13 Reasons Why CCIndicação

13 Reasons Why: Vale a pena?

6.4.17Colaboradores ConversaCult


Eu precisei pensar muito em como começar a falar dessa série e deixar explícito que não haverá spoiler algum aqui – porque o texto que eu quero fazer com spoiler vai ser bem sério e eu vou querer abordar todas as questões possíveis.


Eu comecei a ver 13 Reasons Why um dia depois do seu lançamento, no caso no dia primeiro de Abril (acabando no dia 5). Eu não sei o que me aconteceu, mas a série me prendeu (diferente de, por exemplo, Luke Cage e Iron Fist, que apesar de eu amar por ser de heróis e ter tanto para falar, não em prenderam e eu ainda estou no episódio 2 de cada uma dessas séries, mas eu vou ver!). E não foi um prender leve, foi algo que me instigou a continuar de uma forma que eu não sabia explicar e ainda não sei. 

Acho que o ponto principal é a pergunta na cabeça de vocês: "Vale a pena ver a série?", sim, vale muito a pena, mas se você tiver Ansiedade, Depressão, entre outros, pode ser um gatilho, tanto que em alguns episódios eles colocam avisos de que a cena possa ser muito forte.

"Não, não está. Não está nada bem"
É uma série que fala do modo mais real, que foca no que é realidade. Ela fala sobre tudo que afeta quem está no Ensino Médio, e como tudo isso pode nos impactar futuramente, e principalmente o que outros adolescentes fazem pode nos magoar de um modo horrível e devastador. E apesar de tudo, eu vejo gente tentando romantizar tudo. 

E eu parei e tive que pensar antes de começar esse texto, porque eu lembrei que quando eu comecei a série eu tive medo, medo de que um dia eu pudesse considerar o que Hannah considerou e fez. E eu sei que muita gente considera e faz isso, se suicida. E me dá raiva ver as pessoas falarem que é frescura ou que é pra chamar a atenção. PORQUE NÃO É! A PESSOA TÁ PASSANDO POR TANTA COISA E VOCÊS NÃO ENTENDEM! E nem sequer tentam...

"Você pode tentar"
A série é baseada em um livro, Os 13 Porquês do Jay Asher, e como vocês puderam ver acima, trata sobre suicídio e as razões pelas quais a Hannah o fez, não só isso, mas também como ela se sentia, sobre a empatia, a cultura do estupro, slut-shaming, amizade e muito mais.

É uma série que te faz pensar, pensar no que você já fez e pensar em como irá prosseguir tratando os outros ao seu redor. E isso é o mais incrível, isso te faz parar e analisar como você se dirigi para as pessoas, como você as chama, como você age num todo. Ela te mostra que coisas que você não acha que sejam razões para sentir-se ofendido, não quer dizer que não sejam para outra pessoa, porque aquilo afeta ela e não você. 

Você ser homem cis, nunca irá entender o que é o medo que as mulheres sentem de fato pelo estupro (por mais que você saiba o quanto é horrível), e eu percebi isso assistindo a série. Você ser homem cis, nunca vai entender o que é ser classificado por peito/bunda durante toda, TODA, sua vida. Você ser adulto, às vezes esquece que nós, adolescentes e crianças não somos 'jovens adultos' e vocês já foram o que somos agora. Sendo popular, você esquece que quem não é popular não é menos humano que você e merece respeito. 

Eu estava assim por dentro, porque por fora eu estava só emocionado e em choque

São treze episódios muito bem produzidos – e um especial do elenco no final –, tendo Selena Gomez como Produtora e uma música especial para a série. É uma série que traz representatividade para explicar o suicídio, estupro e como isso afeta o adolescente, a mulher, nós, seres-humanos. E mostra, acima de tudo, que apesar de humanos, cada um tem uma necessidade, cada um é diferente e que nem sempre é fácil buscar ajuda. 

Selena Gomez e os atores querem que tenha uma continuação, e eu também quero, eu preciso dessa continuação. Ela foca em algo sério, em vários 'algos' sérios e os mostra como é a realidade. Tem gente que está falando que não quer porque vai sair dos 13 porquês de ela ter feito o que fez, mas esquecem que os 13 são múltiplos tópicos para ter várias temporadas de uma série que foca em nós, adolescentes, mostrando nossos sentimentos e pensamentos. 

Agora é esperar ver se prossegue ou se a série vai acabar em sua primeira temporada. 

Antes de finalizar, se você precisa de ajuda, quer conversar com alguém, estou aqui, estamos todos aqui, e se quiser mais informações e ter alguém anônimo que possa te indicar ajuda e tratamento, há o site criado com esse intuito: http://13reasonswhy.info.

Quero finalizar o texto com uma frase dita pelo Clay:




"O modo como tratamos uns aos outros tem que melhorar." 


Sobre o autor:

Me chamo João Paulo, mas prefiro que me chamem de Jota. Acabei de iniciar o Primeiro Ano do Ensino Médio e tenho quinze anos. Sou um amante de Letras, séries, livros, causas sociais (que estou procurando sempre me atualizar mais) e culinária. Sou o irmão da minha irmã, gordo sedução, irritado com ignorância e uma linda Drag Queen nos meus tempos livres.

TAGS: , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM