5 a seco CCEventos

Review: 5 a Seco lançamento do álbum ''Síntese''

19.3.18Valentino Martins


Neste último sábado, 5 a Seco lançou seu recente álbum, "Síntese", no Teatro Bradesco no Rio de Janeiro. Show intimista, coro esbravejante e Marielle Presente, clica aí mais pra saber dessa noite!

Se você não conhece 5 a Seco, a deixa é essa. Demorei a conhecer e, quando o fiz, não saiu mais das minhas playlists. A banda é formada por 5 integrantes (não é à toa que o nome é "5" a Seco) que se revezam entre os instrumentos e vocais, sem destaque entre um ou outro; o "Seco" parte da ideia de autossuficiência explicada por não possuírem uma equipe de músicos. Você também é daqueles que curte um MPB à lá Caetano, Lenine ou Gadú? Essa banda é perfeita pra você. Para acessar o canal deles no youtube e conhecer mais, só clicar aqui.

Quatro anos mais tarde, após "Policromo", o quinteto lançou o seu segundo álbum de estúdio, "Síntese". O novo disco sintetiza uma nova era pra banda, trazendo novas influências e ritmos. Quando comecei a ouvir o CD, e tocou "Na Onda", eu me senti no Lollapalooza vendo aquelas bandas indies e alternativas. Onde antes tínhamos um maior apelo para o violão e voz, agora temos sons mais radiofônicos e "efeitos sonoros". No entanto, estamos falando de "5 a Seco", mesmo com essa ousada tentativa,
a banda não deixa a desejar. Trazendo mais um álbum lindo e gostoso pra gente.


Show

O show começou suave, a banda entrou na sua clássica posição, variaram as posições, tiveram até passos sincronizados e fizeram um show pleno. Atrás deles ficou uma corda esticada de um lado ao outro do palco que, ao balançadas, faziam efeitos visuais interessantes e o próprio símbolo de "Síntese". O repertório contou com, além das músicas do disco lançado, sucessos como "Pra Você Dar o Nome", "Feliz pra Cachorro" e "Deixe Estar". Inclusive nessas últimas, chamaram e embalaram todo o teatro num lindo coro. 

Nada a acrescentar, o show não me surpreendeu e também não foi ruim, eles deram exatamente ao que minha expectativa esperava. Algo que eu achei muito bom foi quando o Vinicius Calderoni, logo no início do show, não ignorou o que o Rio está passando. Falou da ameaça ao nossos direitos como cidadão e quis manifestar que se importa com os últimos acontecimentos a respeito da vereadora Marielle. Gostei porque não podemos nos cegar, e lá, eles tinham uma voz que seria escutada e eles a usaram. Isso também faz parte de ser artista. É ético. 

Sem mais delongas, o show foi lindo. É um bom evento pra ir, se tiver interesse fica de olho na agenda deles, é só clicar aqui!

TAGS: , , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM