CCAnálise CCFilmes

Falando abertamente: Os Últimos Jedi

19.12.17Isabelle Fernandes


Pelo título, você já deve ter percebido que esse post vai ser PURO SPOILER.

MUITO.

MAS MUITO MESMO.

Então pelo amor de deus, se você está fugindo deles, dê o fora o mais rápido possível. EU AVISEI, HEIN! Vamos lá.

Começo esse post dizendo que desde que o título do episódio VIII foi divulgado, fui tomada por um cagaço terrível de que o Luke morresse ou fosse pro lado negro da força - eu não conseguia decidir qual destino seria o pior. Luke Skywalker foi meu personagem favorito desde que comecei a ver os filmes com 8 anos de idade e uma das minhas primeiras paixonites fictícias, então ele sempre teve um lugar absurdamente especial no meu coração. Eu tava super dividida entre CAGAÇO e ANSIEDADE pra ver meu lindão estrelando mais uma vez.

Dito isso, agora posso de fato começar a comentar o filme HAHAHAHAHAHA.

Olha, eu não tava esperando por nada do que eu vi. Os Últimos Jedi foi um filme que apesar de ainda fazer referências à saga antiga resolve seguir um caminho novo, mas que ainda é super Star Wars. Eu não sei explicar isso de um jeito que faça mais sentido, mas é bem isso mesmo. Acho que a saga tá desenvolvendo o potencial que sempre teve e nunca pode ou foi explorada, seja por milhões de motivos.

A primeira mudança não tão mudança foi com relação às personagens femininas. O que não faltou nesse filme foi mulher, e mulher com papel importante, mulher decidida, mulher corajosa e também mulher gentil. Talvez isso fosse o mínimo a se esperar porque né, a personagem principal é a Rey que tá se descobrindo capaz de usar a força, mas acho que hollywood é tão medíocre com representatividade que o mínimo vira uma coisa maravilhosa HAHAHAHAHA mas enfim. Acho que Star Wars já começou causando, tendo uma personagem como Leia Organa no papel de princesa E LÍDER DA FUCKING ALIANÇA REBELDE. Ou seja: o potencial já tava todo lá.


SÓ QUE:::: que merda foi aquela bitoca da Rose no Finn??? Uma demonstração dessas sem o MENOR CONTEXTO, sem a MENOR INDICAÇÃO de envolvimento romântico e aí pá. Quem teve essa ideia imbecil, pelo amor de deus????? Em contrapartida, eu senti um certo clima entre a Leia e a Holdo lá. Isso me incomodou porque lembrei do Han, mas aí em seguida lembrei que eles estavam separados há anos e o homem está FALECIDO, então ela teria todo o direito de arrumar outra pessoa. Mas né, desde os 8 anos vendo aquela tensão sexual/romântica entre os dois, aquele negócio todo.

Falando em Finn e Rose, achei toda aquela missão deles muito louca, como se fosse uma tentativa de dar o que fazer pro coitado do Finn HFUISDHGIUDFHGIDFHGIDHFIGD. Tanto é que no fim das contas eles ajudaram em porra nenhuma. Enquanto isso o Poe tava igual a um maluco querendo explodir coisas e ver ele peitando a Holdo me deixou meio irritada. Porque tipo, até então todas as mulheres que apareceram estavam indo super bem, até que essa personagem é colocada no papel da líder que não ouve ninguém e só faz cagada, então PLOT TWIST!!! Admito que até agora não entendi direito e preciso rever HAHAHA.

Enquanto isso, a princesinha Rey tava lá tentando convencer o Luke a ser RAZOÁVEL e ter vergonha na cara pra dar uma forcinha, mas tava bem difícil. Engraçado que só agora eu me dei conta de que rolou tanta coisa na história que até tinha esquecido do drama sobre os pais da Rey e a possibilidade dela ser filha do Luke (MINHA TEORIA FAVORITA). ENFIM, eu simplesmente amei a dinâmica dos dois, amei aquela ilha lá, amei os porgs (que como a Carol disse, só estavam ali pra fazer o povo comprar pelúcia deles), amei a postura da Rey. Ela é FOFA, mas determinada e tão corajosa que chega a ser doida. COMO ASSIM MERGULHAR NUM BURACO ESCURO QUE CONTÉM O MAL, MINHA FILHA??? Cena bem perturbadora, aliás. Achei 10/10.

Cê louca??
Daí temos LUKE SKYWALKER, O ERMITÃO. A princípio fiquei meio sem entender porque ele tava doido daquele jeito, até me lembrou de quando ele foi atrás do Yoda e o véi também vivia fugindo e querendo nada com nada HAHAHAHAHA. Ver o Luke assim, todo desiludido também, foi estranho. Ele era o cara que amava a força e foi até um planeta bizonho atrás de um treinamento melhor no meio de uma guerra e chegou ao ponto de abrir mão das suas próprias capacidades. Pensei "porra, a parada com o Kylo/Ben foi bem séria então".

VAI COM CALMA AÊ, FERA
Muita gente achou out of character (fora do personagem) o fato dele ter tentado dar cabo do Kylo por ver o lado negro nele, mas eu até que entendi. Primeiro que esse filme foi sobre desmistificar os Jedi, mostrar que eles também faziam merda e tinha umas ideias doidas, segundo que qualquer um pode ser seduzido pelo lado negro, incluindo o próprio Luke. Sim, ele viu o bem no pai e tentou salvar ele, mas antes disso, naquele embate lá na frente do Palpatine, ele quase matou o Vader. Ele se sentiu TENTADO. Mas parou. Foi o que aconteceu com o Kylo, mas aí a desgraça já tinha sido feita.

Aí minha gente, preciso comentar sobre AQUELAS CENAS. Ele contra o Kylo, O QUE FOI AQUILO???? EU SÓ SABIA BERRAR, APLAUDIR E SENTIR AMOR VERTENDO PELOS MEUS POROS, PUTA QUE PARIU. ELE TAVA SIMPLESMENTE FODA, BADASS, MARAVILHOSO E UM POÇO DE CALMA.....ACHEI QUE ELE TINHA MORRIDO UMAS DUAS VEZES MAS TAVA LÁ, INTACTO....

....ERA A PORRA DE UM HOLOGRAMA OU SEI LÁ O QUÊ.


Nesse ponto eu e a sala de cinema inteira já estávamos em histeria HAHAHAHAH. Eu tava maravilhada com aquilo tudo mas preocupada em ver meu neném lá todo ofegante, uma criança na frente gritou "ELE VAI MORRER DE QUALQUER JEITO" e eu puta gritei de volta "VAI MORRER NADA".

Então o Luke olha pro sol e VIRA PÓ.


A partir daí eu nem tenho muito mais o que comentar porque fiquei até o final imóvel, absolutamente PUTAÇA. Pra piorar, teve aquele anticlímax MEDONHO sobre a revelação de quem eram os benditos pais da Rey. Entendo eles terem pensado em colocar gente aleatória só pra não ficar tudo girando em torno dos Skywalker e etc, mas puta que pariu um casal de bêbados??? Arre. Como que uma garota aleatória assim nasceu tão poderosa na força??? Quero EXPLICAÇÕES. Como consolação, imagino, aquela cena dela e do Kylo contra o Snoke foi de foder, hein. Tá certo que ele morreu de forma estúpida, mas foram momentos tão lindamente poéticos que isso ficou eclipsado HAHAHAHA.

No fim das contas, apesar de ter saído do cinema AOS PRANTOS por ter visto o fim do meu nenê, Os Últimos Jedi foi tão maravilhoso que sinto a saga Star Wars RESPIRANDO, seguindo firme e forte. Gente, cês tem noção disso?? Estamos vivendo a HISTÓRIA. Entrei na sala de cinema pensando nisso e penso até hoje, no quanto sou privilegiada por poder acompanhar esse momento e ver os filmes nos lançamentos, assim como a galera fez lá em 1980 e bolinha.

Passado e presente, juntos <3

E QUE VENHA O EPISÓDIO IX

TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM