CCFilmes CCResenhas

Rogue One e aquela coisa gostosa que é ser fã de Star Wars

16.12.16Isabelle Fernandes


Aparentemente não alimentar expectativas sobre alguma coisa é uma técnica sensacional, porque toda vez que isso acontece eu me surpreendo positivamente. Foi o que aconteceu com Rogue One: eu não vi nenhum trailer, teaser, nada. Nem sabia da história direito. Sabia de porra nenhuma. Cheguei no cinema com o total de 0 infos.


E saí dele completamente maravilhada.



Pelo pouco que eu sabia, Rogue One era a história do grupinho que conseguiu Aquela Informação sobre a Estrela da Morte, o ponto super específico que se atingido causaria a destruição total daquela bagaça dos infernos. Mas na verdade toda a história gira em torno de Galen e Jyn Erso.

Foi engraçado porque o filme começou e tal, aquele momento em que a história começa a se apresentar e você fica ali concentrada pra entender o que tá acontecendo....E SOU AGRACIADA COM A VISÃO DE MADS MIKKELSEN NA TELONA DE IMAX. Ele é Galen, um ex-cientista do Império que se isolou num canto no meio do nada com a mulher e a filha, Jyn. Só que merdas acontecem, carregam eles de volta e a Jyn fica escondida por lá, uma tentativa do pai de proteger ela. 

Tá, mas o que isso tem a ver? Muito bem, anos depois a Jyn cresceu, virou subversiva e tá presa por sabe-se lá qual razão e aí PUF, a Aliança Rebelde a resgata com um objetivo: ela precisa ajudar eles com uma treta que tem o dedo do pai dela e em troca eles a deixam livre. Aí é que começa a história de verdade. Jyn se une a um pessoal muito louco ao longo do caminho e começa a entender a importância da resistência e o papel que ela pode desempenhar nela.

ESSE HOMEM INCRÍVEL
Acho que duas palavras definem esse filme. Triste é uma delas, porque ele tem uma vibe meio pesada que só não fica tão aparente por causa das explosões, tretas e os alívios cômicos. Mas o fato é que ele nos mostra uma faceta do Império que a gente não viu na trilogia antiga, já que tudo girava em torno do Luke e a sua jornada do herói. Por outro lado, ele também mostra um pouco mais dos bastidores da Aliança Rebelde e os sacrifícios que precisam ser feitos em nome da causa e a palavra que define esse esforço todo é a esperança. É ela que possibilita tudo o que acontece não apenas nesse filme, como também na trilogia principal.



E ah, eu preciso comentar:::: O QUE FOI ESSE FINAL???????????? MANO DO CÉU, QUE COISA MARAVILHOSA, LINDA, FODA PRA CARALHO!!!!!!! QUERO DAR UM BEIJO EM TODO MUNDO!!!!

Recomendo ir assistir o mais rápido possível antes que comece a chover spoilers pela internet, viu? Confie em mim, você não vai querer isso HAHAHAHAHA.

Nota:

Só não favoritei porque tem muita desgraça HGFUDHGFIDGD


TAGS: , , , , , , , ,

Mostre para o autor o que você achou Recomende:

MAIS CONVERSAS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

0 comentários

Posts Populares

INSTAGRAM