A Rainha Vermelha CCLivros

Espada de Vidro, de Victoria Aveyard

21.1.18Isabelle Fernandes


Já faz um ano desde que eu li e fui completamente arrebatada por A Rainha Vermelha, uma distopia com PESSOAS SUPER PODEROSAS, romance e muitas traições. Eu tava surtando pelos próximos livros e corri pra pedir eles pela Cia das Letras. Mas infelizmente, os correios me odeiam. No fim das contas tive que dar o endereço da Carol e só chegaram EM NOVEMBRO. E depois de uma fase terrível pra leituras, só consegui começar Espada de Vidro essa semana, já me preparando pra ter que me forçar a ler tudo.

Pois bem. Logo na primeira página eu me vi 200% VIDRADA.

O primeiro livro termina quando Mare, Cal e Kilorn foram resgatados pela Guarda Vermelha e levados para o seu esconderijo secreto, depois de toda aquela confusão lá no Ossário. Espada de Vidro começa a partir daí mesmo, já com a adrenalina lá em cima porque naturalmente que Maven não ia deixar eles meterem o pé assim facilmente, né. Porém eles conseguem escapar e chegar ao tal esconderijo. Só que chegando lá, Mare descobre que mesmo entre os vermelhos ela não é lá muito bem vista...e o Cal menos ainda, né. O manda chuva do lugar tá cagando baldes pros sanguenovos e a Mare tá louca pra ir atrás dos que estão na lista de Julian, antes que Maven mate geral. 

Daí você já sabe, né. É claro que ela mete o pé de lá em circunstâncias fugitivas pra conseguir seu objetivo HAHAHAHAHA.

A partir daí a gente acompanha a escalada de desgraçamento mental vivido pela Mare. Desde o episódio do Ossário essa garota tem visto e causado muitas mortes, tendo que fazer escolhas que no fim das contas foram uma merda, vendo gente em quem ela confiava fazendo coisas terríveis....isso acaba com a pessoa. E é isso que vemos ao longo da história, enquanto ela vai tentando chegar aos sanguenovos antes de Maven (muitas vezes sem sucesso e arriscando muitas vidas no processo), tentando lidar com essa galera nova que não consegue ver ela como uma igual e sim como uma criatura mítica, tentando lidar com Kilorn, Cal e seus sentimentos sobre os dois. 

Homem leva as mãos à cabeça e faz uma expressão com elas e o rosto que indicam TÁ EXPLODINDOOOO com efeito de fogos ao fundo
Tava vendo a hora que isso ia acontecer com ela
O que eu mais gostei nisso tudo é a humanidade da Mare, apesar de ela se achar um monstro. Se no outro livro ela mostra suas falhas e acertos, nesse isso fica ainda mais gritante e tendo consequências mais sérias. Eu sentia na pele a solidão dela, a culpa, a tensão, o desespero, nossa, um espectro de emoções (todas ruins, infelizmente).E ELA E O CAL???? Ok, os dois ficam nesse vai não vai por mil motivos mas aí quando parece que a coisa tá evoluindo PLAU. Claro que não. Ô gente complicada. E vida complicada também, vamos combinar.

Já o final....eu já esperava que aquilo ia acontecer. Só que eu fiquei tão louca que resolvi ler as últimas páginas do próximo livro, A Prisão do Rei, e MISERICÓRDIA!!!!!

NUM PODE SER!!!!

Zoom num cachorro bem lacrimejante

Olha, eu fiquei TÃO revoltada com mais esse empecilho no meu shipp Mare e Cal que pensei em deixar pra ler ele daqui a MIL ANOS, porém fui dar uma averiguada, li a sinopse do quarto livro que deve ser lançado em breve pela Cia e...ok. TUDO BEM. EU AGUENTO.

Mas não agora HUGDHFGUIFDHUGIFDHIGHDI vou é procurar um romance bem fofão pra animar o espírito antes das desgraças do próximo livro.

Nota:

FUI ARREBATADA DO COMEÇO AO FIM

Ficha Técnica




- Autora: Victoria Aveyard
- Editora: Seguinte (selo da Companhia das Letras)
- À venda em: Saraiva, Amazon , Livraria Cultura, Submarino.










Um muito obrigada pra Seguinte por ter tentado mandar esse livro tantas vezes pra mim HAHAHAHAHAH <3


TAGS: , , , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM