CCEscrita clube de escrita

Clube de escrita: nadando contra a maré

12.11.17Isabelle Fernandes

Gato com cara de quem tá muito puto nadando na piscina

E AÍ, PESSOAL!!! NANOWRIMO COMEÇOU!!!!

E eu estou::: infeliz pra caralho. Mas vamos por partes.

Devo dizer que as minhas expectativas pro nano estavam ótimas. Depois daquela vitória esplendorosa no último camp eu tava me sentindo bem confiante de que iria pelo menos bater a minha meta pessoal mínima de 15,000 brincando. E ainda entrei pro grupo que a Dana criou pra treinar descrição de imagens que acabou virando um grupo de apoio entre escritores em crise HAHAHAH. É verdade que o meu plano inicial de começar a escrever antes de começar o mês propriamente dito foi pro brejo, mas ainda assim tudo parecia conspirar ao meu favor. Tava me organizando toda pra conseguir participar quando então me dei conta de que iria viajar nos cinco primeiros dias do mês.

Beyoncé no filme A Pantera Cor de Rosa levando a mão esquerda à boca com cara de quem tá chocadíssima
Eita porra
Porém não esmoreci. Viajei imaginando que iria pelo menos conseguir pensar em como eu iria dar continuidade à cena de onde eu tinha parado e....bem, não consegui. Daí vi o pessoal com fogo escrevendo nos primeiros dias e eu me sentia ISOLADAAAAAAAAAAAAAA!!!

AINDA ASSIM, ME MANTIVE CONFIANTE! Minha semana após a volta de viagem prometia ser bem corrida. Compromissos, trabalhos da pós pra fazer e montei toda a rotina incluindo tudo. Ia dar tudo certo, era só seguir!! CLARO QUE NÃO. Mil coisas foram acontecendo, vários imprevistos e sim, me esforcei pra escrever mesmo com isso tudo, mas o máximo que eu consegui espremer foi um pouco mais de 500 palavras. No resto dos dias foram 100, 200.

Pra piorar, eu tô me sentindo muito desanimada com a minha história. Eu ainda amo ela e os meus personagens PROFUNDAMENTE, mas parece que a escrita nunca vai ser tão boa quanto a imaginação, sei lá. É frustrante. E é muito frustrante também querer escrever mais, estar exausta pra isso, somar com o desânimo e escrever quase nada. Ou então ter tanta coisa na cabeça, tem tanta coisa nova acontecendo na minha vida que eu mal consigo parar pra pensar na história e fico preocupada com isso. A sensação que eu tenho é que tô no meio do mar nadando contra a correnteza: eu sei que esse esforço todo só tá me cansando e vou acabar morrendo na praia depois, mas tô teimando mesmo assim.

Maaas, estou decidida ainda. Talvez eu não consiga nem chegar perto da meta mínima, mas se no final de novembro eu tiver escrito um pouquinho pelo menos todos os dias, mesmo com tudo isso acontecendo, devo me considerar vitoriosa HAHAHAHAHA. De qualquer forma, vou apelar pros meus métodos de recuperação de fôlego: editar as fichas dos personagens, pensar sobre detalhes da história, criar árvores genealógicas e playlists. EU NÃO VOU DESISTIR!!!!!!

Moana caminhando pelo paredão de água que nem moisés abrindo o mar vermelho
EU SOU MOANA DO RIO DE JANEIRO E VOU ENFRENTAR
OS MARES DO NANOWRIMO

Décimo segundo dia, total de palavras: 1,447


***

Enquanto isso, a galera do grupo de descrição de imagens (que virou grupo de apoio ao nano e escrita em geral BERRO)...

Jota: Eu consegui alcançar 28k, mas agora estou num momento com o Nano que é o de sofrimento e em que a gente está se arrastando para conseguir ir pra frente e não ceder para nossos desejos mais obscuros = deitar e dormir o dia todo, largar a escrita pra uma semana depois e só tacar o foda-se pra qualquer escrita por um tempo. Apesar de tudo, mesmo com facas de desânimo voando contra mim, to caindo no chão rastejando em direção a minha vitória pessoal OAKDOSKDOSDDOKS

Duda: O NaNo tá me matando q. Escrevi um total de 11842 palavras até agora e, apesar de todas as crises durante a história, acho que tá fluindo bem. Ainda tô bem no comecinho da história, escrevi umas 6-7 cenas só, mas logo logo eu entro numa parte que tem zero coisas planejadas e isso tá me deixando preocupada já hahdjskdj. Tá sendo difícil e interessante lidar com o editor interno. Pela primeira vez desde que eu escrevo, consegui colocar ele de lado e escrever qualquer coisa que vá surgindo na minha cabeça. É meio complicado e também me trouxe várias crises, mas se eu não ignorar esse bichinho, não vou conseguir completar as 50k palavras. Tô feliz porque saiu uma DLC do jogo que inspirou minha história e agora eu posso ter ideias pra mais cenas e cenários. VAI DAR TUDO CERTO. ESPERO. NÃO SEI. AAAAAAAAAAAA. Ó AS CRISES SURGINDO DE NOVO.


TAGS: , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM