amigas que eu tinha vontade de ler, mas me desanimava demais por estar perdida, era tipo sem saber nem pra onde ir. Agora, sei lá como, já consegui bastante

      Excluir
  2. Homem Aranha é um dos herois que eu menos gosto.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que o efeito desse guia foi exatamente o contrário do que eu esperava: em vez de ficar com vontade de ler, vi que a coisa já é tão antiga e tão desenvolvida que eu nunca terei paciência (ou interesse) pra acompanhar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai, Bia.. HUAHUAH Mas acho que HQ você não acompanha tudo certinho, só coisas principais e o que você tá com vontade. De qualquer forma, acho que você é mais #teamDC e eles estão começando tudo agora outra vez '-'

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *