#NEXTGENERATIONFEST a rocket to the moon

Para quem gosta de música: A Rocket To The Moon

20.3.12Dana Martins

"Alguém que gosta muito de música tentando dizer por que esse artista chamou atenção. O nome para quem gosta de música não é à toa, essa coluna aleatória é dedicada a todos aqueles que adoram descobrir um novo artista. Aqui eles estão, aproveite e até indique algum." 

Hoje: A Rocket To The Moon
Origem: Estados Unidos
Similares: The MaineWe The Kings, The Academy Is, The Summet Set, We Are The In Crowd, Taylor Swift, The Civil Wars...

Eu estive no show do A Rocket To The Moon aqui no Rio durante o primeiro #NEXTGENERATIONFEST e foi surpreendente. Surpreendente porque essa foi uma banda que eu encontrei nas profundezas da internet há muito tempo e não faz metade do sucesso que um The Maine (e o The Maine não faz metade do sucesso de um McFly, que não faz metade do sucesso de um Paramore). Isso me fez resgatar todo o tempo que eu passei ouvindo as músicas e me divertindo com uma ou outra pegada na letra, ou ouvindo sem parar "Sometimes". 

A Rocket To The Moon (ARTTM) é uma banda que traz esse rock com um lado pop comum dessas bandas da época do myspace. Como o próprio festival deixa evidente: "next generation fest". Eu não acredito que seja a próxima, mas eles com certeza são uma terceira se você começar com Paramore ou Fall Out Boy. 

Não é aquela banda que o-mundo-inteiro-precisa-ouvir, mas se você gosta das citadas nos similares, ouvir ARRTM é uma consequência. É o mesmo que assistir algo do Tim Burton, você ganha o Johnny Depp e a Helena Bonham Carter no pacote. Voltando à música, o que importa é que eles são aquela banda boa, sem nenhum super diferencial, mas que vale a pena conhecer (principalmente quando você quer uma novidade).
"I know your face, your eyes, your lips, your taste
I love the way you know just what to say"
O que mais me chamou atenção nas músicas deles foram as letras. Para elas serve o mesmo que eu disse sobre o The Maine: "elas têm uma história interessante e algumas brincadeiras que valem a pena. Eu até poderia escrever uma fanfiction". Mas essa semelhança deles se aplica mais ao cd Can't Stop Won't Stop do The Maine.
"She started dancing at the second that she heard the music play (She's always moving)
She looks at me but when I look back at her
She turns away (She knows exactly what she's doing)
She moves closer and I'm thinking to myself that she's all mine (She's all mine)
We start talking and she takes my hand like she does this all the time"
Decididamente, o que mais me chamou atenção nas músicas deles é porque parece que eles estão contando histórias.

Falando em cd, oficialmente o A Rocket To The Moon só tem um, o On Your Side lançado em 2009. De lá para cá eles só lançaram uma nova versão do cd e um EP chamado The Rainy Day Sessions. Já faz um bom tempo e seria bom ter algo novo.
*antes do cd eles já tinham lançados alguns EPs, o primeiro em 2006, mas para conhecer a banda eu não sugiro.

Como você pode imaginar, o centro de existência da banda é o cd On Your Side. Se você conseguir a versão deluxe então, com "When I'm Gone", a sua playlist do A Rocket To The Moon está pronta. As músicas são leves, animadas, divertidas, sentimentais...

Mas se você prefere algo mais no estilo The Civil Wars ou até Taylor Swift, você devia ouvir o The Rainy Day Sessions. O nome já indica bastante o objetivo do EP. É um "remake" de algumas músicas num estilo mais tranquilo e com violão. O EP ainda conta com a participação da Larkin Poe, "banda" de duas irmãs.

"Dakota": Um tour video porque eles têm poucos clipes. Você pode gostar do clipe de "Like We Used To".


Sobre as músicas: Se eu tivesse que indicar só uma música para te fazer gostar, seria "When I'm Gone", que já até apareceu na nossa playlist da paz. Eu não conseguiria colocar em palavras o quanto eu gosto dessa música. Mas essa não é a essência do A Rocket To The Moon, então fui obrigada a colocar o clipe de outra. As música são são no mesmo estilo, se você gostar dessa, vai gostar da maioria. A minha preferida entre as outra, que é até a mais diferente, é "Sometimes", que eu citei no início do post. Se essas três te conquistarem, aproveite o resto.

Só para você ter ideia do quanto eu já ouvi, só de olhar as letras enquanto fazia esse post as músicas voltavam na minha cabeça. E olha que eu sou um desastre para lembrar de coisa assim (na verdade, eu sou um desastre para lembrar de quase tudo). 

Extra:
Elas também conseguem fazer covers interessantes, quase como um remake no estilo deles. Na página da Fueled By Ramen, a gravadora deles, há um cover de "Single Ladies" calminho que chega até a ser engraçado, ele faz parte do EP The Rainy Day Sessions. No show do Rio eles cantaram um pedaço de uma música da Taylor Swift e mais tarde tocaram o início do instrumental de uma música do Jonas Brothers. Também já estiveram por aqui na nossa playlist de natal com bandas legais.

TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

3 comentários

  1. Adooooro esse estilo de música! Não conhecia ainda, amei! *-*

    Beijitos
    http://www.bookpetit.com/

    ResponderExcluir
  2. Hey ^^

    Gosti da dica musical - curti essa sond do vídeo. Sou suspeita quando o assunto e rock-pop... oe The beatles number one kkkk

    Xxx

    :: Loma

    ResponderExcluir
  3. Hmm, parece musica pra você ouvir qdo tá indo pra um show (não sei porque fiz essa associação - acho que é pq aparece eles num show no clipe)... ._. Não gosto muito desse gênero, escutei bastante Paramore, mas agora não consigo mais ouvir, me dá faniquito. XD~

    bjs!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *