A Escolha CCLivros

[Resenha Misturada] A Escolha, de J.R.Ward

1.10.17Conversa Cult


Deus sabe que eu (Bells) e Taiany somos completamente OBCECADAS com a Irmandade da Adaga Negra, uma série de romance erótico sobrenatural que agora chega ao seu décimo quinto livro (meu deus...). E apesar de todos esses livros e todos esses anos acompanhando, nós duas podemos afirmar que:::: NÃO FICA RUIM NUNCA!!!!

A Escolha foi uma experiência arrebatadora pra gente e como lemos praticamente juntas, resolvemos fazer essa resenha misturada também HAHAHAHAHAAH. Então vambora e se prepare para muuitos surtos.


Bells

Vocês não tem IDEIA do quanto eu tava esperando por esse livro. Xcor e Layla começaram o seu sofrimento no Amante Renascido que é o DÉCIMO LIVRO, então foi muito tempo acompanhando essa história de amor fadada à desgraça e louca pra saber como eles iam terminar bem, porque é assim que termina.

TODOS OS CASAIS TERMINAM JUNTOS.

Então quando eu soube que o décimo quinto livro seria sobre os dois, quase pari trigêmeos HAHAHAHAHAHA. Só que aí as fãs de uma página que eu e Taiany acompanhamos leram antes de lançar aqui e praticamente todas odiaram o livro, xingaram horrores, enfim. Nós duas nunca concordamos com o restante do fandom, mas ainda assim.....vai que??? E SE ESSE SERIA ENFIM O LIVRO QUE EU IRIA ODIAR????

EU TAVA MUITO PREOCUPADA

Daí logo que terminei de reler o Renascido (juro que foi coincidência, tô relendo a saga inteira e calhou de eu estar justamente no que o casal principal do novo se conhece HAHAHA), peguei no A Escolha com um cagaço mortal. Eu não sabia o que esperar e comecei a ler já me preparando psicologicamente pra não só sofrer, mas também pra possibilidade de não gostar de alguma coisa. Plot twist:::: AMEI PRA CARALHO???

Gente, sério. Esse livro tem um clima meio diferente dos outros que ainda não sei precisar bem, talvez ele seja mais sério, mais intenso, enfim. Mas acho que foi isso que me fez amar tanto, além é claro do casal protagonista. QUE CASALSÃO DA PORRA!!!! Xcor, que era um guerreiro selvagem, com sede de poder na verdade mostrou que é um DOCINHO DE COCO!!! Durante o livro inteiro eu percebi que ele é todo calminho, fofo, romântico e muito, mas muito justo. Ele tem muitos princípios, ele se importa com as pessoas e naturalmente também tem um passado terrível e traumático.

MEU VERDADEIRO NENÉM PRECIOSO
Enquanto isso, a Layla no início era toda perdida. Uma escolhida treinada pra ser ehros (saber dos paranauê do sexo) mas sem poder colocar em prática porque não tinha um primale. Aí veio o Phury mas ele cagou pras normas e não só escolheu só uma escolhida como companheira como também liberou todas as outras pra fazerem o que quiserem. Só que...a Layla não sabia o que queria, não sabia nem quem era. Ao longo dos últimos livros ela foi se mostrando, inclusive no Finalmente ela mostrou que NÃO TÁ PRA BRINCADEIRA mas né, tava lá sofrendo por macho. Então eis que nesse livro a mulher SE MOSTROU DE VEZ!!!! QUE MULHERÃO DA PORRA!!!! A Layla simplesmente bateu de frente com todo mundo, até com o REI, tirou satisfação com quem tinha que tirar, defendia os filhos e o Xcor com unhas e dentes, minha nossa. Foi lindo de ver esses dois crescendo como personagens e como casal. Nas cenas deles juntos eu só sabia berrar e me afogar nos feelings.

Eu e a TSUNAMI de feelings

E o melhor de tudo é que vários outros personagens também se mostraram, tanto pro positivo quanto pro negativo. Wrath, o rei da raça, tava simplesmente ESPETACULAR. Fazia um tempo que eu não sentia meu amor por ele ser renovado e amei cada cena, cada fala daquele homem. E AS SHELLANS SE UNINDO PELA LAYLA!!! Cara, que representação do poder feminino foi ver todas aquelas fêmeas ajudando e protegendo a miga!!! SORORIDADE É ISSO, APRENDAM!!! Por outro lado, o Qhuinn foi uma surpresa negativa. Logo no início da história ele age de uma forma tão BABACA que olha, eu simplesmente passei a desprezar ele. Claro que no final acabou tudo bem, etc, mas pra mim ele tinha que se arrastar mais e se arrepender mais porque foi pouco. E o Tohr??? Tinha voltado a amar ele durante as releituras, mas dessa vez jesus cristo. Tava muito chato e obcecado.

VOU PARAR POR AQUI porque ainda tem a parte da Taiany HAHAHAHAHAH, mas olha, dou nota um milhão pra esse livro. Pode ser uma saga longa, pode ter vários erros de continuidade,  a Ward vira e mexe se perde na própria história, mas a qualidade não cai nunca. Pelo contrário, parece que só melhora.

QUE VENHAM ASSAIL E SOLA!!!!


Taiany

Como a Isabelle falou, nós nunca concordamos com o fandom de IAN. Sério,  nunca vi um fandom tão pirado da cabeça e sem noção, não gosto nem de falar que me dá vontade de brigar com todo mundo, e quem me conhece sabe que eu nem sei brigar de tão não treteira que sou. Então quando eles vieram avacalhar com MEU CASAL, eu só virei as costas e continuei esperando ansiosa para colocar as mãos no meu livro. 

Uma coisa que falei pra Bells e é a pura verdade, eu sei apontar os melhores personagens masculinos dessa série: eles aparecem uma vez, eu deposito meu amor e eles nunca me decepcionam. Foi assim com o Zsadist, assim com o Vishous (antes mesmo que eu tivesse começado a ler a série) e foi assim com o Xcor, na primeira aparição eu já sabia que ia amar e sofrer, porque os melhores sempre são os mais sofredores.

Só li verdades
O livro já começa com TRETA, e eu tava me amarrando pra ler porque não queria sofrer, mas diferente dos outros, nesse a mocinha vira uma fera. LAYLA MELHOR PERSONAGEM FEMININA DA SÉRIE TODA. Ela não é forte, não sabe lutar, foi treinada pra ser uma expert do sexo, até agora tinha sido retratada como uma pobre menina virgem, mas eis que pisam no calo dela, eis que subestimam ela, eis que tentam subjulga-la. Que mulher meus amigos, que mulher! E quando os homens vinham todos cheios das ideias machistas pra cima dela, bom, digamos que ela não deixava barato.

Esse livro parece muito diferente dos outros, não faço ideia do porque, ainda sim, conseguiu manter a minha atenção presa e mesmo as histórias paralelas que sempre me irritam, nesse estão tão intrigantes que eu também queria saber. Além disso, não tivemos capítulos sobre a sociedade redutora GRAÇAS A DEUS.

A história da vez gira em torno de um amor impossível, e apesar de o final ter parecido mais um epílogo do que um final propriamente dito (faltou um ou dois capítulos ali), a Ward provou mais uma vez que a Irmandade da Adaga Negra ainda tá bem viva e que não deve nada para os primeiros livros. Tá eu confesso que com IAN sou nada imparcial e relevo os furos todos da autora, mas gente, GENTEEEEEEEEE É BOM DEMAIS PRA PORRA.

AAAAAAAAAAAAAA

Pensando agora nas minhas cenas favoritas de A Escolha, apesar de esse ser um romance adulto nem foram cenas de casal. Isso porque quando a gente começa a ler vemos que IAN é muito mais que sexo e rala e rola, quem lê achando que é isso tá lendo errado, vá ler de novo. Toda essa série é sobre família, pessoas que não tem nenhum laço de sangue, mas que escolheram depositar sua confiança umas nas outras, é sobre amar e aprender a amar, e é sobre perda, e dor e esperança. Nesse décimo quinto livro, ver todas as shellans apoiando a Layla me levou lágrimas ao olhos (e eu estava no médico, foi constrangedor), ver o rei como um homem mais ponderado e racional que sabe mandar, mas que também sabe acolher foi o fechamento de um personagem que vem sendo construído desde o primeiro livro, Wrath Pai ficaria orgulhoso. 

Outro personagem que tá de parabéns é o Blay, ele todo fofinho, mas que não aceita nada menos do que merece em um relacionamento, nunca foge em expor suas insatisfações e mostrando que não é só um rostinho bonito. Tá passando da hora dele e John bebê serem irmãos, QUERO CERIMÔNIA DE INICIAÇÃO. Mas nem só de coisas boas foi feita esse livro e eu to DESESPERADA com o rumo que o V. e a Jane estão tomando, os médicos da série estão sobrecarregamos e meu casal tá sentindo os efeitos. Não sei o que a autora vai fazer, até porque ela já deixou claro que não gosta do Vishous, sempre espero dor e sofrimento para ele e eu não aguento isso, o homem já sofreu demais nessa vida, merece uma velhice tediosa e calma.

De toda forma, e apesar dos pesares e de coisas que eu fingi não ver e que me deixaram com interrogações na cabeça, ESSE LIVRO ESTÁ MARAVILHOSO e eu não vejo a hora de ler o próximo, que tudo indica será de partir o coração.

Encero esse post com alguns momentos de surtação meus e da Bells enquanto líamos (levamos exatos 3 dias para ler esse livros de 528 páginas - nosso sábado foi consumido por ele, coisa que vocês vão atestar ao ler a parte onde Isabelle diz não ter tomado banho o dia inteiro porque estava lendo).



 



 


 


 


 


 

Obs: Algumas palavras não vão dar para entender mesmo porque são manifestação de surtos e amor.

Nota:


NOSSO FAVORITO
CLARO, ÓBVIO, EVIDENTE

Ficha Técnica:



- Autora: J. R. Ward

- Editora: Universo dos Livros

- À venda em: Amazon - Saraiva - Submarino












TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

1 comentários

  1. EU TÔ É MORTA COM VCS!!!!! SÓ QUERIA MANIFESTAR MEU ABRAÇO COLETIVO PRA ESSE FANDOM AQUI QUE TAMO JUNTAAAAAS. Eu amei demais esse livro. Gente eu sou tão obcecada por essa saga que nem sei quais são esses erros que vcs estão falando ME AJUDEM. Eu e Bells já trocamos alguns emails surtando com o amor que temos por IAN.

    Estava bem apreensiva com esse livro sobre XCOR e LAYLA, MAS PQP EU AMEI TUDO. Layla subiu até o topo nos meus conceitos, a bicha se tornou uma leoa do cacete mano!!!! Xcor e V tinham que fundar um grupo de apoio por causa do cuceta do Bloodletter, pldds, aquele fudido destruidor de fantasias. Mas Xcor conseguiu superar bem melhor q o V os problemas do acampamento.

    Também estou com muito medo do rumo da história que V e Jane estão tomando, V é a melhor pessoa, POR QUE ELE TEM QUE SOFRER TANTOOOOO? :'(

    WRATH ME ARREBATOU NESSE LIVRO. Tô muito orgulhosa dele, quem imaginava que o gigantão fudido guerreiro ia se tornar um rei tão responsável, temperado e pai de família. Um crescimento da porra. Enquanto Qhuinn foram só decepções, simplesmente queria socar a cara dele, cagadas enormes uma atrás da outra, sinceramente não dá. Ele precisava passar por um momento maior de arrependimento. Blay coisinha mais linda do mundo, se impondo pra caralho, devia fazer ele sofrer mais. Aqueles bebês SOCORRO. Tenho dó quando essas garotinhas crescerem, pensa o encontro dos namorados com esses pais? Z, Rhage, Qhuinn e Xcor KKKKKKKKKKKKKKKKK tadinhas

    AMEI O FUCKIN GIRL POWER DESSE LIVRO. Gostei bastante que a Ward ta mudando algumas concepções machistas da história, essa sempre foi uma questão que me incomodou. Agr Thor tbm alguém ajuda esse homem, toda vez quando achamos que ele tá melhor a avalanche atinge ele de novo, puta merda Ward, deixa o homem superar!

    Desculpa pelo surto girls, mas é bom poder comentar com alguém esses livros. Agr tô só esperando pelo segundo do Black Dagger Legacy YEY!

    ResponderExcluir

Posts Populares

INSTAGRAM


Instagram

FALE COM A GENTE!

Nome

E-mail *

Mensagem *