bissexuais CCCuriosidade

Marvel e DC: Top 10 super-heróis LGBT

3.6.12Dana Martins


Esses dias a Marvel avisou que faria o primeiro casamento entre pessoas do mesmo gênero no mundo dos quadrinhos mainstream, aí a DC correu atrás do prejuízo e anunciou que anunciaria (wtf) o primeiro personagem famoso saindo do armário. Bem, parece que os tempos são outros, até o presidente liberou, né? Mas para quem já se assustou com essas notícias, saiba que o mundo LGBT está inserido no universo dos super-heróis há um bom tempo. Nós corremos atrás e encontramos um top 10 dos personagens que já saíram do armário. Esse post também é ótimo para dar uma ideia a mais dos universos da Marvel e da DC.


Antes do nosso top 10, uma pausa para quem não acompanhou as notícias. Se você não está sabendo do casamento do Estrela Polar ou do Lanterna Verde saindo do armário, pode ver a notícia no nosso tumblr aqui

Agora fiquem com o top 10, que foi retirado do TQS em inglês e adaptado para quem não é acostumado com HQ. A escolha da ordem foi deles e as justificativas também. Até o momento, só acompanhei uma das comics citadas. Descobri muuuita coisa que eu não sabia aqui. 

10 - Serpente da Lua 


A Heather Douglas é conhecida como Moondragon em inglês. A primeira vez que ela apareceu foi em Iron Man #54 (vol 1 1973). Talvez seja mais famosa por ter convencido o Thor a ser seu amante, mas normalmente não é esquecida na lista de personagens gays/bissexuais. Ela se diferencia no universo da Marvel porque não ganhou seus poderes por causa de algum experimento químico, raios cósmicos, mutação ou qualquer coisa do tipo. Ela treinou por vários anos para conseguir, o que acaba sendo uma das causas para a arrogância característica da personagem. 

9 - Daken


Esse é o Daken, filho do Wolverine, criado em 2007 por Daniel Way e Steve Dillon. Ele herdou aquela cura acelerada e as garras, mas não ficou na sombra do pai. Ele é um membro das versões "do mal" dos X-Men e dos Vingadores (sim, um dos vilões). Além disso, também tem um "controle de ferormônios" que pode influenciar muito nas outras pessoas. É aí que ele flerta com homem ou mulher. Não sabemos se ele é bi, pan, gay... mas ele já beijou o Mercenário (Bullseye), que é o Gavião Arqueiro Sombrio (de os Vingadores Sombrios), e foi um momento épico, veja aqui

8- Batwoman


Só para variar, esse é um daqueles casos em que eles criam pessoas diferentes com o mesmo codinome. Por acaso, as duas estão relacionadas ao mundo gay. Kathy Kane, a primeira, surgiu na década de 50 para se aproximar do Batman e afastar os rumores de que ele era gay (foi muito eficaz, como a gente pode ver). Já a atual, a Kate Kane, surgiu em 2006. A primeira coisa que apareceu no google quando pesquisei o nome dela foi: "A atual Kate Kane é lésbica". Acho que isso já é bem esclarecedor. Até o Lanterna Verde, ela provavelmente foi a personagem gay da DC mais conhecida, por estar relacionada ao Batman e tal. 

7- Apollo e Midnighter


Esse foi outro momento de surpresa para mim, descobrir que havia personagens inspirados no Super-Homem e no Batman concretizando o caso entre os dois imaginado há muito tempo. O relacionamento entre o Apollo (estilo Super-Homem) e o Midnighter (estilo Batman) se desenvolveu pelo primeiro volume de "The Authority" e levou ao casamento dos dois com a adoção da Jenny Quantum. "Ué, mas o primeiro casamento não era da Marvel?" O primeiro casamento mainstream. Apollo e Midnighter fazem parte dos super-heróis do submundo dos quadrinhos, em um dos muitos universos criados (mesmo que sejam da própria DC, como o Batman e o Super-Homem). Mas, por favor, não termine esse post pensando que eles são apenas uma versão gay dos outros super-heróis, com o tempo eles foram ganhando profundidade e charme, se destacando e virando personagens interessantes por si só. Aliás, a HQ de estreia deles vendeu muito mal, mas eles conquistaram as pessoas dentro do próprio escritório da DC e ninguém quis parar de produzir histórias com eles. 
*Eu não encontrei nome em português para eles, não sei se foi publicado no Brasil e recebeu termos em português. 

Se você está onda de DC vs. Marvel: o Apollo foi o primeiro personagem abertamente gay da DC, mas apareceu só sete anos depois do Estrela Polar afirmar a própria sexualidade. 

6- Karma


Essa imagem dela foi totalmente por falta de foto melhor e não aguentar mais ver pornografia (não sei o que a Karma tem para colocarem ela em tudo quanto é fantasia erótica). Ela é uma dessas personagens que estão lá há muito tempo, não chegam a ser totalmente a estrela, mas também não desaparecem. Ela, no mínimo, ganhou um nível de repeito como X-Men honorária. Fundadora dos Novos Mutantes na década de 80, fugiu do Vietnã nova e guardiã dos irmãos mais novos. Hoje em dia faz mais pontas nos quadrinhos (tipo olha a Karma!) e é uma das lésbicas mais conhecidas. 

5- Xavin


Xavin é de uma série da Marvel relativamente nova e aclamada pela crítica, Fugitivos (Runways). Xavin não é qualquer personagem. Para começar, Xavin é alienígena da raça Skrulls (eles mudam de forma) e por ser Super Skrull, um tipo que adquire a habilidade de imitar os poderes dos super-heróis da Terra, passou a ter os poderes combinados do Quarteto Fantástico. E daí? Bem, Xavin veio para a Terra se casar com a Karolina Dean, membro dos Fugitivos. Sem saber que a garota era lésbica, apareceu como um homem. Depois de descobrir, se transformou em mulher e continuaram o romance. Xavin usa essa habilidade de mudar de gênero mais de uma vez.


4- Anole


Se a Lady Gaga lesse quadrinhos, os do X-Men seriam os preferidos dela. No maior estilo "born this way", provavelmente é o grupo de super-heróis que mais abriga os excluídos. Anole, que aparece em Novos Mutantes, é gay e a princípio só seria secundário e terminaria sua história nos quadrinhos com um suicídio por não aguentar a exclusão (por ser mutante, gay ou os dois?), mas acabou ganhando espaço e se destacando por seus atos heroicos. Por curiosidade: em sua passagem entre os X-Men teve como tutores outros dois personagens dessa lista, a Karma e o Estrela Polar. 

3- Hulking e Wiccano


Se você não sabe, existe um grupo chamado Jovens Vingadores, que foi formado por novos super-heróis para manter a essência dos Vingadores depois que o grupo principal se desfez. Todos eles têm alguma referência direta com um dos principais Vingadores. Hulking, como é difícil perceber, é o Hulk dos Jovens Vingadores. Mas não vá achar que ele é só uma cópia. Para começar, ele é mais alguém que pode mudar de forma do que alguém que fica verde de raiva, além de ter a própria história (aliás, ele é meio-Skrull - lembram de Xavin de Fugitivos? Pois é, esse é o universo da Marvel se misturando). Já o Wicanno é o correspondente do Thor, que é um mago e todo o resto você pode entender aqui (ou lendo).


2- Estrela Polar


Apesar do nome que não ajuda muito a seriedade da coisa (Northstar até que é um pouco melhor), ele é provavelmente o maior representante LGBT das HQs. Desde 1979, quando foi criado, sua orientação sexual já estava nas entrelinhas, mas por causa da época que era realmente proibido personagens gay na Marvel, ele só pôde sair do armário em 1992 e desde então tem sido um dos X-Men, professor no Instituto Xavier, mentor de Anole, assassinado por Wolverine (e ressuscitado por ninjas malignos) e até escreveu sobre suas experiências como gay e mutante. Nos novos quadrinhos da Tropa Alfa (X-Men no Canadá), ele é mostrado vivendo com seu namorado. Ele pode ter pedido o papel principal, mas ninguém pode negar seu lugar na história dos quadrinhos.

1- Renee Montoya aka Questão


Ela não só ficou em primeiro lugar como parece ser uma das personagens mais cativantes dos últimos tempos. Ela foi criada para ser uma detetive em um dos quadrinhos do Batman, mas foi desenvolvida com o tempo chegando a virar um dos super-heróis da DC. Ela tem falhas, não tem medo de sujar as mãos e reage às situações do modo que nós esperaríamos que ela reagisse ("uma mulher comum"). Ela não tem superpoderes, gadgets de alta tecnologia ou uma fortuna, mas ainda assim consegue enfrentar os vilões. Ah, e chegou a ficar com a nova Batwoman

Como ela ficou em primeiro no top 10 e a história é realmente interessante, vou colocar um resumo do dito na TQS:
O Duas Caras se apaixona pela Renee e decide que a única forma de ficarem juntos é se afastar ela de tudo, então divulga uma foto dela com outra mulher (e aí todo mundo descobre que ela é lésbica) e faz com que ela seja acusada de um assassinato. Para completar, sequestra a coitada para forjar uma fuga. É claro que o Batman aparece para salvar o dia, mas a vida dela ainda está uma confusão, com a rejeição dos pais religiosos. (na série Gotham City Contra o Crime) Mais tarde, ela acaba saindo da polícia cansada da corrupção.

A vida de Renee Montoya como super-heroína começa quando Vic Sage (Questão) decide treiná-la e ela acaba se tornando o novo Questão. (52)

TAGS: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

4 comentários

  1. BAPHONS!!!!

    Gente, tem uns que eu sempre suspeitei, mas a Batwoman foi uma surpresa. :o

    Adorei o post!

    bjs!

    ResponderExcluir
  2. um homem gay é mais polemico do que uma mulher lesbica porque a sexualidade da mulher é subjugada ._.

    enfim, senti falta do batman nessa lista

    ResponderExcluir
  3. Bacana a lista, mas POR FAVOR: troca "opção sexual" por ORIENTAÇÃO SEXUAL!

    Afinal, ninguém opta por ser hétero, homo, bi ou transexual.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada pelo comentário, Fábio. Você foi até legal, porque fui reler o post agora e tinha tanta porcaria. Corrigi a orientação, e mais um monte de coisas.

      Qualquer coisa que você vê por aqui, você pode falar.

      Excluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *