CCgames CCJogos

Sessão Jogadores Anônimos: A Fantasma Ricaça

12.7.17Eduardo Ferreira


No meu texto sobre a minha história com The Sims, eu contei como eu quase perdi as esperanças com o jogo. Esse texto é sobre como eu ganhei de volta aquela coisa que me fez ser fiel a esse jogo por tantos anos.

Eu estava extremamente desanimado com ele. A vontade de jogar estava lá, o problema era que após algumas horas eu logo perdia o interesse (em jogar, eu excluo a parte de construir, porque se deixar eu passo dias para finalizar uma casa).



Demorou um tempo para eu perceber aquilo que estava faltando e esse aquilo eram as histórias. Eu criava meus sims e logo construía sua casa. Fulaninho vai seguir a carreira de tal coisa, cicraninha disso e aí que morava o problema. Eu não estava mais criando histórias para meus sims eu só estava dando um único propósito para a vida delas: chegar ao nível máximo de suas carreiras.

Qual a graça disso? Eu não matava mais sims, eu não criava histórias elaboradas sobre aquela realidade que eu estava tentando simular. QUAL ERA O PROPÓSITO DE JOGAR ENTÃO?

Conhecer alguém, ter filhos, ter sucesso na carreira e só?

Eu não lembro quando eu percebi que isso era o que estava errado com minha experiência jogando, mas logo que percebi dei um jeito de reverter essa situação fazendo uma coisa que eu não fazia há um bom tempo: Desafios do The Sims.

Para quem não sabe, a comunidade do The Sims é bastante ativa e com essa disseminação dos canais no youtube, hoje existem muitos que são apenas focados em gameplays de The Sims e sem falar nos fóruns oficias do jogo que são bastante movimentados. Além disso, ela também é bem exigente e eu ainda acho que essa é a única razão porque o jogo continua tendo novas gerações e nós podemos criar a esperança e saber que já estão trabalhando na quinta geração do jogo.

Enfim, eu decidi fazer o desafio: Construindo New Crest.

Para entender o desafio você só precisa saber de uma coisa básica: NewCrest é uma vizinhança que foi disponibilizada gratuitamente como uma atualização do jogo depois de várias reclamações dos fãs pela falta de lotes para construir. A Vizinhança é uma das maiores do jogo e veio completamente vazia. Com 15 lotes para construirmos a vontade.

O desafio de construir NewCrest é mais intricado do que você deve estar imaginando agora que ligou os pontos. Ele não consiste apenas em ir lá e construir. Afinal, qual o desafio disso?

Tem uma sequência de regras a seguir e formas para você só poder construir certas edificações depois de completar os desafios. Porém, eu rebelde, decidi fazer minha própria versão do desafio: Aproveitei que com a recente lançada expansão Vida na Cidade, a carreira Política finalmente estava presente no jogo, então criei Sun Lee.

Disclaimer: eu nunca jogo com cheats e não lembro qual foi a última vez que usei motherlode na minha vida.

A ideia era fazer Sun chegar ao nível máximo da carreira política (que acreditem ou não, não é prefeita ou presidente, mas líder no mundo livre), e aos poucos, apenas com o dinheiro que ela ia ganhando, ir construindo a cidade.

E acreditem: não foi difícil. Eu conheço o jogo e sei bem como conseguir ganhar dinheiro. Depois de algumas promoções e uma quantidade considerável em reserva eu decidi que era hora de Sun comprar um restaurante. Afinal, eu tinha que começar a construir essa cidade que até então só contava com a casa de Sun e o restaurante seria mais uma forma dela conseguir ganhar mais dinheiro para conseguir atingir meu objetivo que é: construir todos os lotes antes de 3 gerações da família de Sun morrerem.

Aqui eu ainda não tinha terminado de construir a parte externa da casa porque o dinheiro tinha acabado. Quem disse que TS não é realidade?

Eis que tudo estava indo bem (tudo menos o restaurante que tava dando só prejuízo). Sun havia se casado, chegado ao máximo de sua carreira, e construído uma mansão apenas com o dinheiro ganho de forma honesta (ok, pode ser que eu tenha pedido uma propina grande para alguns membros ricos da sociedade).

Então, eu decidi que era hora de construir a primeira casa sem que fosse usando o dinheiro dela. O desafio original não demanda que as construções sejam feitas com o dinheiro da família mas só deixa que elas aconteçam depois que os desafios fossem cumpridos e minha ideia era que quando ela conseguisse construir sua mansão e atingisse o topo da carreira eu começasse a construir a cidade.

Eis que passo três dias construindo a primeira casa. Nesse ponto só havia três construções em NewCrest: a primeira casa dela (que agora tinha uma moradora), o Jardinho da Lee (que apesar de eu vender ele continua lá como restaurante de outro dono), e a Mansão que ela, o marido e a filha bebê vivem (que ainda tá incompleta porque o dinheiro acabou).

Depois de construir voltei a jogar normalmente, mas antes de sair do jogo resolvi checar se já havia alguém morando na casa que tinha acabado de construir. Para quem não é familiarizado com a dinâmica do jogo, ele muda as pessoas de casas e continua o progresso das outras famílias mesmo você não jogando com elas. Aí que entra a realidade e complexidade que fazem do The Sims um jogo tão real e... aleatório.

Vou todo feliz ver se tem uma família morando na casa. Que, se vocês perceberam pelas imagens, não era uma casa barata que qualquer um se mudaria.

A casa da esquerda é a antiga casa da Sun



E o que encontro? Uma fantasma. Óbvio que eu não me contive e tive que entrar na casa para ver que que essa bonita tava fazendo lá e que que ela fazia da vida (ou da pós-vida).




Depois de muito procurar descobri que além de ser desempregada, cleptomaníaca, maldosa, sociável e familiar, nossa amiga havia morrido de vergonha e, nesse momento, eu de rir.

Eu não tinha parado pra reparar mas aquela miniatura dela no canto tá bem a cara da louca varrida

Ainda fui atrás da genealogia pra tentar descobrir mais coisas sobre ela, porém não encontrei nada. Me diverti horrores indo na casa dela com a filha de Sun (Lúcia) já adolescente. Eu tinha construído a casa para ser dela depois que ela virasse adulta, e como a fantasma morava lá eu ia todo dia brigar com ela só pra ver ela ficar vermelha de raiva AHAHHAAHAAHAH. (No TS4 os fantasmas mudam de cor conforme o humor deles então ela realmente ficava vermelha.)

É claro que arrumar treta com a fantasma foi a pior coisa que eu poderia ter feito já que ela aparecia na minha casa e ficava entrando dentro dos objetos e assustando todos os meus sims que ficavam com o humor todo bagunçado por causa dos moodlets.

Faz mais de dois meses que tudo isso aconteceu e só agora eu tive como terminar de contar a história. De lá pra cá já aconteceram várias coisas: eles tiveram outro filho que ia ser o revoltado da família que se transformaria em vampiro e seria renegado pelo pai, a Sun morreu, o marido dela também, a Lúcia cresceu e se mudou para a casa expulsando a fantasma.

Lúcia também se casou, mas essa história vai ficar para outra sessão porque vocês não tem ideia do plot twist que o jogo pregou em mim.

TAGS: , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM